quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Poesias de Mário da Silva Brasil: Rememorando

Poesias de Mário da Silva Brasil


Desde julho de 2008 venho veiculando neste blog algumas poesias do meu bisavô Mário da Silva Brasil, as quais foram escritas em sua grande maioria na década de 1910, na cidade de Porto Alegre. Muitas delas foram publicadas nos jornais da época, já outras ficaram registradas em seu caderno.



Para que as obras de Mário da Silva Brasil não fiquem no esquecimento, disponibilizo mais uma de suas poesias, preservando a escrita da época:


Rememorando ...

(Para a minha adorada Esposa)


Do amor, no início, estávamos então;
A dúvida cruel me amargurava
Porque, sem poder vel-o, eu procurava
O doce affecto do teu coração.


Busquei, de pôl-o a prova, uma occasião,
E cruelmente o fiz porque te amava,
Mas a prova de amor eu encontrava:
Pois tu choraste sem consolação.


Depois o nosso lar constituirmos,
E de ventura e paz o bafejaste;
E quando, annos após, nos despedimos


Por auzencia bem curta, inda choraste:
Mas desta vez, commigo, oh flôr querida,
Um pedaço deixavas de tua vida.


Porto Alegre, 6-2-1920.

Nenhum comentário: