segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Alemães no RS: os Beck, na região das Missões

Alemães no RS: os Beck, na região das Missões
Autoria de Zélce Mousquer e Diego de Leão Pufal

[Esta publicação pode ser utilizada pelo(a) interessado(a), desde que citada a fonte: MOUSQUER, Zélce e PUFAL, Diego de Leão. Alemães no RS: os Beck, na região das Missõesin blog Antigualhas, histórias e genealogia, disponível em http://pufal.blogspot.com.br/]
***
[publicado em 31/08/2015]
[atualizado em 02/11/2016]
***
A família BECK emigrou da Alemanha para o Brasil, chegando na então colônia de São Leopoldo no ano de 1825. O casal imigrante e seus filhos saíram do Porto de Hamburgo a 9.11.1824, no navio Der Kranich[1], tendo desembarcado a 15.1.1825 no Rio de Janeiro, após mais ou menos dois meses de viagem. A viagem para São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, se deu na sumaca Alexandria e possivelmente no veleiro Caroline, com desembarque no dia  21 de maio de 1825[2].
Johannes Beck, a esposa Elisabeth Seibert vieram com seus cinco filhos: Johann Ernst (João Ernesto), Heinrich Ernst Beck (Henrique Ernesto), Jacob, Johann (João) e Andreas (André) Beck.
Nesta postagem, no entanto, vamos destacar as descendências dos filhos Johann Ernst Beck e Andreas Beck, cujos filhos e netos foram para as regiões do Planalto Médio e Missões no Rio Grande do Sul. Os demais filhos do casal emigrante viveram na região metropolitana de Porto Alegre (São Leopoldo, Porto Alegre, Sapiranga, Nova Hartz, Taquara, Novo Hamburgo, Gravataí, etc.) e serão objeto de uma futura publicação.
***
Passamos à genealogia salientando que todos os filhos de Johannes Beck e esposa são precedidos de um “F” de filho(a) e o respectivo número, este indicando a ordem de nascimento dos filhos. Os netos de Johannes e esposa vêm precedidos de um “N.” de neto(a) e assim sucessivamente (“Bn.” para os bisnetos; “Tn.” para os trinetos, etc).
Para se saber a filiação de determinado neto ou bisneto, deve-se verificar o “F.” e “N.” respectivamente que o precede, o que facilitado pelo recuo dos parágrafos a cada geração.

JOHANNES BECK (no Brasil: João Beck) foi carpinteiro, evangélico e nasceu a 22.1.1775, em Gelnhaar, Hessen-Darmstadt, Alemanha e faleceu a 26.1.1865 em São Leopoldo/RS, emigrou acompanhado de sua esposa Elisabeth (Elisa) Seibert, nascida a 1º.5.1765 em Rosenthal, Kurhessen, Alemanha e falecida a 21.7.1862 em Lomba Grande, São Leopoldo/RS. Foram pais de seis filhos:
F1. JOHANN ERNST BECK (João Ernesto), evangélico, carpinteiro, nascido a 5.10.1797 em Gellnhaar, Hessen, Alemanha. Casou a 2.6.1825 em Lomba Grande, São Leopoldo/RS, com Anna Maria Blum, n. 9.5.1804, Wernings, Darmstadt, Alemanha e fal. 14.8.1842 em Lomba Grande, filha de Johann Conrad Blum[3] e Anna Catharina Hirschröder.
O inventário de Anna Maria Blum foi autuado em 1852 pelo Cartório de órfãos de São Leopoldo (Arquivo Público do RS), após dez anos de seu desaparecimento, possivelmente em razão do parto do último filho, como conclui o pesquisador Gilson Justino da Rosa. Anna Maria Blum deixou o viúvo João Ernesto, além de dez filhos: Elisabeth, com 23 anos (viúva de Pedro Stumpf); Felipe, com 22 anos, ausente em Santa Maria; Maria, com 21 anos (c/c Felipe Winter); João Ernesto, com 20 anos; João, com 17 anos; Catharina, com 18 anos; Elisabeth, com 18 anos; Margarida, com 16 anos; Cristiano, com 10 anos e Ana, com 9 anos de idade. A herança deixada por Anna Maria era composta por bens móveis, dois bois mansos, três cacas com cria, quatro novilhas, três cavalos mansos, 15 porcos grandes, quatro ovelhas, além de uma colônia de terras atrás da Feitoria Velha (Lomba Grande), de 200 braças de frente e 800 de fundos, com uma casa de madeira coberta de telha.
Em 1835 Johann Ernst era morador em Mandu, localidade de São Leopoldo que não localizamos na atualidade, mas segundo nos refere o pesquisador Gilson Justino da Rosa, seria a Lomba Grande.
João Ernesto e Ana Maria foram pais de 9 filhos identificados: Maria Elisabeth, Philipp, Joahnn, Johannes, Elisabeth, Anna Margaretha e (George) Christian.
João Ernesto casou em 2º matrimônio a 17.3.1844 em São Leopoldo/RS (Lomba Grande) com Magdalena Schopp[4], evangélica, n. 5.10.1802 em Blödeshein, Alzey, Rheinhessen, Alemanha e fal. a 30.4.1845 em Lomba Grande, filha de Adam Schopp e Maria Reinheimer. João Ernesto e Magdalena não deixaram descendentes.
João Ernesto casou em 3º matrimônio a 19.2.1852 em São Leopoldo/RS (Igreja católica) com Felicidade Maria da Conceição, n. Porto Alegre/RS, viúva de Francisco José Rodrigues.
Houve do primeiro casamento de Johann Ernst com Anna Maria Blum os filhos, nascidos em São Leopoldo:
N1. MARIA ELISABETH BECK
N2. PHILIPP BECK, que em 1852 estava ausente em Santa Maria.
N3. JOHANN ERNST BECK
N4. JOHANNES BECK SOBRINHO
N5. ELISABETH GERTRAUDE BECK
N6. ANNA MARGARETHA BECK (gêmea com Elisabeth Gertraude), n. 5.5.1835 em São Leopoldo/RS e que faleceu solteira a 25.4.1880 em Cruz Alta/RS ou Santo Ângelo/RS, deixando um filho natural:
Bn1. GABRIEL JOÃO BECK, sapateiro, n. 7.6.1857 e fal. 22.4.1923 em Santo Ângelo/RS. Foi-nos passado pelo genealogista Gilson Justino da Rosa o registro de batismo de Gabriel, nascido a 12.10.1859, batizado a 18.3.1860, na igreja de N. Sra. do Rosário, em Porto Alegre, filho natural de Margarida (Margaretha) Beck, natural de São Leopoldo, sendo avós maternos João Beck e Maria Teresa, ambos da Alemanha, como se vê do registro abaixo:

Este mesmo Gabriel Beck casou-se com Amália Prosinsky, com quem teve a filha Anna Catharina Beck (nascida a 31.12.1878 em São Leopoldo, onde casou a 27.6.1896 com Lino Carvalho de Oliveira).
Em princípio trata-se do mesmo Gabriel João Beck, até mesmo porque as datas de nascimento conflitantes (7.6.1857 e 12.10.1859) não servem (por si só) para diferenciar um de outro. Exemplo disso é que no processo de habilitação de casamento de Amantina Beck, filha de Gabriel, consta que ele nasceu a 25.9.1858, já na dos filhos Olympio Beck e José Heitor Beck, como 7.6.1859. Enfim, já são quatro datas de nascimento para Gabriel ...
Gabriel, portanto, teria casado em segundas núpcias a 24.12.1883 em Santo Ângelo/RS com Christina Albrecht, fal. a 1º.4.1897 em São Borja/RS, viúva de Christiano Albrecht e filha de João Jacob Albrecht e Carolina Luiza Sonnet/Hollsback (para maiores detalhes sobre as famílias Albrecht e Sonnet, veja neste blog: http://pufal.blogspot.com.br/search/label/fam%C3%ADlia%20Albrecht e http://pufal.blogspot.com.br/search/label/fam%C3%ADlia%20Sonnet). 
Gabriel João Beck, do cervo do
descendente Sílvio Maurício Beck
Gabriel casou em 3º matrimônio em 1898 em Santo Ângelo/RS com a cunhada Rosalina Albrecht, n. 22.5.1868, bat. Santo Ângelo/RS e onde faleceu a 2.9.1951, com quem teve 4 filhos.
D. Rosalina Albrecht
Filhos do 1º matrimônio de Gabriel João:
Tn1. (JOÃO) ÁTILA BECK, n. 14.4.1887, bat. 15.10, Cruz Alta/RS.
Tn2. CELINA BECK, n. 5.11.1894, Santo Ângelo/RS, onde casou em 1912 com Guilherme Tybuch, artista de profissão, filho de Gottlieb Tybuch e Guilhermina, moradores em Ijuí/RS.
Tn3. JOSÉ HEITOR BECK, n. 30.1.1895, Cruz Alta/RS. Casou em 1921 em Santo Ângelo/RS com Lydia Fernandes Maia, ali n. 2.4.1905 e fal. a 8.7.1905 em Passo Fundo/RS, filha de Galdino Luiz Fernandes[5] (n. 29.6.1868) e Elisa Fernandes Maia (n. 25.8.1880), abaixo citados (Tn6). Os avós paternos de Lydia foram José Luiz Fernandes[6] (fal. aos 80 anos a 1º.7.1902 no 1º distrito de Santo Ângelo/RS) e Maria Antônia Fernandes (fal. aos 70 anos a 3.1.1907 em Santo Ângelo/RS). Sua avó materna foi Joana Rodrigues da Fonseca e Antônio de Souza Maia (?).
Margarida A. Beck
Tn4. GABRIEL CARLOS BECK, n. 1896, Cruz Alta/RS.
Filhos do 2º matrimônio de Gabriel:
Tn5. MARGARIDA ALBRECHT BECK, n. 28.11.1899, Santo Ângelo/RS. Casou em 1934 em Santo Ângelo com Peri Osmar Ponzi, n. 20.6.1905, Jaguarão e fal. 20.1.1910 em Santa Maria/RS, filho de José Ponzi (n. 20.5.1859) e Comba Maia (n. 6.7.1878), moradores em Guaporé/RS. Os avós paternos de Peri foram Rafael Ponzi e Lucrécia. Seus avós maternos foram  José Luiz Maia e de Gertrudes Passos, já falecidos em 1905.
Tn6. OLYMPIO BECK, n. 15.1.1901, Santo Ângelo/RS, onde faleceu a 22.5.1947 e onde casou em 1922 com Horizontina Fernandes Maia, n. 18.12.190 e fal. 25.12.1992 Santo Ângelo/RS, filha de Galdino Luiz Fernandes e Elisa Fernandes, acima citados (Tn3). 
Horizontina F. Maia 
Olympio Beck
Olympio e Horizontina foram pais de:
Qn1. SILVIO BECK, n. 3.8.1922 e fal. 2.12.1970, Santo Ângelo/RS.
Qn2. ODIL BECK, n. 3.5.1930 e fal. 5.7.1990, Santo Ângelo/RS. Casou com Francisca Celestina Grass, n. 7.5.1932 e fal. 24.2.1989 em Santo Ângelo/RS.
Odil Beck
D. Francisca Grass
Francisca foi filha de Avelino Fernandes Grass (n. 28.2.1906 e fal. 30.5.1982 em Santo Ângelo/RS) e Cecília Osório da Silveira (n. 10.3.1907 e fal. 27.6.19725 em Santo Ângelo/RS). 
D. Cecília Osório da Silveira
Avelino Graass
Os avós paternos de Francisca Grass foram Luís Grass n.1875/76 e Celestina Fernandes. Sua avó materna foi Ana Fernandes Grass. Odil é ancestral do colaborador Sílvio Maurício Beck.
Tn7. AMANTINA ALBRECHT BECK, n. 28.6.1902, Santo Ângelo/RS, onde casou em 1935 com Olivério Osório da Silveira, n. 24.2.1910 no 1º distrito de Santo Ângelo/RS, filho de  João Osório da Silveira (n. 25.9.1878, Santo Ângelo/RS) e Clara Teixeira de Lima (n. 8.5.1888), moradores do 1º distrito de Santo Ângelo/RS. Os avós paternos de Olivério foram Olivério Osório da Silveira e Francisca Nogueira. Seus avós maternos foram Isidoro Manoel de Lima[7] e Ilíbia Teixeira.
Jacob A. Beck, do
acervo de Sílvio Maurício
Beck.
Tn8. JACOB ALBRECHT BECK, n. Santo Ângelo/RS.
N7. (GEORG) CHRISTIAN BECK c/c Maria Bernardina Carneiro.
F2. HEINRICH ERNST BECK (Henrique Ernesto) tinha 23 anos ao chegar no Brasil, evangélico, colono e carpinteiro no Arroio do Pião, nasceu a 26.1.1802 em Gelnhaar, Alemanha e faleceu a 17.8.1881 na Picada Hartz/Sapiranga/RS (Nova Hartz). Casou a 18.11.1828 em São Leopoldo/RS com Elisabeth Margaretha Jung, evangélica, então com 18 anos, de Niedersiemen, Darmstadt, Alemanha e falecida a 17.8.1881 na Picada Hartz, Nova Hartz/RS, filha de Johann George Jung  e Anna Kunigunde Scheller. Pais de 8 identificados: Anna Catharina, Peter, Johann, Elisabeth, Maria, Catharina Margaretha, Gaspar e Louise Beck.
F3. JACOB BECK (Jacó), evangélico, colono e agricultor em Mandu (São Leopoldo), depois, entre 1836/1841, residente no Arroio do Corvo. Nasceu a 16.2.1805, Gelnhaar, Hessen, Alemanha e fal. 30.7.1870 em São Leopoldo/RS (Lomba Grande), onde casou a 30.9.1828 com Catharine Philippine Fritz, então com 21 anos, de Gedern, Darmstadt, Alemanha (junto a Frankfurt) e fal. 30.7.1870 São Leopoldo/RS, filha de Conrad Michael Fritz e Elisabeth Rullmann. Pais de 13 filhos localizados: Henrich Peter, Elisabeth, Joseph, Catharina Philippina, Carolina, Friederike Amalie, (Anna) Juliane, Georg, Augusto Luiz, Marianne, Heinrich Jacob, Heinrich e Christian Beck.
F4. JOHANNES BECK (João), evangélico, colono em Mandu, nascido a 4.6.1810, Gelnhaar e fal. 3.2.1866 em Lomba Grande. Casou-se pela primeira vez a 2.3.1830 em São Leopoldo/RS com Catharine Margarethe Nagel, n. 30.1.1812, Eichelsdorf junto a Nietau, grão-ducado de Hessen-Darmstadt, Alemanha e falecida a 14.6.1858, Lomba Grande, filha de Peter Nicolau Nagel e Anna Margaretha Repp. João e Catarina foram pais de 12 filhos: Catharina (?), Peter Wilhelm, Andreas, Catharina Margaretha, Elisabetha, Henrich Ernst, Caroline, Johannes, Christina, Anna Catharina Philippina, Philippe e Catharina Frederica.
João casou-se em 2ª núpcias a 21.8.1860 com Anna Maria Steffen, gerando a filha de nome Catarina Frederica Beck.
F5. ANDREAS BECK (André), evangélico, colono em Mandu, n. 14.6.1815, Gelnhaar, contava com 10 anos, por ocasião da viagem para o Brasil. Foi veterano da Companhia de Voluntários Alemães de São Leopoldo, na guerra de 1825-1828 contra a Argentina. Depois, em torno de 1837, estabeleceu-se em Santa Maria da Boca do Monte, onde foi tamanqueiro e onde faleceu em março de 1876 ou 1877. Casou a 9.4.1834 em São Leopoldo/RS com Elisabete Gertrudes Krebs (Elisabeth Gertraude Krebs), evangélica, n. cerca de 1816 em Waldülversheim, Darmstadt, Alemanha e fal. 18.9.1868 em Santa Maria/RS, filha dos imigrantes alemães Johann Jacob Krebs e Anna Christine Ackermann. Pais de 10 filhos: Ernesto, Jacob, Matheus, Carolina, Catharina, André, Frederico, Elisa, Pedro e Luiz Beck, que seguem.
N1. ERNESTO BECK, negociante e vereador; coronel da Guarda Nacional em Santa Maria/RS[8], onde foi líder do PRR local (Republicano), tendo liderado uma frente de batalha na Revolução Federalista, n. 6.10. 1841, Santa Maria/RS e fal. aos 69 anos a 2.2.1909 em Cruz Alta/RS. 
Ernesto casou com Maria Luisa Haag, n. cerca de 1842, em Caçapava do Sul/RS e fal. 30.9.1901 em Santa Maria/RS (inventário autuado em Cruz Alta/RS), filha de Johann David Haag e Maria Margarethe Philippina Geyer (Felisbina Geyer), ambos alemães radicados em São Leopoldo/RS.  Pais de 2 filhos: Felisbino e Oswaldo.
Bn1. FELISBINO ANDRÉ BECK, tenente-coronel, fal. 28.6.1904 em Santa Maria/RS. Casou com Lydia Menna Barreto, falecida antes de 1904, filha de Antônio Victor Sampaio Menna Barreto[9] (responsável pela emancipação do município de Estrela) e Maria Januária Fagundes. Os avós paternos de Lydia foram José Luís Mena Barreto e Ana Emília de Sampaio. Seus avós maternos foram Felisberto Fagundes de Souza e Reginalda Cândida Ribeiro. Filisbino e Lydia faleceram antes de 1919 em Santa Maria/RS. Pais de: Judite, Zelina e Marieta Beck, que seguem.
Tn1. JUDITE MENNA BARRETO BECK, n. 2.11.1894, Santa Maria/RS. Casou a 5.1.1915 em Porto Alegre/RS com Eugen Rudolf Theodor Kappel, n. 3.10.1887, Porto Alegre/RS, filho de Jacob Kappel (fal. em Porto Alegre/RS) e Isabel Lisetta Müller.
Tn2. ZELINA MENNA BARRETO BECK, n. 14.1.1897, Santa Maria/RS. Residia em Porto Alegre/RS.
Tn3. MARIETA MENNA BARRETO BECK, n. 20.8.1898, Santa Maria/RS, moradora em Porto Alegre/RS.
Bn2. OSWALDO FREDERICO BECK, n. 1º.1.1879 em Cruz Alta/RS e fal. 8.4.1911 em Santa Maria. Casou com Luisa Adriana Franco Di Primio, n. 18.5.1880, Porto Alegre/RS, filha de Aníbal Di Primio e Elisa Benevenuta dos Reis Franco. Pais de 4 filhos: Aníbal, Ernesto, Helio e Adda, gerando a família Di Primio Beck.
Tn1. ANÍBAL DI PRIMIO BECK (gêmeo com Ernesto), n. 2.12.1902 em Santa Maria/RS. Foi secretário da Agricultura (1937) e Senador pelo RS. Casou a 23.1.1923 com Martha Py da Cunha, n. 8.12.1908 e fal. 18.6.1952, filha do Dr. Possidônio Mancio da Cunha Júnior e Mathilde Py.
Tn2. ERNESTO DI PRIMIO BECK, n. 2.12.1902 em Santa Maria/RS. Casou a 15.1.1931 em Porto Alegre/RS com Sarah Py, filha do Dr. Possidônio Mancio da Cunha Júnior e Mathilde Py.
Tn3. HÉLIO DI PRIMIO BECK, n. 23.8.1905 em Santa Maria/RS. Casou a 5.9.1929 em Porto Alegre/RS com Isabel Bina Machado, n.18.1.1906 e fal. nov 1961, filha de Antônio Pereira Machado e Maria da Anunciação Bina.
Tn4. ADDA DI PRIMIO BECK, n. 2.12.1908 em Santa Maria/RS. Casou a 15.2.1928 em Porto Alegre/RS com o Dr. Eliseu Paglioli, Reitor da UFRGS, Prefeito de Porto Alegre/RS e Ministro da Saúde (1962), n. São Francisco de Paula/RS, filho de Francisco Paglioli e Jacomina Dambróz, italianos radicados em São Francisco de Paula/RS.
N2. JACOB BECK, n. 28.8.1843 em Santa Maria/RS, onde casou com Emília Heim, n. Santa Maria/RS, filha de Johann George Hein (n. cerca de 1814 Alemanha), evangélico, e Catarina Weimann, talvez irmã de Pedro Weimann, neta paterna de Johann Mathias Heim[10] e sua primeira esposa (falecida na Alemanha). Jacob e Emília foram moradores em Santo Ângelo/RS. Foram pais de 7 filhos: Matheus, Jacob, Josefina, Antonio, Georgina, Hermínio, Orlando e Emília, que seguem.
Bn1. MATHEUS BECK SOBRINHO[11], oposicionista aos republicanos, filiado ao partido libertador, n. 20.2.1865. Casou com Carlota Demétrio de Oliveira, n. cerca de 1860, filha de Antônio Demétrio Machado[12] (fal. a 13.5.1864 em Palmeira das Missões/RS) e Ana Francisca de Oliveira. Pais de: Emília, Ernestina, Gomercindo, Ana Elisa, Horizontina, Antonio, João Demétrio e Oswaldo.
Tn1. EMÍLIA DEMETRIO BECK n. em torno de 1887, casou em 1914 no religioso e em 1916 no civil com Guilhermino Albrecht, n. em torno de 1882, filho de João Jacob Albrecht[13] (fal. 11.8.1892 em Santo Ângelo/RS) e Carolina Luisa Sonnet, acima citados.
Tn2. ERNESTINA DEMETRIO BECK n. 12.7.1889, Santo Ângelo/RS, onde casou em 1914 com Juvenal do Prado Marques, n. 2.1.1887, 1º distrito de Santo Ângelo/RS, filho de João do Prado Marques[14] e Maria Fuchs, abaixo citados. Os avós paternos de Juvenal foram José Marques de Arzão e Maria Antônia de Jesus. Seus avós maternos foram Pedro Fuchs e Catharina Zimmermann.
Tn3. GOMERCINDO DEMETRIO BECK, n. 8.11.1895 Cruz Alta/RS. Casou em 1926 em São Miguel das Missões com Maria da Conceição Pereira,  n. 1º.7.1902 em São Luiz Gonzaga ou São Miguel das Missões, filha de Joaquim Nunes Pereira (n. 25.11.1868) e Maria Francisca de Menezes Pereira (n. 9.5.1872), moradores no 3º distrito Santo Ângelo/RS.
Tn4. ANA ELISA BECK, n.15.4.1903, Santo Ângelo/RS, onde casou em 1922 com Aristóteles Castanho, n. 4.5.1896, Bagé/RS, filho de Aniceto Gomes Castanho (n. 17.4.1867, Rio Grande/RS) e Celina da Silva Castanho (n. 23.5.1863, Rio Grande/RS).
Tn5. HORIZONTINA DEMETRIO BECK, n. 5.3.1905 em Santo Ângelo/RS, onde casou em 1927 com Francisco Corrêa Taborda, n. 10.7.1900 no 2º distrito Santo Ângelo/RS, filho de João Corrêa Taborda (n. 24.6.1862) e Felippa Taborda (n. 4.9.1874), moradores Santo Ângelo/RS. Vide neste blog a família Taborda: http://pufal.blogspot.com.br/search/label/fam%C3%ADlia%20Corr%C3%AAa%20Taborda
Tn6. ANTÔNIO DEMETRIO BECK casou em 16.11.1912 com Adelina do Prado Marques, n. 22.9.1891 em Santo Ângelo/RS, filha de João do Prado Marques e Maria Fuchs, acima citados. Pais de 2 filhas: Hilda e Alani.
Qn1. HILDA DO PRADO BECK n. 16.10.1914 em Santo Ângelo/RS, onde casou em 1933 com Mário Cavalcanti, n. 26.5.1913, São Luiz Gonzaga/RS, filho de Manoel Cavalcante e Matilde Brustoloni (fal. 6.6.1929 em Santa Maria/RS, aos 52 anos). Os avós paternos de Mário foram Justino Cavalcante e Maria Teixeira. Seus avós maternos foram Francisco Brustoloni e Maria Luiza.
Qn2. ALANI PRADO BECK n. 19.2.1916. Casou em 1934 em Santo Ângelo/RS com Mário Leonardi, n. 12.1.1912, músico, Porto Alegre/RS, filho de João Leonardi, n. 1876 e Anna Spinali, n. 1891, ambos da Itália e moradores em Porto Alegre/RS.
Tn7. JOÃO DEMÉTRIO BECK casou com Maria do Prado Marques.
Tn8. OSWALDO DEMÉTRIO BECK casou em 1917 em Santo Ângelo/RS com Olinda Albrecht, n. 19.2.1899 Santo Ângelo/RS, filha de Júlio Albrecht e Ernestina Cassel. Os avós paternos de Olinda foram João Jacob Albrecht e Carolina. Seus avós maternos foram João Cassel e Ana Biermann.
Bn2. MARIA BECK, n. 4.6.1866 e foi bat. 27.11.1866, Santo Ângelo/RS.
Bn3. JACOB BECK FILHO, n. Santa Maria/RS e fal. no nordeste.
Bn4. JOSEFINA BECK, n. Santa Maria/RS e fal. solteira.
Bn5. ANTONIO BECK. n. Santa Maria/RS. Casou com Infância Coelho Abbot, filha de Jonathas Abbot Filho e Júlia Coelho. Pais de 2 filhos: Alice e Gil.
Tn1. ALICE ABBOT BECK casada com Dr. Fernandes Mendes Ribeiro.
Tn2. GIL ABBOT BECK 
Bn6. GEORGINA BECK n. Santa Maria/RS. Casou com Frederico Jorge Becker. Sem filhos.
Bn7. HERMÍNIO BECK n. Santa Maria/RS. Casou com a sobrinha e filha de criação do Cel. Joaquim Luiz de Lima, filho de Joaquim Luiz de Lima, o Barão de Inhanduí. Pais de 1 filho:
Tn1. MÁRIO DE LIMA BECK, Deputado no RS, n. 30.11.1906 em Santa Maria/RS.
Bn8. ORLANDO BECK n. Santa Maria/RS. Casou em Tupanciretã/RS com Olinda Dornelles Vianna, filha de Dario Juvenal Libindo Vianna e Francisca Dornelles. Pais de: Iolanda, Leda, Rômulo e Luís Ignácio. (vide neste blog a família Viana: http://pufal.blogspot.com.br/search/label/fam%C3%ADlia%20Viana).
Tn1. IOLANDA VIANNA BECK casou com Bichara Rad.
Tn2. LEDA VIANNA BECK
Tn3. RÔMULO VIANNA BECK
Tn4. LUÍS IGNÁCIO VIANNA BECK
Bn9. Emília Beck, n. Santa Maria/RS, casou em Porto Alegre/RS com ... Figueiredo.
N3. MATHEUS BECK, n. 14.8.1845 em Santa Maria/RS e faleceu aos 68 anos a 22.6.1911, Santo Ângelo/RS. Casou em 1872 em Santo Ângelo com Anna Lied, n. RS e fal. 8.2.1900, Santo Ângelo/RS, filha de Jacob Lied e Maria. Pais de 7 filhos: Matheus, Ludgero, Aura, Nicanor, Arthur, João e Amândio.
Bn1. MATHEUS BECK FILHO n. janeiro 1872, bat. 9.3.1872 em Santa Maria/RS. Casou a 5.12.1895 em Santo Ângelo/RS com Luiza Leopoldina Cassel, n. 8.7.1875, bat. 1886 em Santo Ângelo/RS, onde fal. 8.5.1909, filha de Jorge  Henrique Cassel e Gertrudes Lenart (?). Pais de 8 filhos: Leontina, Oswaldo, Octacílio, Ana, Georgina, Lidia, Ernestina e Maria.
Tn1. LEONTINA BECK, fal. aos 67 anos a 24.9.1964 em Giruá/RS. Casou com Ladislau Antunes Fernandes, filho de Onofre Antunes Fernandes. Pais de:
            Qn1. AUDILIA FERNANDES n. 4.5.1913, Giruá/RS.
Tn2. OSWALDO BECK, n. Santo Ângelo/RS. Casou com Maximiana Rodrigues, filha de Delfino Rodrigues da Luz e Leopoldina Rodrigues Pereira.
Tn3. OCTACÍLIO BECK, n. 15.4.1898 em Santo Ângelo/RS, onde casou em  1916  com Constança Pereira da Luz, n. 6.5.1899, Santo Ângelo/RS, filha de Cândido Pereira da Luz e Cândida Rodrigues. Os avós paternos de Constança foram Delfino Pereira da Luz e Ana da Luz. Seus avós maternos foram José Rodrigues Barcellos e Maximiana Barcellos.
Tn4. ANA CASSEL BECK casou aos 15 anos a 16.5.1916, Giruá/RS, com Antônio Pereira da Luz, então com 25 anos, filho de Cândido Pereira da Luz e Cândida Rodrigues Barcelos. Vide neste blog a família Braga:
Tn5. GEORGINA BECK (?)
Tn6. LIDIA BECK (?)
Tn7. ERNESTINA BECK (?)
Tn8. MARIA BECK, fal. no mesmo dia ao nascer, em 30.4.1909.
Bn2. LUDGERO BECK, n. 26.3.1878. Casou aos 24 anos em 1900 em Santo Ângelo/RS com Juliana Gonçalves Leite, n. 14.8.1880 e fal. 7.6.1930 em Santo Ângelo/RS, filha  de João Gonçalves Leite[15] e Ana Bueno? Leite. Pais de 6 filhos: Ludgero, Ana, Eurico, João, Maria e Clarimundo.
Tn1. LUDGERO BECK FILHO, n. 29.4.1903 em Santo Ângelo/RS, onde casou com Jacy de Souza, fal. aos 23 anos a 11.2.1929 em Santo Ângelo/RS, filha de Gaspar Inácio de Souza e Francisca Machado de Souza. Ludgero casou novamente em 1930 com Isabel Licht Lemos, n. 15.4.1908, filha de Ursulino Lemos (n. 22.10.1879) e Lydia Licht (n. 29.7.1879).
Tn2. ANA GONÇALVES, n. 19.4.1905 em Santo Ângelo/RS, onde casou em 1926 com Anastácio Rodrigues de Camargo Beck, n. 28.9.1903, Santiago/RS, filho de Orlando Rodrigues da Silva e Virginia Camargo da Silva, n. RS.  Os avós paternos de Anastácio foram Anastácio Rodrigues e Umbelina da Silva. Seus avós maternos foram Francisco José da Silva e Francisca de Freitas Camargo.
Tn3. EURICO BECK, n. 25.1.1907 em Santo Ângelo/RS(?).
Tn4. JOÃO BECK SOBRINHO, n. 4.4.1908 no 1º distrito de Santo Ângelo/RS, onde casou em 1931 com Elsa de Paula Barbosa, n. 16.4.1915 no 1º distrito de Santo Ângelo/RS, filha de Frutuoso Roberto Barbosa e Carolina de Paula Teixeira. Os avós paternos de Elsa foram Manoel Roberto Barbosa e Conceição Maria Barbosa. Seus avós maternos foram João de Paula Teixeira e Rosalina Joaquina Lemos.                           
Tn5. MARIA BECK, n. 7.6.1909 em Santo Ângelo/RS(?), onde casou a 26.9.1934 com  Ariovaldo Cortes Lourega, alfaiate, n. Santo Ângelo/RS, filho de Octaviano Côrtes Lourega e Clarinda Farias de Lima. Os avós paternos de Auriovaldo foram Joaquim da Silva Lourega[16] e Delfina Cândida Côrtes. Seus avós maternos foram Felizardo Farias de Lima e Emilia Farias dos Reis. (ver neste blog a família Braga: http://pufal.blogspot.com.br/search/label/fam%C3%ADlia%20Rodrigues%20Braga).   
Tn6. CLARIMUNDO BECK, n. 12.10.1910, Santo Ângelo/RS (?).
 Bn3. JOÃO BECK, n. 23.6.1890, Santo Ângelo/RS, onde casou 1914 com Maria do Prado Marques, n. 7 ou 27.8.1899, filha de João do Prado Marques e Maria Fuchs.
Bn4. AURA CÉLIA BECK, n. 6.8.1892, Santo Ângelo/RS, onde casou  aos 19 anos em 1911 Santo Ângelo/RS com Venâncio Pinheiro Machado, falecido aos 27 anos a 25.4.1912 em Santo Ângelo/RS, filho de Alfredo Pinheiro Machado e Maria (Amélia) Demétrio Machado, neto paterno de Antônio Gomes Pinheiro Machado e Maria Manuela de Oliveira Ayres e, neto materno, de Antônio Demétrio Machado (este filho de outro Antônio Demétrio Machado e Ana Francisca de Oliveira) e de Ana de Oliveira. O casal de Aura e Venâncio teve 1 filho. Aura Célia casou em 2º matrimônio em 1914, Santo Ângelo/RS, com Sérgio Gonçalves Leite, então com 28 anos, filho de João Gonçalves Leite e Ana Bonnes? Leite, moradores no município de Palmeira.
***
#Nota:
Alfredo Pinheiro Machado e Maria (Amélia) foram pais de:
1. Antônio Pinheiro Machado.
2. Orlando Pinheiro Machado c/c Adelaide do Prado Marques;
3. Venâncio Pinheiro Machado c/c Aura Célia Beck;
4. Paulina Pinheiro Machado
5. José Pinheiro Machado
6. Maria do Rosário Pinheiro Machado c/c Pedro Análio Leães.
7. Anita Pinheiro Machado
8. João Alfredo Pinheiro Machado c/c Lydia Pinheiro Fernandes.
***
Aura gerou a:
Tn1. EDGARD BECK n. março 1912 em Santo Ângelo/RS.
Bn5. NICANOR BECK, n. cerca de 1881. Casou 29.9.1906, Santo Ângelo/RS, com Maria Gonçalves Leite, então com 22 anos, filha de João Gonçalves Leite e Anna Bonnes? Leite.
Bn6. ARTHUR BECK, n. RS e fal. aos 37 anos, casou aos 27 anos, em 1911 com Brasiliana Ayres[17], n. 3.8.1889, Santo Ângelo/RS, filha de Mariano Ayres de Aquino, fal. 14.5.1900  e Francisca Ayres, fal. 10.12.1904. Sem descendência.
Bn7. AMÂNDIO BECK n. 2.4.1908 e foi bat. a 25.1.1909 em Santo Ângelo/RS.
Bn8. AURACÉLIA BECK
N4. CAROLINA BECK, bat. 7.2.1847, Santa Maria/RS. Casou com André Beck Sobrinho, n. cerca de 1853 em Santa Maria/RS e onde fal. a 19.10.1899. Foram pais de 3 filhos:
Bn1. MARIA LUISA BECK n. cerca de 1870, Santa Maria/RS.
Bn2. ANDRÉ BECK n. cerca de 1886. Casou a 30.10.1904 em Santa Maria/RS, com Bernardina Flores Marafiga.
Bn3. JOÃO CARLOS BECK, n. Santa Maria.
N5. MARIA CATHARINA BECK, n. 3.10.1848 Santa Maria/RS (ou Caçapava/RS), onde fal. a 2.2.1924. Casou com José Ricardo Haag, morador de Caçapava/RS, onde fal. a 14.2.1884. Os pais de José Ricardo foram Johann David Haag e Maria Margareth Philippine Geyer.
N6. ANDRÉ BECK FILHO, n. 30.1.1850 em Santa Maria/RS, bat. 5.11.1850. Casou com Sophia Albrecht, n. São Leopoldo/RS, filha de Jacob Albrecht (n. 9.2.1809, Niederlinxweiler, Saarland, Alemanha e fal. 2.10.1885 em Santa Maria/RS) e Maria Eva Müller (n. 14.8.1818, Ohlweiler, Rheinland-Pfalz, Alemanha e fal. 10.5.1873 em Santa Maria?). Vide família Albrecht neste blog para maiores detalhes: http://pufal.blogspot.com.br/2013/03/alemaes-no-rs-os-albrecht.html. André e Sofia foram pais de 1 filha localizada, que segue:
Bn1. ERNESTINA BECK n.1876. Casou a 4.3.1897 em Santa Maria/RS com Luiz Weber, n. cerca de 1871, Santa Maria/RS,  filho de Jacob Weber e Juliana Catharina Bohrer.  Pais de 4 filhos: Haidée, João Batista, Sofia e Inah.
Tn1. HAIDÉE WEBER
Tn2. JOÃO BATISTA WEBER
Tn3. SOFIA WEBER
Tn4. INAH WEBER, n. 8. 3.1909, Santa Maria/RS, onde casou com Assis Antônio Fialho, n. 8.5.1910, São Gabriel e morador de Santana do Livramento, filho de Victor Domingos Fialho (n. cerca de 1881) e Deolinda Campello (n. cerca de 1891), moradores em Livramento/RS.
N7. major FREDERICO BECK, n. 27.5.1852, Santa Maria/RS e fal. em 6.1.1919 em Santo Ângelo, onde casou em 16.1.1881 com Henriqueta Uflacker, n. 12.1.1861, Cruz Alta/RS e fal. 5.3.1925, Santo Ângelo/RS, filha de Juliana Elisabetha Kruel (Juliana Kruel) e Johann Heinrich Christian Bernstorff Ufflacker[18], ambos imigrantes alemães. Para maiores detalhes sobre a família Kruel, consulte o blog http://familia-kruel.blogspot.com.br/2010 07 01 archive.html. Frederico e esposa foram pais de 12 filhos: Dinarte, Garibaldi, Alfredo, Ernestina, Clodio, Elodia,Júlio, Elpídio, Herondina, Aracy,Cecília e Silvio.
Bn1. DINARTE ANTÔNIO BECK, n. 11.10.1882, Santo Ângelo/RS. Casou a 22.6.1920 em São Luiz Gonzaga/RS com a viúva Maria da Conceição Beltrão (viúva de Ismael Luiz de Chaves, fal. 19.8.1918), n. 23.6.1887, Santiago, filho de Francisco Martins Beltrão (fal. 15.7.1914, Santa Maria) e Balbina de Medeiros (n. 22.9.1862).
Bn2. GARIBALDI UFLACKER BECK         
Bn3. ALFREDO UFLACKER BECK n. 8.5.1886, Santo Ângelo/RS, onde casou em 4.12. 1918, com Julieta Preto de Oliveira, n. 31.5.1901, filha de Alfredo Preto de Oliveira (n. 4.10.1856) e Joana Gonçalves Leite (n. 21.8.1874). Os avós paternos de Juliana foram Joaquim Preto de Oliveira e Emilia Ignez Olintho. Seus avós maternos: João Gonçalves Leite e Ana Bueno?.
Bn4. ERNESTINA (NINA) UFLACKER BECK n. 17.7.1887 e fal. 23.9.1965. Casou em 1916 em Santo Ângelo/RS com Rodolfo Hollzbach, n. 7.2.1887 e fal. em 27.10.1961, filho de Pedro Jorge Holsbach e Luiza Fuchs, moradores em Santo Ângelo/RS. Vide família Holzbach neste blog.
Bn5. CLODIO UFLACKER BECK, n.2.7.1889 Santo Ângelo/RS, onde casou em 23.12.1929 com Waldemira Holzbach (viúva de Alfredo Rechke, n. Inglaterra, morador Guarani das Missões/RS e fal. aos 24 anos a 14.4.1919 em Santo Ângelo/RS, filho de João Rechke e Emília, tendo deixado um filho de nome Júlio,  de 4 meses), n. 21.9.1895, Santo Ângelo, filha de Júlio Conrado Holzbach, que faleceu a 23.3.1917 em Guarani das Missões/RS  e Emilia Biermann (n. 30.12.1872).
Bn6. ELODIA UFLACKER BECK, n. 2.12.1891 em Santo Ângelo/RS. Casada com José Cezimbra Machado, filho de Laurindo Teixeira Machado e Eugênia Cezimbra.
Bn7. JÚLIO UFLACKER BECK, n. 1º.7.1893. Casou em 1920 em Santa Maria/RS com Eulália Carvalho Sartori, n. 6.2.1902, filha de José Sartori e Joaquina Carvalho Sartori, que fal. a 12.3.1902.
Bn8. ELPIDIO UFLACKER BECK
Bn9. HERONDINA UFLACKER BECK n. 29.5.1897, Santo Ângelo/RS, onde casou em 1920 com Amparo de Medeiros Beltrão, n. 21.7.1897, Santa Maria/RS, filho de Francisco Martins Beltrão, fal. 15.7.1914, Santa Maria/RS e Balbina de Medeiros Beltrão, n. 22.9.1858, Santiago/RS.
Bn10. ARACY UFLACKER BECK, n. 22.11.1898, Santo Ângelo/RS. Casou em 1935, Santa Maria/RS, com Antonio Gomes Jacques, n. 19.9. 1897, Jaguarão/RS, filho de José Antônio Jacques e Jeleira (?) Gomes. Seus avós paternos foram o Capitão José Antônio Jacques e Maria de Jesus. Avós maternos: Antônio Augusto Gomes e Maria Inácia.
Bn11. CECÍLIA UFLACKER BECK, n. 22.11.1898, Santo Ângelo/RS. Casou em 1923 com José Lamb, 36 anos, viúvo de Philomena Lamb, fal. em 13.3.1915, Caxias do Sul/RS. José Lamb n. 22.5.1886 em Rio Pardo/RS, filho de Christiano Lamb, fal. em Cachoeira do Sul/RS, e Júlia Müller.
Bn12. SÍLVIO UFLACKER BECK
N8. ELISA BECK, n. 21.9.1855 ,Santa Maria/RS. Em 1872 estava casada com Henrique Gaffunder (?), de Agudo.
N9. PEDRO BECK, n. 11.8.1858, Santa Maria/RS, onde foi bat. 21.1.1859. Morador em  Santa Maria/RS.
N10. LUIZ BECK, n. 20.3.1861, Santa Maria /RS, onde foi bat.30.6.1861. Morador em  Caçapava/RS.
F6. PEDRO BECK estabeleceu-se em Santa Maria/RS, onde fal. 5.8. 1863, foi casado com Christina Beck (em 1868 Christina estava casada em 2º matrimônio). Pedro Beck foi um influente comerciante em Santa Maria, ofício já praticado por seu padrinho, o comerciante Pedro Cassel.
Em NICOLOSSO, dissertação de mestrado, 2013, p.79 e 148, lemos:
... Pedro Beck era tio de Ernesto Beck, que foi Coronel da Guarda Nacional em Santa Maria ...
... Irmão do patriarca André Beck, o classificamos na 1ª geração, pois chegou em Santa Maria poucos anos depois que Pedro Cassel, seguindo o mesmo ofício de negociante e gerando descendência em Santa Maria.
...Coronel Ernesto Beck, filho do artesão André Beck e sobrinho do negociante Pedro Beck.
Se assim considerarmos, temos, então um outro filho para o casal de imigrantes João Beck e Elisabeth Seibert.
Pedro e Christina foram pais de três filhos:
N1. Emília Beck, n. cerca de 1858.
N2. Christiana Beck, n. cerca de 1859.
N3. Josefina Beck, n.cerca de 1863.

***
FONTES:
- Arquivo da Cúria de Santo Ângelo/RS: livros de batismos, matrimônios e óbitos de Santo Ângelo, São Miguel, Cruz Alta.
- Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul (AHRS). Fundo Guarda Nacional. Conselhos de Qualificação e Revisão: Santa Maria. Maço 79.
- Arquivos pessoais de Diego de Leão Pufal, Gilson Justino da Rosa, Pedro Almiro Fauth (in memoriam), Sílvio Maurício Beck (que forneceu fotografias para o presente artigo) e Zélce Mousquer.
- Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul (APERS): inventários e testamentos, habilitações de casamento, livros de notas e talões do registro civil de muitos municípios gaúchos.
- BRAU, Felipe Kuhn. Memória do Povo Alemão, disponível em http://memoriadopovoalemao.blogspot.com.br
- Centro de História da Família (CHF) – igreja dos mórmons: microfilmes do registro civil de Santo Ângelo, São Miguel das Missões, Cruz Alta, Santa Maria e outros.
- Curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em História, Área de Concentração em História, Poder e Cultura, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, RS), disponível em: http://200.18.45.28/sites/ppgh/mestrado/images/pdf/Dissertacao-Fabricio-Nicoloso.pdf
- Famílias Brasileiras de Origem germânica. Instituto Genealógico Brasileiro e Instituto Hans Staden. Vol  2. 1962. São Paulo. Disponível em: http://www.martiusstaden.org.br/files/conteudos/0000001-0000500/55/05c0472b2bc8e7d110020d4ac73f0e20.pdf
- HUNSCHE, Carlos H. e ASLTOLFI, Maria. O Biênio 1824/25 da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul (Província de São Pedro). Porto Alegre: Metrópole, 1975.
- HUNSCHE, Carlos H. O quadriênio 1827-1830 da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: G&W ed., 2004, vol. 1 e 2.
- LOPES, João Simões. Família Menna Barreto, disponível em: http://mitoblogos.blogspot.com.br/2008/08/genealogia-331-pereira-pinto-e-mena.html
- MOUSQUER, Zélce D. Família Kruel, disponível em http://www.familia-kruel.com.br
- NICOLOSSO, F. R . Fazer-Se elite em Santa Maria – RS: Os Imigrantes Alemães entre Estratégias Políticas e Sociais – 1830/1891. Santa Maria: UFSM, 2013.
- PUFAL, Diego. Família Lacroix, disponível neste blog – http://pufal.blogspot.com.br
- ROSA, Gilson Justino. Imigrantes Alemães 1824 – 1853 (Códice C-333 do AHRS). Porto Alegre: EST, 2005.
- São Leopoldo. Igreja Evangélica (lv. I-23) in DREHER, Martin Norberto. Livros de Registro da Comunidade Evangélica de São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil (século XIX). Edição em CD Room.







*NOTAS:
[1] Este navio, nesta viagem, trouxe 359 imigrantes alemães para o Brasil. Cerca de 282 imigrantes ou 54 famílias vieram para o RS.

[2] Imigrante relacionado por Hillebrand no C-333 sob o número 75 à página 11, chegado à Colônia Alemã de São Leopoldo a 21/05/1825. In Imigrantes Alemães 1824-1853 de Gilson Justino da Rosa, EST Edições, PORTO ALEGRE, RS, Brasil, 2005, p.23. No ano de 1825 chegaram a São Leopoldo quatro ramos "Beck", sendo que ao menos três deles vieram do mesmo local: Gelnhaar.

[3] Este casal chegou a São Leopoldo 21.5.1825, acompanhados de 3 filhos: Anna Catharina, Georg Christian e Anna Maria.

[4] Magdalena Shopp, fora casada (Alemanha) com Jacob Weissheimer, nascido c.1799, Westhofen, Rheinhessen, Alemanha e falecido c.1839 em Lomba Grande, com descendência.
Imigrante relacionada por Hillebrand no C-333 sob o número 36 à página 46 chegada à Colônia Alemã de São Leopoldo a 7/3/1826. In Imigrantes Alemães 1824-1853 de Gilson Justino da Rosa, EST Edições, PORTO ALEGRE, RS, Brasil, 2005.

[5] Galdino e Eliza foram pais:
1. Donatila Fernandes Maia c/c Álvaro Melchior da Silva.
2. Lydia Fernandes Maia c/c José Heitor Beck
3. Horizontina Fernandes Maia c/c Olympio Beck.
4. Otacilia Fernandes Maia c/c Eurico Albrecht.
5. Nestor L. Fernandes.

[6] José Luiz Fernandes e Maria Antônia foram pais de:
1. Antônio Luiz Fernandes
2. João Luiz Fernandes
3. Ludgero Luiz Fernandes
4. Cesária Maria (Luiza) Fernandes c/c Joaquim da Rosa Mello.
5. Galdino Luiz Fernandes c/c Eliza Fernandes Maia.
6. Eduvirges Luiza Fernandes
7. Sebastião Luiz Fernandes
8. José Luiz Fernandes
9. Valério Luiz Fernandes 37 anos casado com Henriqueta Machado.
10. Francisco Luiz Fernandes 35anos casado com Leonor Antunes Maciel

[7] Isidoro e Ilibia foram pais de:
1. Aquino Teixeira de Lima c/c Mercedes Coimbra Barcellos.
2. Clara Teixeira de Lima c/c João Osório da Silveira.
3. Moisés Teixeira de Lima c/c Vidalvina de Mello.
4. Alcides Teixeira de Lima c/c Elvira  Freitag.
5. Pedro Arcelino de Lima c/c Ângela Maria da Silva.
6. Rosalina Teixeira de Lima c/c José Ferreira de Lima.
7. Angelina Teixeira de Lima c/c Antonio Gonçalves.
8. Idalina Teixeira de Lima c/c João Francisco de Lima.

[8] Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul (AHRS). Fundo Guarda Nacional. Conselhos de Qualificação e Revisão: Santa Maria. Maço 79: ERNESTO Beck é citado como aliado do Cel. Coronel Martins Höehr no episódio da punição do referido coronel, pelo assassinato do delegado liberal Felipe Alves de Oliveira, cunhado de João Daudt Filho, o autor do livro de memórias.

[9] Antônio Victor e Maria Januária foram pais de:
1.  Maria Menna Barreto
2. João de Deus Menna Barreto c/c Francisca de Ávila.
3. Ana Emília Menna Barreto c/c Frederico Guilherme Niederauer.
4. Victor Menna Barreto c/c Catarina Riegel.
5. Felisberto Fagundes Menna Barreto c/c Maria Amália Vilanova.
6. Felipe Nery Menna Barreto c/c Emília Agne.
7. Rafael Menna Barreto c/c Maria Lessa.
8. Maria da Glória Menna Barreto
9. Cap. Antonio Victor Menna Barreto c/c Benícia da Rosa.
10. José Luiz Menna Barreto c/c Celina Machado.
11. Gen. (Victor) João Rodrigues Menna Barreto c/c Davina Teixeira
12. Corina Menna Barreto
13. Cap. (João) Sabino Menna Barreto c/c Noêmia Cardoso.
14. Lydia Menna Barreto c/c Tte Cel. Filisbino André Beck.

[10] Johann Mathias emigrou com os filhos e sua 2º esposa, tendo permanecido por 4 anos em lhéus, Bahia, em uma das colônias alemãs fracassadas (onde chegou em 1822) embarcando, depois, para o RS em 1827.

[11] O partido Libertador, adversário do Partido Republicano Rio-grandense foi fundado em 1828 por políticos do antigo partido Federalista do RS, principalmente Raul Pilla e Joaquim Francisco de Assis Brasil.

[12] Antônio Demétrio fora casado em 1ª núpcias com Ana Vieira da Rosa com quem teve o filho Amâncio. Antonio Demétrio casa em 2º matrimônio com Ana Francisca de Oliveira foram pais de 10 filhos:
1. Amâncio Demetrio Machado c/c Fortunata Vieira Pimentel
2. João Batista Demétrio Machado c/c Sofia Veríssimo.
3. Ubaldino de Oliveira Machado c/c  Cândida Paiva.
4. Luçudina de Oliveira/Demétrio Machado c/c Manoel Elias dos Santos.
5. Antonio Demetrio Machado c/c Joaquina dos Santos Machado.
6. Francisco Chagas Machado c/c Emilia Antunes Ribas.
7. Candelária Demétrio Machado c/c José Pinto Ribeiro.
8. Demetrio Machado c/c Luçudina Ribeiro Machado.
9. Maria Amélia Demétrio c/c Isaias Alfredo Pinheiro Machado.
10. Ana Demetrio de Oliveira c/c Josimo Eleutério dos Santos.
11. Carlota Demetrio de Oliveira c/c Matheus Beck Sobrinho.

[13] João Jacob e Carolina foram pais:
1. Henrique Albrecht
2. Carlos Mena Albrecht
3. Rosalina Albrecht
4. Christina c/c Gabriel João Beck
5. Leopolda Albrecht c/c Carlos Fuchs e em 2º matrimônio com Ernesto de Aguiar Kruel.
6. Julio Albrecht c/c  Ernestina Cassel.
7. Anna Albrecht c/c Libindo Rolim de Moura.
8. Amantina Albrecht c/c Miguel Chamum.
9. Concórdia Albrecht
9. Guilhermino c/c Emilia Demetrio Beck.
10. Celina Albrecht

[14] João do Prado Marques e Maria Fuchs foram pais:
1. Juvenal do Prado Marques c/c Ernestina Demétrio Beck.
2. Adelaide do Prado Marques c/c Orlando Pinheiro Machado.
3. Adelina do Prado Marques c/c Antonio Demétrio Beck.
4. Horácio do Prado Marques c/c Henriqueta de Oliveira.
5. Aparício do Prado Marques c/c Raquel Gomes da Silva.
6. Aristides do Prado Marques c/c Ema Dable.
7. Maria do Prado Marques c/c João Beck.
8. Esmerilda do Prado Marques c/c Diniz Corrêa de Almeida.

[15] João Gonçalves Leite e Ana foram pais de:
1. Juliana Gonçalves leite c/c Ludgero Beck.
2. Maria da Gloria Gonçalves leite c/c Nicanor Beck.
3. Joana Gonçalves leite c/c Alfredo Preto de Oliveira.
4. Sérgio Gonçalves leite c/c Aura Célia Beck.
5. Crisanto Gonçalves Leite c/c Eulália Corrêa.

[16] Joaquim (fora casado em 1º matrimônio com Gertrudes da Costa Dias) e Delfina foram pais:
1. Octaviano Cortes Lourega c/c Clarinda Farias de Lima.
2. Joaquim Cortes Lourega c/c Lydia Côrtes Lourega.

[17] Brasiliente casa em 2º matrimônio com Deusededito Biron da Costa, viúvo de Hilda Weierbacher.

[18] João Henrique e Juliana foram pais:
1. João Theodoro Gothib (sic) Uflacker
2. Carlos Uflacker
3. Henrique Uflacker
4. Augusto Uflacker
5. Christiano Uflacker
6. Theodoro Uflacker
7. Ernestina Ulacker c/c Carlos Frederico Lampert
8. Henriqueta Uflacker c/c Frederico Beck
9. Izolina Paula Uflacker c/c Theobaldo Prado Uflacker.