sábado, 30 de setembro de 2017

Famílias Portuguesas nas Missões: FRANCO CAVALHEIRO

FAMÍLIAS PORTUGUESAS NAS MISSÕES:
Franco Cavalheiro

Autoria de Diego de Leão Pufal e Zélce Mousquer
[dúvidas, acréscimos e correções, escreva para diegopufal@gmail.com]

[Esta publicação pode ser utilizada pelo(a) interessado(a), desde que citada a fonte: MOUSQUER, Zélce e PUFAL, Diego de Leão. Famílias Portuguesas nas Missões: os Franco Cavalheiroin blog Antigualhas, histórias e genealogia, disponível em http://pufal.blogspot.com.br/] 

[publicado em 30/09/2017]

***
ABREVIATURAS:
bat. = batizado(a);
c/c = casado(a) com;
n = nascido(a);
n.m. = neto(a) materno(a);
n.p.= neto(a) paterno(a).
PR = Paraná
RS = Rio Grande do Sul
SC = Santa Catarina
SP = São Paulo
As relações F (filho), N (neto), Bn (bisneto), Tn (trineto), Qn (quarto-neto), Pn (pentaneto), têm como referência o casal base (genearca) (Filho, Neto, Bisneto).

***
O sobrenome FRANCO CAVALHEIRO aparece no Rio Grande do Sul pelas décadas de 1830 a 1840, tanto na região das Missões, como na região Central. Apesar de ainda não termos descoberto a origem da família, unimos os dois ramos até então encontrados em Palmeira das Missões, São Martinho da Serra, Júlio de Castilhos e Santa Maria nesta postagem. Ao que parece Felisberto Franco Cavalheiro e Florêncio Franco Cavalheiro eram irmãos, mas não temos ainda elementos que comprovem esta hipótese. Para todos efeitos, porém, aqui trazemos os dois como se irmãos fossem, com a ressalva supra.
***
I. FELISBERTO FRANCO CAVALHEIRO, n. cerca de 1825, talvez no RS e fal. fevereiro de 1876 no extinto município de São Martinho da Serra, então 6º distrito de Santa Maria/RS, cujos bens foram inventariados no ano de 1877, conforme inventário existente no Arquivo Público do RS. Casou-se com Fermi(a)na Ferraz, n. 1827, no RS e fal. 1890 em São Martinho da Serra. Pais de 9 filhos, conforme o inventário:
F1. Belarmina Franco Cavalheiro, n. 1842, São Martinho, hoje Júlio de Castilhos/RS.
F2. capitão Pedro Franco Cavalheiro, n. 2.9.1845, São Martinho, veterano da Guerra do Paraguai, republicano e morador na Fazenda Boa Vista, 6º distrito de Santa Maria da Boca do Monte.


Pedro Franco Cavalheiro (TINM,1934,447)

F3. Bonifácio Franco Cavalheiro, n. cerca de 1845, São Martinho/RS. Casou 1x com Ambrosina Ferraz de Almeida, n. 1859, RS e fal. 22.11.1909 em Santa Maria/RS, filha de Francisco Ferraz de Almeida Campos e Leopoldina Pereira de Almeida. Casou 2x a 26.10.1911 em Santa Maria/RS com sua cunhada Ricardina Ferraz de Almeida, n. 1871 e fal. 17.1.1929, Santa Maria/RS, filha de Francisco Ferraz de Almeida Campos e Leopoldina Pereira de Almeida (Ferraz de Campos Mello). Avós paternos de Ricardina foram José Fabiano de Campos e Francisca Ferraz de Almeida e os avós maternos foram Moisés Antônio Pereira de Almeida[1] e Ana Joana da Soledade (v. neste blog a família de Francisco Ferraz de Campos Neto). Bonifácio casou a 3x em 1930 com Gasparina Machado da Rocha, n. 27.6.1905, filha de Galdino Rodrigues da Rocha, fal. Uruguaiana/RS, e Corina Machado da Rocha, moradores em Alegrete/RS.
Bonifácio foi criador em São Martinho.
Filhos com Ambrosina Ferraz, dos quais identificamos:
N1. Francisco Franco Cavalheiro, n. 1881, RS. Casou a 12.12.1908 em Santa Maria/RS com Guilhermina Hundertmarck, n. 1879, RS e fal. 6.11.1960 na Boca do Monte, em Santa Maria, filha de Johann Caspar Hundertmark (ou João Hundertmarck) (n. Alemanha) e Maria Magdalena Ziegler.  Pais ao menos de 7 filhos: Iracema, Lauro, Doralina, Agemio, Almiro, Nelcy e Odylla Franco Cavalheiro.
N2. Rafael Franco Cavalheiro, n. 1888 e faleceu com 22 anos, em 14.1.1910 em Santa Maria/RS.
N3. Honorina Franco Cavalheiro, n. 1888, Santa Maria, onde casou a 20.6.1908 com João Estácio Hundermarck, n. 1886, Santa Maria, filho de Johann Caspar Hundertmark (ou João Hundertmarck) (n. Alemanha) e Maria Magdalena Ziegler.  Pais ao menos de 2 filhos: Ramil Derino e Maria Amália Hundertmarck.
N4. Felisberto Franco Cavalheiro, que em 1909 residia em Santa Maria.
N5. Bonifácio Franco Cavalheiro Filho, n. 11.08.1889, São Martinho da Serra, que deve ter falecido criança, pois seu irmão levou o mesmo nome.
N6. Severo Franco Cavalheiro, n. 02.02.1893, São Martinho da Serra.
N7. Bonifácio Franco Cavalheiro Filho, nasceu a 14.2.1894, São Martinho da Serra e fal. entre 1928/1932, Santa Maria/RS, onde casou em 1917 com Clarinda Medina Dornelles, n. 1º.12.1899, filha de Décio Medeiros Dornelles,  moradores em Santa Maria/RS e de Severina Pereira Dornelles (n. 14/1/1914, talvez em Bagé/RS). Pais de:
Bn1. Felisberto Dornelles Cavalheiro, n. 19.7.1919, Santa Maria/RS, onde casou em  1941 com Orandina Pinheiro da Silva, n. 10/11/1910, 3º distrito de São Gabriel/RS, filha de João Pinheiro Neto e Alexandrina Pinheiro da Silva.
Bn2. Arlinda Franco Cavalheiro casou em 1937, Santa  Maria/RS com Argemiro Mello da Costa, n. 24.3.1875, militar, filho de Octavio Amaro da Costa e Claudina de Mello Costa, ambos falecidos em Alegrete/RS. 
N8. Arminda Franco Cavalheiro casou em 1912, Santa Maria/RS, com Edmundo Adolfo Fontoura.
N9. Fermiana Ferraz Cavalheiro, n. RS, casou com Orozimbo Carneiro, n. RS, tamanqueiro de profissão, filho de Generoso da Rosa e Emília Carneiro. Pais de:
Bn1. Leontina Carneiro, n. 19.4.1912, Santa Maria.
F4. Marcos Franco Cavalheiro, fal. antes de 1876, tendo seus filhos o representado no inventário dos bens deixados por seus pais, constando os seguintes:
N1. Pedro Franco Cavalheiro Sobrinho, n. 1867, RS.
N2. Marcos Franco Cavalheiro, n. 1869, RS.
N3. Bonifácio Franco Cavalheiro Sobrinho, n. 1870, RS.
F5. Justiniana Franco Cavalheiro, n. 1851, São Martinho da Serra, onde fal. 16.3.1878. Casou com Francisco Pereira de Souza, filho de Albino Pereira de Souza. Pais de:
N1. Felisberta Pereira de Souza, n. 1873, São Martinho.
N2. Francisca Pereira de Souza, n. 1876, São Martinho.
N3. Fermiana Pereira de Souza, n. 1879, São Martinho.
F6. Gertrudes Franco Cavalheiro, n. 1852, São Martinho.
F7. Rafael Franco Cavalheiro, n. 1853, São Martinho.
F8. Miguel Franco Cavalheiro, n. 1854, São Martinho. C/c Manuela Francisca da Rosa. Pais de:
N1. Constância Francisca da Rosa, n. São Martinho da Serra. Teve filhos com ... Oliveira, filho de Alexandre José de Oliveira. Pais de:
  Bn1. José, n. 15.01.1896, São Martinho da Serra.
F9. Carolina Franco Cavalheiro, n. 1855, São Martinho, onde casou com José Rodrigues Coelho, n. RS, residente no Rincão das Pedreiras, onde foi lavrador, filho de Joaquim Manuel Coelho e Felicidade Rodrigues de Quevedo. Pais de:
N1. Dorselina Coelho, n. 30.08.1890, São Martinho da Serra.
N2. Doralina Coelho, n. 09.09.1892, São Martinho da Serra.
N3. Dacilda Coelho, n. 21.08.1895, São Martinho da Serra.
***
II. FLORÊNCIO FRANCO CAVALHEIRO, nasceu cerca de 1840/1850, talvez no RS, onde deve ter casado com Eleodora Rodrigues da Silva, n. 1852, filha de José de Souza Bueno[2] e Jesuína (fal. 31.10.1878, Palmeira das Missões, então 4º distrito de Santo Ângelo/RS), n.p. de Manuel de Souza Bueno. O casal de Florêncio e Eleodora foi morador em Palmeira das Missões e teve, ao menos, os filhos que seguem:
F1.  Marcelino Franco Cavalheiro c/c Otília Joaquina Ribeiro Martins, filha de Marcelino Ribeiro Martins e Joana da Silva Martins. Pais de:
N1. Homero Franco Cavalheiro, n. 12.7.1907, Palmeira das Missões/RS.
N2. Orestides Franco Cavalheiro, n. 22.9.1908, Palmeira das Missões/RS.
N3. Dercília Franco Cavalheiro n. 6.2.1910, Palmeira das Missões/RS.
N4. Otília Franco Cavalheiro, n. 20.9.1911, Palmeira das Missões/RS.
F2. Eloy Franco Cavalheiro, n. cerca de 1861 e fal. aos 46 anos, a 24.1.1907, Palmeira das Missões. Casou com Conceição Fernandes da Silva, filha de Mariano Dias da Silva e Constância Fernandes da Silva. Pais de:    
N1.  Otávio Cavalheiro, n. 27.12.1900, Palmeira das Missões/RS.
N2. Elvira Cavalheiro, n. 27.12.1900, Palmeira das Missões/RS.
N3. Lourival Cavalheiro, n. 5.12.1903, Palmeira das Missões/RS. 
N4. Valdemar Cavalheiro, n. 22.4.1905, Palmeira das Missões/RS.
F3. Afonso Franco Cavalheiro, n. 1864, talvez no RS e fal. 16.12.1908, Palmeira das Missões. Casou aos 28 anos, a 29.5.1892, em Catuípe/RS com Clara Rolim de Moura, n. 7.10.1874, batizada em Santo Ângelo/RS, filha de Vidal Rolim de Moura e Francelina Ribeiro dos Reis. Os avós paternos de Clara foram de Bento Rolim de Moura[3] e Eufrásia Florisbela Taborda. Seus avós maternos foram Maria Joaquina Taborda e Amâncio Antônio dos Reis (veja neste blog as famílias Correia Taborda e Rolim de Moura).
F4. Inácio Franco Cavalheiro c/c Eulina Fernandes da Mota, filha de Ovídio de Souza Mota, n. Portugal e Maria Luiza Fernandes. Pais de:
N1. Celta Cavalheiro, n. 26.4.1896 em Cruz Alta/RS.
F5. Pedro Franco Cavalheiro (dúvida) c/c Maria Perpétua Lemes.
F6. Luísa Franco Cavalheiro (dúvida) c/c Antônio Ribas Feijó.

Fontes:
- Arquivo da Cúria de Santa Maria: livros de batismo, matrimônios e óbitos de Santa Maria.
- Arquivo da Cúria de Santo Ângelo: livros de batismo, matrimônios e óbitos de Santo Ângelo.
- Arquivo da igreja Mórmon: microfilmes dos cartórios do registro civil de Santa Maria, São Martinho da Serra e Santo Ângelo.
- Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul: inventários, testamentos, habilitações casamento, livros de notas do tabelionato.
- TINM, Octacílio B. e GONZALES, Eugenio (org. e editores). Álbum ilustrado do Partido Republicano Castilhista – RGS. Porto Alegre: Livraria Selbach de J.R da Fonseca e Cia, 1934.




NOTAS:
[1] Moisés nasceu a 13/06/1797 e foi batizado em 10.08.1797 em Santo Amaro, RS (filho de Inácio de Almeida Leite e Joaquina Gomes (Pereira Maciel) casou cerca de 1825 com Ana Joana da Soledade, natural de Itapeva da Faxina/PR onde foi batizada em 11.07.1799 (filha de Barnabé Antônio de Oliveira e Flora Maria da Conceição). Ver a família de Barnabé neste blog.
[2] José de Souza Bueno, que teve seus bens inventariados em 1875, em Palmeira das Missões, e Jesuína, foram pais:
1. Ana Rodrigues da Silva c/c seu tio materno Francisco de Souza Bueno, filho de Manoel de Souza Boeno/Bueno.
2. Januário Rodrigues da Silva
3. Malaquias Rodrigues da Silva
4. Basílio Rodrigues da Silva
5. Eleodora c/c Florêncio Franco Cavalheiro.
6. Maria Rodrigues da Silva c/c Antônio Pinheiro dos Santos.
7. Amador Dias Bueno, moradores Tatuí/SP.
8. Luzia Dias Bueno (sofria de alienação mental).
9. Honorata Dias Bueno c/c Siríaco Nogueira Martins.
10. Antônia Dias Bueno
11. Prudêncio Dias Bueno
[3] Ver Família de João Rolim de Moura e Ana Luiza de Proença.

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

FAMÍLIAS PORTUGUESAS NAS MISSÕES: os DOMINGUES GARCIA/DOMINGUES BUENO

FAMÍLIAS PORTUGUESAS NAS MISSÕES:
os DOMINGUES GARCIA/DOMINGUES BUENO

Autoria de Diego de Leão Pufal e Zélce Mousquer
[dúvidas, acréscimos e correções, escreva para diegopufal@gmail.com]

[Esta publicação pode ser utilizada pelo(a) interessado(a), desde que citada a fonte: MOUSQUER, Zélce e PUFAL, Diego de Leão. Famílias Portuguesas nas Missões: família Domingues Garcia/Domingues Buenoin blog Antigualhas, histórias e genealogia, disponível em http://pufal.blogspot.com.br/] 

[publicado em 31/08/2017]
[atualização em 1º/10/2017]

***
ABREVIATURAS:
bat. = batizado(a);
c/c = casado(a) com;
n = nascido(a);
n.m. = neto(a) materno(a);
n.p.= neto(a) paterno(a).
PR = Paraná
RS = Rio Grande do Sul
SC = Santa Catarina
SP = São Paulo
As relações F (filho), N (neto), Bn (bisneto), Tn (trineto), Qn (quarto-neto), Pn (pentaneto), têm como referência o casal base (genearca) (Filho, Neto, Bisneto).

***
O sobrenome Domingues Garcia nasceu da junção dos sobrenomes dos antepassados de Inácio Domingues de Albuquerque e de sua esposa Ana Maria Paes, com quem iniciamos a presente família. Os Domingues provêm dos antepassados paternos de Inácio até a figura de Pedro Domingues, português e um dos primeiros povoadores de São Vicente, em São Paulo (século XVI), enquanto os Garcia da família materna de Ana Maria, cujos antepassados ligam-se aos Garcia Velho e, assim, ao também povoador Garcia Rodrigues, vindo do Porto em Portugal no século XVI para São Paulo. Todas essas famílias ascendentes do casal de Inácio e Ana podem ser encontradas na Genealogia Paulistana, de Silva Leme, do ano de 1909, disponível em: http://buratto.org/paulistana/
Ressaltamos, além disso, que não havia propriamente regras que obrigassem o filho a seguir com o sobrenome paterno, como é hoje, modo que era comum e costumeiro que o filho ou a filha elegesse o sobrenome que lhe conviesse, em regra em homenagem a algum antepassado, à tradição de determinada família, etc. Pela mesma razão nada impedia que durante a vida o sujeito preferisse outro sobrenome e trocasse (como exemplo, neste sentido, há neste blog a família Mariano de Salles, cujo patriarca trocou por três vezes o nome!) ou deixasse um de lado (em alguns registros, p. ex., Inácio Domingues de Albuquerque consta apenas como Inácio Domingues).
Esta mudança de sobrenomes no caso desta postagem é bem presente, pois o filho de Inácio e Ana Maria, de nome Pedro Domingues Garcia, casou-se com Angélica Maria Bueno, daí que seus filhos passaram a assinar Domingues Bueno, que foram para as Missões, motivo pelo qual incluímos no título desta genealogia também esta composição de sobrenomes.
Abaixo, seguem os dados que reunimos nos registros eclesiásticos e civis de Castro/PR, Tibagi/PR, Lages/SC, Vacaria/RS, São Miguel das Missões, Santo Ângelo, Cruz Alta e São Luiz Gonzaga, além de outras fontes citadas.

INÁCIO DOMINGUES DE ALBUQUERQUE, nascido cerca de 1745 em Cotia ou Itapetininga/SP e fal. 28.7.1812 em Castro/PR, filho de Manuel Vaz Domingues (n. Cotia/SP, onde casou a 19.08.1738) e Ângela Machado de Albuquerque (n. Cotia/SP), neto paterno (n.p.) de João Domingues Barreiros e Teresa Pedroso (citados por SILVA LEME, vol. VIII, fls. 122 e 383) e neto materno (n.m.) de Duarte Pacheco de Albuquerque e Mariana Machado da Silva (citados por SILVA LEME, vol. VIII, fl. 369).
Inácio casou-se a 13.9.1771 em Sorocaba/SP com ANA MARIA PAES, n. 1756, Sorocaba/SP e fal. 22.11.1826, no bairro da Aparição, em Castro/PR, de moléstia interna, com testamento e foi sepultada no interior da igreja Matriz de Castro, das portas travessas para baixo, filha de José de Oliveira Falcão (n. Sorocaba/SP, onde casou a 10.02.1739) e Gertrudes Garcia Paes (n. Sorocaba/SP), n.p. João de Oliveira Falcão e Maria Valente (veja SILVA LEME, vol. VIII, fl. 130) e n.m. de Miguel Garcia Lumbria (ou Miguel Garcia Moreira) e Maria Garcia de Siqueira (SILVA LEME, vol. VI, fl. 518).
Inácio D. de Albuquerque e Ana Maria foram pais de 7 filhos localizados: Maria Joaquina, Antônio, Pedro, José, Fabiano, Vicente e Joaquim, que seguem:
I. Maria Joaquina, n. Itapetininga/SP e fal. Castro/PR. Casou (1x) com Joaquim Corrêa da Silva, que fal. Castro/PR. Maria casou (2x) a 24.9.1803 em Castro/PR com Manuel Lopes Duro, n. 9.11.1772, Triunfo/RS, filho de Manuel Lopes Duro (n. Santana de Parnaíba/SP) e Ana Maria do Nascimento (n. Rio Grande/RS).
II. Antônio Domingues Garcia, n. 1782, Sorocaba/SP e fal. 12.09.1841 em Castro/PR. Casou (1x) a 31.5.1806 em Castro/PR com Ana de Almeida Taques, n. Castro, onde fal. aos 80 anos, "mais ou menos" a 17.10.1825, filha de Paschoal Delgado de Morais (n. Itu/SP) e Inácia de Almeida Taques ou Pires de Almeida (n. São Paulo/SP), n.p. Pedro de Morais de Siqueira e Isabel Delgado e n.m. Pedro Taques Pires e Maria de Arruda. Antônio casou (2x) a 1.8.1827 Castro/PR com Francisca de Paula, n. Castro/PR, filha de Manuel Pereira dos Santos e Maria da Anunciação de Melo. 
III. Pedro Domingues Garcia casado com Angélica Maria Bueno, cuja descendência é foco deste estudo.
IV. José Domingues Garcia, n. Castro/PR, onde casou a 31.12.1816 com Francisca de Salles de Jesus, n. Castro/PR, filha de Salvador Soares e Teresa Maria de Jesus.
V. Fabiano Domingues Garcia[1] casou (1x) com Bibiana Maria do Nascimento/Rodrigues de Siqueira e, após (2x) com Umbelina Maria do Rosário/Maria Duarte. Foco deste estudo.
VI.   Vicente Domingues Garcia c/c (1x) Ana Maria do Espírito Santo, n. Castro/PR, onde fal. com cerca de 35 anos, a 13.4.1826. C/c (2x) Maria Rodrigues dos Santos. Foco deste estudo.

VII. Joaquim Domingues Garcia, que não sabemos ao certo se era filho de Inácio e Ana Maria, mas pelo contexto, o incluímos aqui, inclusive para não perder a informação. Joaquim n. 1772 e fal. 18.11.1847 em Castro, foi casado com Manuela do Espírito Santo, n. 1782 e fal. 27/11/1841 em Castro/PR, com 59 anos.

***
A família Domingues Garcia/Domingues Bueno seguiu exatamente o conhecido caminho dos tropeiros ao longo dos estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, que perdurou cerca de dois séculos. Não sabemos exatamente se seus integrantes saíram de São Paulo em razão de serem tropeiros ou não, ou se foram ao longo dos séculos buscando melhores destinos até chegarem às Missões. Para tanto, fizemos um pequeno trajeto por onde passou a família pelos séculos XVIII e XIX pelos três estados, sugerindo o conhecido caminho de Sorocaba até Cruz Alta (em vermelho, abaixo, no mapa).

***
Abaixo, vamos nos deter nas descendências de três (até o momento) dos seis filhos de Inácio e Ana Maria que foram para as Missões. Não sabemos ao certo se estes três filhos (Pedro Domingues Garcia, Fabiano Domingues Garcia e Vicente Domingues Garcia) chegaram a migrar para o Rio Grande do Sul ou se apenas seus filhos.

***
PEDRO DOMINGUES GARCIA, filho de Inácio Domingues de Albuquerque e Ana Maria.

III. PEDRO DOMINGUES GARCIA, n. cerca de 1780/1790, Itapetininga/SP. Casou a 22.5.1810 em Castro/PR com ANGÉLICA MARIA BUENO[2], n. Castro/PR, filha de pais incógnitos, exposta em casa de Diogo Bueno Sá ou Diogo Bueno de Arruda. A condição de exposta indica que a criança foi abandonada pela mãe ou pelos pais, possivelmente por não serem estes casados ou outra causa semelhante, mas em regra para evitar dar conhecimento de um filho ilegítimo, natural, bastardo, etc. Além disso, a criança era exposta via de regra na casa de alguém com laços de parentesco ou de amizade com seus pais, que sabiam da gravidez indesejada da mãe e acabavam por “acobertá-la”. Embora não tenhamos elementos para afirmar, não podemos descartar a hipótese de que Angélica fosse filha ou neta de Diogo, em especial porque seus filhos seguiram com o sobrenome Bueno.
Pedro e Angélica foram pais de 11 filhos: Gertrudes, Antônio, Joaquim, Inácio, Cândido, Maria, Ana, Manoel, Rufina, Iria e Leopoldina.
F1. GERTRUDES DOMINGUES BUENO, bat. 8.9.1816 em Castro/PR e fal. 11.3.1893 no 1º distrito de Santo Ângelo/RS (inventário de seus bens foi autuado em Santo Ângelo em 1894, pelo cartório de órfãos e ausentes dali, que está no APERS, tenho sido seus herdeiros seus irmãos e sobrinhos). Gertrudes casou em 1ª matrimônio, possivelmente na Vila de Castro/PR, estando viúva em 1845 e sem descendência. Ela casou em 2º matrimônio a 9.1.1882 no 1º distrito de Santo Ângelo/RS com o capitão Inácio Taques de Almeida, bat. 26.8.1811 Castro/PR e fal. 1883, filho do capitão Balduíno José de Almeida Taques (n. 1785, Castro/PR, onde casou a 08.02.1809) e d. Maria Antônia Borges de Macedo (n. Castro/PR). Os avós paternos de Inácio foram o capitão Inácio Taques de Almeida (n. cerca de 1734 em Sorocaba ou São Paulo/SP) e Luiza Maria de Quadros (n. Curitiba/PR). Seus avós maternos foram o capitão Cyrino Borges de Macedo (n. cerca 1769, Paranaguá/PR) e Rosa Maria da Silva (n. 1768, Paranaguá/PR). Gertrudes casou em 3ª matrimônio a 17.9.1884, Santo Ângelo/RS com o imigrante francês, João Mousquer. Gertrudes não deixou filhos de nenhum de seus três casamentos.
F2. ANTÔNIO DOMINGUES BUENO, bat. 4.10.1818 em Castro/PR e fal. depois de 26.4.1893 em Santo Ângelo/RS. Casou a 7.7.1842 em Lages/SC com Maria Teixeira de Ávila, bat. 28.6.1834 em Castro/PR e falecida em 23.10.1875, Santo Ângelo/RS, com inventário no APERS do ano de 1875 (n. 125, cartório de órfãos e ausentes de Santo Ângelo), filha de Salvador Teixeira de Ávila[3] (n. 06.10.1799 em Castro/PR, onde casou a 04.02.1817) e Mariana de Jesus ou Mariana Corrêa (n. 04.08.1803, Castro), n.p. do alferes Vicente Pires de Ávila ou Vicente Ferreira de Ávila (n. 1777, Castro, onde casou a 1º.7.1794) e de Clara Teixeira do Carmo (n. 1780, Castro) e n.m. de Antônio Corrêa Almeida (n. 1763, Castro, onde casou a 15.07.1794) e de Floriana Garcia de Quadros (n. 1774, Castro). Antônio Domingues Bueno e Maria foram pais de 12 filhos: Antônio, Sebastião, João, Agostinho, Pedro, Lourenço, Emília, Balduína, Mariana, Francisco, Marcelino e Marcolina(o), que seguem:
N1. Antônio Teixeira Bueno, n. 8.9.1845, bat. 28.9.1845, Vacaria/RS. Casou com Antônia (?) Rosa Severina, filha de Manoel Vaz Torres[4] e Laura Rosa Severina ou Maria Torres (?) (veja neste blog a família Cavalheiro do Amaral). Pais de:
Bn1. Maria Bueno, n. 19.1.1898, São Miguel das Missões/RS.
N2. Sebastião Teixeira Bueno ou Sebastião Domingues Bueno, n. 1847, RS. Casou a 5/11/1873, Santo Ângelo/RS, com sua prima Auricema (?) Maria Domingues Bueno, n. 1857, RS. Pais de:
Bn1. Belmira Domingues Bueno, n. 20/9/1876 em São Miguel das Missões, onde faleceu aos 28 anos, a 29.11.1905 e onde casou a 28.1.1893 com Germano Antunes Maciel, ali nascido, filho de José Antunes Maciel e Francisca Josefa de Siqueira. Belmira casou em 2ª núpcias com Inácio da Silva Alves da Silva, n. 30.5.1876, 3º distrito de Santo Ângelo, filho de Fermiano Alves de Moraes (n. RS e fal. 3º distrito de Santo Ângelo) e Leonida Alves da Silva (n. RS e moradora no 3º distrito Santo Ângelo/RS). Localizamos 3 filhos de Belmira, um do primeiro casamento (Sebastião) e 2 do segundo, que seguem:
Tn1. Sebastião Domingues Neto, n. 23.7.1894, São Miguel das Missões. Casou com sua prima Ostrillia/Otacília Domingues Bueno, n. 30/12/1894 em São Miguel das Missões, 3º distrito de Santo Ângelo/RS, filha de João Domingues Bueno e Rosalina Domingues Bueno, falecidos em São Miguel das Missões. Os avós paternos de Ostrilia foram: Joaquim Domingues Bueno e Nicolácia Pereira Cardoso.  Seus avós maternos foram Jordão Mariano Bueno e Leopoldina Maria Domingues Bueno/Maria do Espírito Santo.
Tn2. Auricema (Horicema) Alves da Silva n. 14.9.1897 e fal. 9.2.1922, São Miguel das Missões/RS, onde casou em 1916 com o primo Aníbal Pereira, n. 13.10.1890, Serro Azul, distrito de São Luiz Gonzaga/RS, filho de José Gabriel Pereira (n. RS e fal. cerca de 1920, na Argentina) e Emília Domingues Pereira (n. RS e fal. cerca de 1920 também na República Argentina, onde eram moradores). Os avós paternos de Aníbal foram Manoel Thomaz Pereira e Joanna Alves Pereira. Seus avós maternos foram Antônio Domingues Bueno e Maria Teixeira de Ávila. Pais de:
Qn1. Inácio Pereira
Qn2. Basilícia Pereira
N3. João Domingues Bueno, n. cerca de 1851, RS. Casou a 24.8.1870 em São Borja/RS com Maria Delfina de Castro, viúva de Lino José Franco.
N4. Agostinho Teixeira Bueno ou Agostinho Domingues Bueno, n. cerca de 1853, em Santa Maria/RS e fal. 07.08.1933, Salto, Uruguai. Em 1875 foi dado no inventário dos bens deixados por sua mãe, como em local incerto e não sabido, possivelmente porque neste tempo já havia migrado do Rio Grande do Sul, no Brasil, para Salto, no Uruguai, onde passou a assinar Agustin Texeira Bueno (de Avila), conforme informações repassadas pelo descendente e pesquisador deste ramo Gerardo Rinaldo. Casou-se a 07.05.1878 na igreja de Nuestra Senora Del Carmen, em Salto, Uruguai, com Margarita Joaquina de Sosa, n. 21.02.1859, Valentin, Salto, Uruguai e bat. 03.12.1862 na igreja de Nuestra Senora Del Carmen, em Salto, filha de Jeremias José de Souza (Jeremias Jose de Sosa) (n. Brasil) e Maria Joaquina da Cruz (n. Brasil), n.p. Joaquim José de Souza e Bárbara Pereira e n.m. José Bernardo de Mattos e Margarida de Souza. Pais de
Bn1. Antonio Texeira Bueno de Sosa, n. 30.08.1881, bat. 05.07.1883, Salto, Uruguai e fal. 18.02.1840, Uruguai, sem descendentes.
Bn2. Juan Texeira Bueno Sosa, n. 20.06.1883, Valentin, Salto, Uruguai, onde bat. 05.07.1883 e onde fal. 1931/1933. Casou-se com Maria Adelaide Vallejo, n. 26.10.1893, Tres Cruces, Artigas, Uruguai, e fal. 1961, filha de Avelino Vallejo (n. Argentina e morador em Artigas, Uruguai), n.p. Fermin Vallejo e Casilda Caseves, argentinos. Pais de:
Tn1. Agustin Texeira Bueno Vallejo, n. 23.07.1913, Cerro San Eugenio, Artigas, Uruguai e fal. 23.03.1995, Salto, Uruguai. Casou-se com Francisca Lemos, n. 04.06.1917, Salto, Uruguai, onde fal. 05.08.2000, filha de José Lemos e Florinda Romana Teixeira Nunes. Pais de 8 filhos: Juan Jeremias, Agustin Waltteril, Nely Graciela, Zulma Esther, Shirley Miriam, Nilfa Azucena, Cristina Beatriz e Elba Noemi Bueno, que c/c Orlando Andrés Rinaldo Devoto e são pais de Gerardo Andrés Rinaldo, nascido em 1974 no Uruguai, pesquisador da família e quem nos repassou os dados dos descendentes de Agustin Texeira Bueno.
Tn2. Ramona Texeira Bueno Vallejo, n. 12.9.1914 e fal. 1968.
Tn3. Felipe Texeira Bueno Vallejo, n. 12.7.1915 e fal. 1966.
Tn4. Juan Texeira Bueno Vallejo, n. 23.10.1917 e fal. 1991.
Tn5. Antonio Texeira Bueno Vallejo, n. 20.12.1919 e fal. 1963.
Tn6. Màximo Texeira Bueno Vallejo, n. 19.7.1921 e fal. 1982.
Tn7. Ciriaco Texeira Bueno Vallejo, n. 4.3.1923 e fal. 1996.
Tn8. Avelina Margarita Texeira Bueno Vallejo, n. 13.1.1927 e fal. 2002.
Tn9. María Esther Texeira Bueno Vallejo, vive em UY.
Tn10. Gentil Texeira Bueno Vallejo, vive em UY.
Tn11. Guillermo Texeira Bueno Vallejo, vive em UY.
Bn3. Jeremias Texeira Bueno de Sosa, n. 24.05.1885, Salto, Uruguai. Casou com Ramona Freitas, n. Artigas, Uruguai, pais de:
Tn1. Geremìas Texeira Bueno Freitas, n. 1914, Artigas, Uruguai, onde fal. 1982.
Tn2. Gilberto Texeira Bueno Freitas, n. 16.12.1916 e fal. 1987, residia em Artigas, UY.
Tn3. Celeste Aida Texeira Bueno Freitas, n. 5.8.1921 e fal. 1987, residia em Artigas, UY.
Tn4. Blanca Violeta Texeira Bueno Freitas, n. 17.7.1922 e fal. 2014, residia em Montevideo, UY.
Tn5. Santa Texeira Bueno Freitas, vive e reside em Montevideo, UY.
Tn6. Higinia Texeira Bueno Freitas, n. 11.7.1928 e fal. 2001, residia em Montevideo, UY.
Tn7. Juan Carlos Texeira Bueno Freitas, vive em UY.
N5. Pedro Teixeira de Ávila ou Pedro Domingues Bueno, n. 11.8.1856, bat. 5.10.1856 em São Miguel das Missões/RS.
N6. Lourenço Teixeira ou Lourenço Domingues Bueno, n. 10.8.1858, bat. 2.10.1858 em São João Mirim, distrito de Santo Ângelo/RS. Possivelmente casou com Senhorinha Vicentina Domingues, filha natural de João Francisco de Almeida. Foram moradores em Santo Ângelo/RS, mas se habilitou para o inventário do pai em Passo Fundo.
N7. Emília/Elíbia Teixeira Bueno, n. 1861, RS e fal. cerca de 1920, na República Argentina. Casou com José Gabriel Pereira, n. RS e morador na República da Argentina. José Gabriel faleceu em torno de 1920, filho de Manoel Thomaz Pereira e Joanna Alves Pereira. Pais de:
Bn1. Aníbal Pereira, n. 3.10.1890, Serro Azul, distrito de São Luiz Gonzaga/RS. Casou em 1916, São Miguel das Missões, com a prima Aureicema (?) Alves/Domingues da Silva, n. 14.9.1897, filha de Inácio Alves da Silva (n. RS e morador São Luiz Gonzaga/RS) e Belmira Domingues Bueno (n. RS). Os avós paternos de Auricema foram Fermiano da Silva/Alves de Moraes[5] e Leonida Alves da Silva. Seus avós maternos foram Sebastião Teixeira Bueno e Auricema Domingues Bueno, ambos do RS.
Aníbal casou em 2ª núpcias, em 1924, São Miguel das Missões/RS, com Maria Cândida Marques, n. 15.11.1897, no 3º distrito Santo Ângelo/RS, filha de David Marques Fernandes e Rosalina Claudina de Mello, naturais do RS. Os avós paternos de Maria Cândida foram Manoel Marques Xavier e Cândida Rodrigues Fernandes, ambos nats. do RS. Seus avós maternos foram João Antônio/Claudino de Mello[6] (filho de Modesto José de Mello[7], natural de São Paulo e  Claudina Josefa da Silva, falecida em torno de 1870 em Santo Ângelo/RS)  e Maria Joaquina do Nascimento, n. RS (filha de José Pinto e Maria do Nascimento)
Filhos do 1º casamento de Anibal com Auricema:
Tn1. Ignácio Pereira
Tn2. Brasilicia Pereira
N8. Balduína Domingues/Teixeira Bueno, n. 30.9.1862, batizada em Santo Ângelo/RS. Casou com Antônio Antunes Maciel, fal. aos 89 anos, a 2.10.1915, São Miguel das Missões, filho de José Antunes Maciel[8] e Francisca Josefa de Siqueira, naturais do RS e moradores em Santo Ângelo/RS. Os avós paternos de Antônio foram de Joaquim Antunes Maciel e Angélica Maria de Jesus, ambos do RS. Antônio e Balduína foram pais ao menos de Afonso, Angelina, Agostinho, Avelino, Izidro e Abrão.
                             Bn1. Afonso Antunes Maciel, n. 8.1.1891, São Miguel das Missões.
                          Bn1. Angelina Antunes Maciel, n. 25.7.1884 São Miguel das Missões e foi batizada em 2.7.1885 Santo Ângelo/RS.
                            Bn2. Agostinho Antunes Maciel, n. 11.10.1898, São Miguel das Missões, onde casou a 3.11.1916 com Maria Domingues Bueno, n. 27.11.1900, filha de João Domingues Bueno e Rosalina Domingues Bueno. Os avós paternos de Maria Domingues foram Joaquim Domingues Bueno e Nicolácia Pereira Cardoso. Seus avós maternos foram Jordão Moreira/Mariano Bueno e Leopoldina Domingues Bueno/ do Espírito Santo, n. no RS.
Bn3. Avelino Antunes Maciel, n. 8.9.1883, São Miguel das Missões/RS, onde casou em 1909 com Júlia Nunes da Silva, n. 5.11.1890, São Miguel das Missões, filha de Felisberto Nunes da Silva[9] e Maria Simplícia da Silva (fal. 13.4.1909). Os avós paternos de Julia foram Ricardo Nunes da Silva e Ana Telles de Souza. Seus avós maternos foram Reginaldo José da Silva[10] e Ana Antunes de Freitas (filha de Joaquim Antunes de Freitas e Margarida Inácia da Cruz). Pais de:
Tn1. Balduíno Amadeus Maciel, n. 21.5.1910, São Miguel das Missões, onde casou em 1932 com Dolfina Ferreira da Silva, n. 14.9.1911, São Miguel, filha de Christiano Gonçalves da Silva e Cândida Ferreira da Cruz. Os avós paternos de Dolfina foram João Francisco da Silva[11] e Maximilia Gonçalves de Oliveira. Seus avós maternos foram Veríssimo Costa Leite e Laurentina Ferreira da Cruz/Braga.
Tn2. Horósa Antunes Maciel n. 4.7.1915, São Miguel das Missões, onde casou em 1931 com Sebastião Corrêa de Moura, n. 13.11.1907, distrito missioneiro de São Miguel, filho de Libindo Corrêa de Moura (já fal. em São Miguel) e Guilhermina Nunes da Silva (n. 18.8.1884, São Miguel). Os avós paternos de Sebastião foram Ladislau Corrêa de Moura e Joaquina Antunes Ribas/Rodrigues. Seus avós maternos foram Felisberto Nunes da Silva e Maria Simplícia da Silva, ambos doRS.
Bn4. Izidro Antunes Maciel n. 5.4.1895, São Miguel das Missões, onde casou em 1923, com Trindade de Oliveira Cezar n. 30.8.1901, mesmo distrito, filha de Conceição de Oliveira Cezar. Avós maternos de Trindade foram José de Oliveira Cezar e Maria Jesuína Domingues Bueno, ambos naturais do RS.
Bn5. Abrão Antunes Maciel, n. 26.4.1893, distrito missioneiro de São Miguel, onde casou em 1914 com Belém Gonçalves da Silva, filha de Antônio Gonçalves de Oliveira e Honorata Antunes (José) da Silva, naturais do RS e moradores no distrito de São Miguel. Os avós paternos de Belém foram Zeferino Gonçalves de Oliveira[12] e Clarinda Rosa dos santos. Seus avós maternos foram Reginaldo José da Silva e Anna Antunes de Freitas.
N9. Mariana Teixeira Bueno, n. 30.8.1863, RS. Casou com João Cândido Domingues Bueno, filho de Cândido Domingues Bueno e Maria Joaquina de Oliveira. Pais de 6 filhos: Manoel, João, Antônio, Antônio, Gomercindo, Gabriel.
Bn1. Manoel n. 2.12. (ou 2.02)1889 em São Miguel das Missões.
Bn2. João Bueno n. 10.1.1891 em São Miguel das Missões, onde casou (na igreja) a 29.6.1917 com Luísa Isidra da Rosa, então com 20 anos filha de Mathias Corrêa de Moura e Antônia Isidra da Rosa.
Bn3. Antônio Domingues Bueno n. 25.12.1894 (?), distrito missioneiro de São Miguel.
Bn4. Antônio Domingues Bueno n. 25.10.1898 (?), São Miguel das Missões. Casou em 1926, São Miguel, com Maria Soledade da Silva, n. 7.10.1902, filha de Ernesto Antunes da Silva e Elisia Eugenio de Mello, ambos do RS e moradores no 3º distrito de Santo Ângelo/RS. Os avós paternos de Maria Soledade foram Salvador Antunes de Mello e Francisca Carvalho da Silva. Seus avós maternos foram Manoel Eugenio de Mello[13] e Inácia Jacinta de Moraes. Salvador e Antunes e Manoel Eugênio eram filhos de Modesto José de Mello, natural de São Paulo e Claudiana ou Claudina Josefa da Silva, falecida em torno de 1870 em Santo Ângelo/RS.
Bn5. Gumercindo Domingues Bueno n. 31.12.1898, São Miguel das Missões.
Bn6. Gabriel Domingues Bueno n. 17.1.1902, São Miguel das Missões.
N10. Francisco Teixeira Bueno, n. cerca de 1867 e batizado a 29.11.1875 em Santo Ângelo/RS, aos 8 anos de idade.
N11. Marcelino Teixeira/Domingues Bueno, n. 6.3.1869, batizado em Santo Ângelo/RS, c/c Maria Jacinta Gomes, filha de Antônia Gomes. Pais de:
Bn1. Pedro Bueno, n. 5.3.1901, e fal. 12/1901.
N12. Marcolino(a) Teixeira Bueno, n. 6/4/1871, em Santo Ângelo/RS.
F3. JOAQUIM DOMINGUES BUENO ou JOAQUIM ANTÔNIO BUENO, bat. 20.4.1821 em Castro/PR e fal. aos 58 anos, a 30.10.1881, 3º distrito de Santo Ângelo/RS. Casou (1x) a 2.4.1843, Castro/PR, com Isabel Borges dos Santos, n. RS (viúva de Francisco Borges da Silva). Sem descendência localizada. Joaquim casou (2x) em 1866 em Santo Ângelo/RS, aos 45 anos, com Nicolácia Pereira Cardoso, n. 1841, Santo Ângelo/RS e fal. 25.5.1909 em São Miguel das Missões, 3º distrito de Santo Ângelo/RS, filha de Manoel Tomas Pereira[14] (n. Uruguai (?) e fal. 26.6.1873 em Santo Ângelo/RS) e Joana Alves Cardoso (n. Uruguai?). Nicolaça tinha 35 anos por ocasião do óbito do marido. Pais de 9 filhos. Soledade, Pedro, Francisco, João, Inocência, Ana Luisa, Januária, Juvência, Balduína. Pais de: Soledade, Pedro, Francisco, João, Inocência, Ana Luísa, Januária, Juvência e Balduína.
N1. Soledade Domingues Bueno, n. 28.10.1874, São Miguel/RS, onde casou em 1901 com João Rodrigues Lisboa, natural da Argentina e falecido a 10.8.1912, filho natural de Maria do Amaral Pinto, moradora em Itaqui/RS. Pais de:
Bn1. Aurora Rodrigues Lisboa, n. 19.8.1906. Casou em 1925 Santo Ângelo/RS, com João Frederico Guilherme Kern, n. 21.5.1903 Alemanha, filho de Guilherme Kern (n. 26.9.1879) e Catharina (n. 6.8.1881), que não emigraram para o Brasil.
N2. Pedro Domingues Bueno, n. 1875, bat 8.8.1877 (?), em Santo Ângelo/RS. Casou em 1ª núpcias em 1901, São Miguel das Missões, com a prima Hortência Domingues Garcia, 16 anos, natural do 3º distrito de Santo Ângelo/RS e que fal. a 10.8.1918 em Santo Ângelo/RS, aos 39 anos, filha de Manoel Domingues Garcia (n. PR) e Maria Inácia Pereira da Silva (n. RS). Pedro e Hortência foram pais de 12 filhos: Inácio, Luiza, Sebastiana, Joaquina, Maria, Joaquim, Mateus, Edwirges, Matilde, João, Venâncio e Domingas. Avós paternos de Hortência foram: Pedro Domingues Garcia e Angélica Maria Bueno. Seus avós maternos foram Inácio Pereira da Silva e Francelina Maria dos Anjos.
Pedro casou em segundas núpcias em 1921 em Santo Ângelo/RS com Francelina Amaral da Silva, n. 8.1.1895, Santo Ângelo, filha de Senhorinha Maria da Silva.
Filhos do 1º matrimônio de Pedro:
Bn1. Inácio Domingues Bueno, n. 23.12.1896, São Miguel das Missões.
Bn2. Luiza Domingues Bueno, n. 10.4.1898, Santo Ângelo/RS, onde casou em 1922 com Otacílio da Silva, n. 27.2.1900, Santo Ângelo/RS, filho de Gabriel da Silva e Zeferina da Silva. Os avós maternos de Otacílio foram Antônio Corrêa e Laurentina Corrêa.
Bn3. Sebastiana Domingues Bueno, n. 23.10.1899, São Miguel das Missões. Casou em 1919, Santo Ângelo/RS, com Emilio Santoni, n. 30.6.1898, 1º distrito Santo Ângelo/RS, filho de Ângelo Santoni (n. Itália e morador no 1º distrito Santo Ângelo/RS) e de Tereza Antônio (n. Itália e já fal. 1919).
Bn4.  Joana Domingues Bueno, n. 15.6.1901 no distrito missioneiro de Entre-Ijuís e bat. São Miguel das Missões.
Bn5. Maria Domingues Bueno, bat. ou n. 14.6.1904, distrito missioneiro de Entre-Ijuís.
Bn6. Joaquim Domingues Bueno, n. 20.3.1905 no distrito de Entre-Ijuís, Santo Ângelo/RS. Casou em 1927 com Gasparina Rodrigues de Moraes, n. 20.2.1907 no 1º distrito de Cachoeira do Sul/RS, filha natural de Maria Alzira Nunes, nascida a 18.4.1888 e moradora no 1º distrito de Santo Ângelo/RS.
Bn7. Mateus Domingues Bueno, n. 5.10.1907, distrito missioneiro de Entre-Ijuís. Casou a 3.2.1932 em Santo Ângelo/RS com Orselina Moraes dos Anjos, n. 18.8.1913, 4º distrito de Santo Ângelo/RS, filha de Irineu Soares dos Anjos (n. 2.1.1890) e Florisbela da Costa Soares (n. 7.4.1893).
Bn8. Edwirges Domingues Bueno, n. ou bat. 17.1.1912 no distrito missioneiro de Entre-Ijuís.
Bn9. Matilde Domingues Bueno, n. ou bat. 29.10.1914 em Entre-Ijuís.
Bn10. João Domingues Bueno, n. ou bat. 26.10.1916 em Entre-Ijuís.
Bn11. Venâncio Domingues Bueno, n. ou bat. 22.5.1910 em Entre-Ijuís.
Bn12. Domingas Domingues Bueno, n. ou bat. 17.5.1913 em Entre-Ijuís.
Filha do 2º matrimônio de Pedro:
Bn13. Dorvalina Domingues Bueno casou 17.6.1939, Ijuí, com Horácio Domingues Bueno, n. 20.10.1910, São Miguel das Missões, morador 2º distrito de Ijuí (Augusto Pestana), filho de João Domingues Bueno e Rosalina Domingues Bueno.
N3. Francisco Domingues Bueno, n. 13.12.1877 em Santo Ângelo/RS e fal. 26.12.1944. Casou em 1901, em São Miguel das Missões, 3º distrito de Santo Ângelo/RS (casou no religioso a 26.9.1899), com Rosa/Rosalina Trindade dos Santos, n. 1879 no mesmo distrito, onde fal. aos 26 anos, em 25.8.1907, filha de Pedro Celestino dos Santos e Francisca Trindade da Silva, ambos n. RS e moradores no mesmo distrito.  Francisco e Rosalina foram pais de 6 filhos: Sebastião, Salustiano, Emerência, Maria e Clemência.
Francisco casou em 2º matrimônio, a 12.12.1920 em São Miguel das Missões/RS (civil ocorreu em 1919 mesmo distrito) com (Ana) Brígida Antunes de Freitas, 39 anos, nascida no mesmo distrito, filha de João (ou Joaquim) Antunes de Freitas[15] e Ana Rosa da Silva/Silveira, fal. a 6.1.1890, São Luiz Gonzaga/RS. Pais de 2 filhos: Henrique e Atanásio.
Filhos do 1º matrimônio de Francisco:
Bn1. Sebastião Domingues Bueno, n. São Miguel das Missões.
Bn2. Salustiano Domingues Bueno, n. São Miguel das Missões.
Bn3. Emerencia Domingues Bueno, n. 8.6.1902 em São Miguel das Missões, onde casou em 1923 com Balduíno Maciel da Silva, n. 1º.12.1897 no mesmo distrito, filho de Belisária Gonçalves da Silva, solteira (e de Francisco Antunes Maciel) n. 13.5.1875 em Santo Ângelo/RS e moradora São Miguel das Missões. Os avós maternos de Balduíno foram João Francisco da Silva e Maximilia Gonçalves de Oliveira.
Bn4. Maria Domingues Bueno, n. São Miguel das Missões.
Bn5.  Clemência Domingues Bueno, n. 30.11.1907, São Miguel das Missões, onde casou em 1919 com seu primo Bernardino Antunes de Souza, n. 20.8.1906 no mesmo distrito, filho de Antônio Antunes de Souza e Inocência Domingues Bueno, ambos do RS e moradores no distrito de missioneiro de São Miguel.
Bn6. Pedro Domingues Bueno, n. São Miguel das Missões.
Filhos do 2º casamento de Francisco com Brígida Antunes:
Bn7. Henrique Domingues Bueno, n. 15.2.1919, São Miguel das Missões.
Bn8. Atanásio Domingues Bueno, n.9.6.1920, São Miguel.  
N3. João Domingues Bueno, n. ou foi bat. 18.1.1879 no RS e faleceu em 3.10.1954. C/c Rosalina Domingues Bueno, n. RS e fal. aos 40 anos a 19.3.1919, no distrito missioneiro de São Miguel das Missões, filha de Jordão Mariano Bueno e Leopoldina Domingues Bueno/Maria do Espirito Santo, ambos do Paraná.
João Domingues casou em 1925, distrito missioneiro de São Miguel, com Otília Antônia Borges, nascida a 20.10.1879, filha de Manoel Antônio Borges e Martiniana Antônia Lopes.
Pais de 8 filhos: Ostrila, Maria, Joaquim, Jordão, Angelina, Horácio, Pedro, Gumercindo e Nicolácia.
João Domingues Bueno
Bn1. Ostrilia/Ostrilha ou ainda Otacília Domingues Bueno, n. 30.12.1898 em São Miguel das Missões e fal. 3.1.1962. Casou com seu primo Sebastião Domingues Neto n. 23.7.1894 no mesmo distrito, acima citados.
Bn2. Maria Domingues Bueno, n. 27.11.1900. Casou em 1916, Santo Ângelo/RS, com Agostinho Antunes Maciel, n. 11.11.1898, filho de Antônio Antunes Maciel e Balduína Domingues Bueno, moradores no 3º distrito Santo Ângelo/RS. Os avós paternos de Agostinho foram José Antunes Maciel e Francisca Josefa de Siqueira, ambos residentes no 3º distrito Santo Ângelo. Seus avós maternos foram Antônio Domingues Bueno e Maria Teixeira de Ávila, já falecida.
Bn3. Joaquim Domingues Bueno, n. 26.1.1903 no 3º distrito de Santo Ângelo/RS. Casou em 1931 com Ana Maria Ferreira, n. 25.7.1914 no distrito missioneiro de São Miguel, filha de Tibúrcio Antunes Ferreira (n. 11.8.1876, RS) e Praxedes Teodora Ferreira (n. RS). Os avós paternos de Ana Maria foram Joaquim Antunes de Freitas Sobrinho e Maria Antônia Ferreira, ambos do RS Seus avós maternos foram José Teodoro Ferreira e Maria Luiza Lopes, ambos do RS.
Bn4. Jordão Domingues Bueno, n. 9. 7.1905, São Miguel das Missões, onde casou em 1929 com Selanira Pereira do Carmo, n. 20.2.1909, mesmo distrito, filha de Francelino Pereira do Carmo e Virginia Côrtes Machado, ambos do RS e moradores no mesmo distrito. Os avós maternos de Selanira foram João Batista Machado e Guilhermina Castro ou Cortes Pereira, naturais do RS.
Bn5. Angelina Domingues Bueno, n. 22.3.1908, São Miguel das Missões, onde casou aos 22 anos, em 1930, com Samuel Honorato Perchims, n. 16.2.1888, no mesmo distrito de São Miguel, 42 anos, morador no 5º distrito de Palmeira das Missões, filho de Honorato Conrado Perchim (n. Alemanha) e Maria Antunes (n. RS) e ambos falecidos no distrito de São Miguel.
Bn6. Horácio Domingues Bueno, n. 20.10.1910, São Miguel das Missões, morador no 2º distrito de Ijuí (Augusto Pestana), onde casou em 17.6.1939 com Dorvalina Domingues Bueno, n. 24.7.1922, no mesmo distrito, filha de Pedro Domingues Bueno (viúvo de Hortência Domingues Garcia), natural do RS e morador de Augusto Pestana e de Francelina Domingos de Campos, natural do RS.
Bn7. Pedro Domingues Bueno, fal. 16.12.1912.
Bn7. Gumercindo Domingues Bueno
Bn8. Nicolácia Domingues Bueno, fal. 30.4.1918.
N4. Inocência Domingues Bueno, n. 28.12.1879, no RS. Casou a 2.4.1898 em São Miguel das Missões (o casamento religioso ocorreu a 28.12.1916 no mesmo distrito) com Antônio Antunes de Souza, filho de Elias Antunes de Souza[16] e Francisca Maria da Silva. Os avós paternos de Antônio foram João de Souza Sampaio[17] (fal. a 18.12.1879 em São Miguel das Missões) e Ana Gertrudes Antunes (n. cerca 1820, Paraná, filha de Manoel José Antunes[18] nasceu em Sorocaba e faleceu em São Miguel das Missões a 6.4.1853 e Ana Maria de Almeida, moradora em Sorocaba/SP). Inocência e Antônio foram pais de 8 filhos: Francisco, Dario, Bernardino, Maria Luiza, Elisa, Germano, Isabel, Joaquim.
Bn1. Francisca Antunes Domingues, n. 17.7.1902, São Miguel das Missões.
Bn2. Dario Antunes de Souza, n. 19.11.1904, São Miguel das Missões, onde casou em 1926 com Damásia Maria da Luz, n. 27.3.1909, filha de Elizário José da Luz e Julia Venância da Rosa.
Bn3. Bernardino Antunes de Souza, n. 20.8.1906, São Miguel das Missões, onde casou aos 23 anos, em 1929, com sua prima Clemência Domingues Bueno, n. 30.11.1907, mesmo distrito, filha de Francisco Domingues Bueno e Rosalina Trindade dos Santos, ambos do RS e moradores em São Miguel das Missões.
Bn4. Maria Luiza Antunes. n. 26.2.1908. Santo Ângelo/RS. Casou em 1925 São Miguel das Missões com João Pedro Coimbra, n. 8.6.1898, mesmo distrito, filho de Afonso Coimbra da Silva[19] e Josefina Rosa da Silva. Os avós paternos de João Pedro foram Joaquim Domingues Coimbra da Silva[20] e Maria Ramona dos Santos. Seus avós maternos foram José Soares da Silva e Silvéria Maria da Rosa.
Bn5. Elisa Antunes de Souza, n. 1.2.1910. Casou em 1929, São Miguel das Missões, com João Francisco Nunes, n. 24.6.1903, mesmo distrito, filho de Luiz Nunes Bedat e Idalina Marques de Oliveira, ambos do RS e moradores em São Miguel.
Bn6. Germano Antunes Domingues, n. 14.6.1912, São Miguel das Missões, onde casou em 1932 com Idalvina Quaresma Obregon, n. 15.3.1911 mesmo distrito, filha de Serafim do Carmo Obregão e Rosalina Quaresma Pinto, n. 13.6.1885, RS e moradores no 3º distrito Santo Ângelo. Os avós paternos de Idalvina foram João do Carmo Obregão e Josefina Corrêa de Vargas. Seus avós maternos foram Miguel Pinto Sobrinho e Hipólita Antônia Quaresma.
Bn7. Isabel Antunes de Souza, n. 5.2.1912. Casou aos 16 anos, em 1928 em São Miguel das Missões, com Aparício Antunes Ferreira, n. 17.1.1910, mesmo distrito, filho de Tibúrcio Antunes (Antônio) Ferreira ou de Freitas e Praxedes Teodora Ferreira. Avós paternos de Aparício foram Joaquim Antunes de Freitas Sobrinho e Maria Antônia Ferreira.  Seus avós maternos foram José Teodoro Ferreira e Maria Luiza Lopes.
Bn8. Joaquim Antunes, n. 6.2.1899, São Miguel das Missões.
N5. Ana Luisa, n. 1º/5/1873, Santo Ângelo.
N6. Januária, fal. 28.12.1918 (dúvida).
N7. Juvência
N8. Balduína
F4. INÁCIO DOMINGUES BUENO, bat. 29.2.1824 em Castro/PR. Gerou ao menos a:
N1. Vicência Maria Inácia, moradora em São Luiz Gonzaga/RS.
F5. CÂNDIDO DOMINGUES BUENO, bat. 25.12.1825, Castro/PR. Casou com Maria Joaquina de Oliveira, n. Cruz Alta/RS, cujos pais aparecem como incógnitos no registro de batismo da filha Gertrudes. Pais de 9 filhos:  Maria Etelvina, Maria Jesuína, João Cândido, Ana, Gertrudes, Maria da Soledade, Balduína, Firmino e Rita, que seguem:        
N1. (Maria) Etelvina Domingues Bueno casou em 17.2.1868 em Santo Ângelo com Manoel (Antônio) Domingues Bueno, bat. 25.12.1844 Castro/PR, filho de Joaquim Mariano Bueno e Gertrudes Maria do Espírito Santo. Os avós paternos de Manoel foram Mariano Bueno de Almeida/de Sá e Escolástica Pedrosa de Siqueira. Seus avós maternos foram Vicente Domingues Garcia e Ana Maria do Espírito Santo. (v. família Rodrigues de Siqueira neste blog). Maria e Manoel tiveram 1 filha localizada: Soledade, que segue.
Bn1. Soledade Maria Bueno/Domingues Bueno natural e fal. 1919 em São Miguel das Missões, onde casou a 1.3.1888 com Honório Paz Maciel, natural e falecido jan. ou fev. de 1915, no mesmo distrito, filho de Ricardo Paz Maciel e Paulina Ruberta. Os avós paternos de João foram Ricardo Paz Maciel e Maria Úrsula. Seus avós maternos foram Jerônimo Ruberto e Ana Corrêa de Moura. 7 filhos: Tomaz, Balduíno, Marcolino, Dinarte, Francilino, Felicidade, Irineu,
Tn1. Tomaz Paz Maciel casou aos 24 anos, em 1911, com Marcolina Antunes de Oliveira, n. 21.10.1895, São Miguel das Missões, filha de Cipriano Antunes de Souza e Balbina Antunes de Oliveira (n. 8.10.1872, Santo Ângelo/RS) e moradores São Miguel das Missões. Os avós paternos de Marcolina foram João Antunes de Souza[21] e Jesuína Guedes da Silva. Seus avós maternos foram Fabiano José Antunes[22] e Maria Rita de Oliveira Paz, ambos do RS.
Tn2. Balduino Paz Maciel n. 5.3.1894, São Miguel das Missões.   
Tn3. Marcolino Paz Maciel n. 28.3.1895, São Miguel das Missões, filho de Honório Paz Maciel e Maria Domingues Bueno. Marculino casou com Clemência Oliveira Antunes 18 anos, fal. 12.2.1918, (Itacamaré) Missiones, Argentina. Casou, depois, em 1927 em São Miguel das Missões com Ana Francisca da Costa, n. 7.7.1910, mesmo distrito, filha de José Francisco da Costa e Benvinda Rodrigues Nunes. Os avós paternos de Ana foram Manoel Antônio da Costa e Catarina Maria dos Santos. Seus avós maternos foram João Rodrigues Nunes e Etelvina Domingues Bueno[23].
Tn4. Dinarte Paz Maciel, n. 5.5.1895, São Miguel das Missões, Casou em 1920 com Brandina Alves da Costa n. 4.7.1903, mesmo distrito, filha de Antenor Alves da Costa e Joaquina Alves Carneiro, ambos do RS e moradores São Miguel das Missões.
Tn5. Francelino Paz Maciel n. 28.1.1898, São Miguel das Missões (dúvida).
Tn6. Felicidade Paz Maciel n. 18.5.1900, São Miguel das Missões, onde casou a 1917, com João Nunes da Silva, n. 29.11.1894, filho de Felisberto Nunes da Silva n. 19.3.1852, e Maria Simplícia da Silva, ali fal., onde eram moradores. Os avós paternos de João Nunes foram Ricardo Nunes da Silva e Ana Telles de Souza. Seus avós maternos foram Reginaldo José da Silva e Ana Antunes de Freitas. Pais de:
  Qn1. Bráulio Nunes da Silva.
Felicidade Paz Maciel solteira, registrou ainda 2 filhos naturais:
Qn2. Irineu Paz Maciel, com 2 anos, em 1915.                      
N2. Maria Jesuína Domingues Bueno, n. Santo Ângelo, onde casou em 6.11.1871 com José de Oliveira Cezar, n. 1851, Santo Ângelo/RS, filho de Felisberto de Oliveira e Maria de Jesus. Pais de 4 filhos: Feliciano, Franklin, Conceição, Laurentina, que seguem:
Bn1. Feliciano de Oliveira Cezar, n. 18.3.1874, Santo Ângelo/RS.
Bn2. Franklin de Oliveira Cezar, n. 1883, São Miguel das Missões, onde casou em 1901 com Soledade Antunes da Silva, n. 1883, São Miguel das Missões, filha natural de Salvador Antunes de Mello e Francisca Carvalho da Silva, ambos do RS.
Bn3. Conceição de Oliveira Cezar, que gerou a:
Tn1.  Trindade de Oliveira Cezar, n. 30.8.1901, São Miguel das Missões, onde casou em 1923 com Isidoro Antunes Maciel, n. 5.4.1895, mesmo distrito, filho de Balduina Domingues/Teixeira Bueno e Antônio Antunes Maciel, acima citados.
Bn4. Laurentina de Oliveira Cezar, bat. com a idade de 1 ano, a 25.7.1886 em São Miguel das Missões.
N3. João Cândido Domingues Bueno casou em São Miguel das Missões com sua prima Mariana Teixeira Bueno, filha de seu tio Antônio Domingues Bueno e Maria Teixeira de Ávila. Pais de 6 filhos: Manoel, João, Antônio, Antônio, Gumercindo e Gabriel.  
Bn1. Manoel Domingues Bueno, n. 2.12.1889, São Miguel das Missões.
Bn2. João Bueno, n. 10.1.1891, São Miguel das Missões, onde casou no religioso a 29.6.1917 com Luísa Isidra da Rosa, então com 20 anos filha de Mathias Corrêa de Moura e Antônia Isidra da Rosa.
Bn3. Antônio Domingues Bueno, n. 25.12.1894 (?), São Miguel das Missões
Bn4. Antônio Domingues Bueno, n. 25.10.1898 (?), São Miguel das Missões. Casou em 1926, São Miguel, com Maria Soledade da Silva, n. 7.10.1902, filha de Ernesto Antunes da Silva e Elisia Eugenio de Mello, ambos do RS e moradores no 3º distrito Santo Ângelo/RS. Os avós paternos de Maria Soledade foram Salvador Antunes de Mello e Francisca Carvalho da Silva. Seus avós maternos foram Manoel Eugenio de Mello e Inácia Jacinta de Moraes. Salvador e Antunes e Manoel Eugênio eram filhos de Modesto José de Mello, natural de São Paulo, e Claudiana ou Claudina Josefa da Silva, falecida em torno de 1870 em Santo Ângelo/RS.
Bn5. Gumercindo Domingues Bueno, n. 31.12.1898 em São Miguel das Missões.
Bn6. Gabriel Domingues Bueno, n. 17.1.1902, distrito missioneiro de São Miguel.
N4. Ana Domingues Bueno, n.13.4.1858, bat. 2.10.1858, São João Mirim, então distrito de Santo Ângelo/RS. Casou a 15.10.1876, Santo Ângelo, com João Inácio de Vargas, n. 1851, Bagé/RS, filho de Manoel Inácio de Vargas e Francisca Rodrigues Nunes. Moradores em São Miguel das Missões. Pais de:
Bn1. Josefa Domingues Bueno, bat. aos 4 anos em 28.11.1892, em Santo Ângelo/RS. Casou em 1907, distrito missioneiro de São Miguel, com Laurentino Alves Guimarães, n. 1884, filho de Jeremias Alves Guimarães e Laurentina Alves dos Santos, ambos naturais do RS e moradores mesmo distrito.
Bn2. Paulino Domingues Bueno casou aos 29 anos, em 1907, São Miguel, com Maria Cândida Borges, 21 anos, filha de Jeremias Alves Guimarães e Laurentina Borges dos Santos, n. do RS e moradores no São Miguel das Missões.
N5. Gertrudes Maria Bueno n. 11/8/1869, Santo Ângelo/RS. Casou a 18.7.1886 em São Miguel das Missões com Gabriel Eugenio de Mello, filho de Manoel Eugenio de Mello (fal. a 19.8.1911 em São Miguel das Missões) e Inácia Jacinta de Moraes. Os avós paternos de Gabriel foram Modesto José de Mello (n. SP) e Claudina Josefa da Silva (fal. em torno de 1870 em Santo Ângelo/RS). Seus avós maternos foram Lourenço de Moraes e Ana de Tal.
N6. Maria da Soledade Bueno, n. 7.8.1872, São Miguel das Missões e bat. Santo Ângelo. Casou a 14.5.1889 em São Miguel das Missões, com João Ricardo Maciel, natural do mesmo distrito, filho de Ricardo Paz Maciel e Paulina Ruberto. Os avós paternos de João foram Ricardo Paz Maciel e Maria Úrsula. Seus avós maternos foram Jerônimo Ruberto e Ana Corrêa de Moura. Maria e João Ricardo foram pais de 4 filhos localizados: Eliza, Hortência, Adelaide Claudina e José Manoel.
Bn1. Eliza Maria Bueno, n. 14.4.1892 ou 1896, distrito missioneiro de São Miguel, onde casou em 1914, com Irineu Pereira, n. 8.12.1889, mesmo distrito, filho de Libânia Pereira, natural do RS (filha de José Francês Pereira e Maria Pereira).
Bn2. Hortência Maria Bueno, n. 8.10.1894, São Miguel das Missões, onde casou em 1913, com Irineu Antônio de Oliveira, 25 anos, filho de João Antônio de Oliveira e Luiza Maria de Oliveira.
Bn3. Adelaide Maria Bueno, n. 8.9.1897, São Miguel das Missões.
Bn4. Claudina Maria Bueno, n. 6.4.1898, São Miguel das Missões.
Bn5. José Manoel Bueno, n. 11.5.1901, São Miguel das Missões.
N7. Balduína Domingues Bueno, n. 24.12.1875, Santo Ângelo/RS.                      
N8. Fermino Domingues Bueno, n. 1879, São Miguel das Missões, onde casou em 1901 com Francelina Pinheiro Souza, ali n. 1876, filha natural de Clara Antunes Prestes. Pais de:
Bn1. Felicidade Bueno n. 22.2.1898, São Miguel das Missões.
N9. Rita Domingues Bueno
F6. MARIA DAS DORES DOMINGUES, bat. 26.05.1828, Castro/PR. Casou-se a 3.2.1858 em Tibagi/PR com Joaquim José Gomes, viúvo de Florinda Maria Candelária.
F7. ANA MARIA DOMINGUES BUENO, bat. 1º.8.1830 em Castro/PR. Casou a 17.12.1856 em Tibagi/PR com seu primo Francisco Xavier Bueno, filho de Joaquim Mariano Bueno e Gertrudes do Espírito Santos. Ana e Francisco foram moradores em Tibagi/PR. Pais de:
N1. Maria Pulcina Domingues, bat. 14.6.1853, Tibagi/PR, onde casou a 15.4.1869 com Aurélio de Castro Padilha, filho de Firmina Maria de Siqueira. Ana casou-se possivelmente em segundas núpcias com Generoso Bueno de Almeida.
F8. IRIA DOMINGUES DO ESPÍRITO SANTO/DOMINGUES BUENO, n. cerca de 1836 e moradora em Tibagi/PR, onde casou a 28.8.1871 com Jesuíno Rodrigues Bentim, viúvo de Ana Leme.
F9. MANOEL DOMINGUES GARCIA/BUENO, bat. 24.9.1839 em Castro/PR. Casou aos 34 anos, em 31.7.1875 em Santo Ângelo/RS, com Maria Inácia Pereira da Silva/Maria Inácia da Silva ou, ainda, Maria Pereira da Silva, então com 23 anos, n. Santo Ângelo, filha de Inácio Pereira da Silva[24] (fal. em torno de 1874, Santo Ângelo/RS) e Francelina Maria dos Anjos. Os avós maternos de Inácia foram Felipe José da Costa e Florisbela Maria dos Anjos. Pais de 10 filhos: Maria, Francisco, Ambrosina, Hortência, Josefina, Pedro, Angélica, Sebastiana, Herculano e Manoel.
N1. Maria Domingues Garcia, n. 15.8.1873, Santo Ângelo/RS. Casou em 1901, São Miguel das Missões, com Sisnando do Carmo Obregão, n. 16.7.1870, São Luiz Gonzaga/RS, morador distrito missioneiro de São Miguel, filho de João do Carmo Obregão[25] e Josefina Correia de Vargas (fal. 3.1.1889, Santo Ângelo/RS). Pais de 7 filhos: Emília, Eusébia, João, Felisberta, Josefina e Januário.
Bn1. Emília do Carmo Obregão n. 17.8.1911, distrito missioneiro de Entre-Ijuís.
Bn2. Eusébia do Carmo Obregão n. 15.12.1912, distrito missioneiro de Entre Ijuís.
Bn3João do Carmo Obregão n. 21.4.1913, 1º distrito de Santo Ângelo/RS e fal. 28.8.1995. Casou a 20.4.1937 no 7º distrito de Santo Ângelo/RS com Orlanda Domingues Taborda, n. 28.11.1913, 7º distrito de Santo Ângelo/RS e fal. 31.8.1988 em Três de Maio/RS, filha de Manoel Corrêa Taborda Primo (n. 20.9.1887, RS) e Angélica Domingues Bueno (n. 07.1895, RS). Os avós paternos de Orlanda teriam sido João Corrêa Taborda e Euzébia Moreira Paz (?).
Bn4. Felisberta Obregão, n. 11.11.1915, 7º distrito Santo Ângelo/RS, onde casou a 6.5.1939, com Júlio Gomes de Almeida, n. 22.4.1901, filho de Bernardo Gomes de Almeida, fal. 1910 e Porfíria Gomes de Almeida fal. 3.1.1939.
Bn5. Josefina do Carmo Obregão n. 27.2.1916 c/c Manoel Higino Flores de Vargas, filho de Jesuíno Flores Machado de Vargas e Camila Flores de Sá.
Bn6. Januário Obregão n. 24.8.1917, Giruá/RS, onde casou a 28.12.1940, com Albina Carpowiski, n. 10.4.1921 Ijuí/RS, filha de Alexandre e Isabel Carpowiski.
Bn7. Gerôncio Obregão n. 9.5.1920, Santo Ângelo/RS. Casou a 12.1.1946 em Giruá com Elza Carvalho n. 23.5.1923, Ijuí/RS, filha de Carlinda da Silva (n. Ijuí/RS).
N1. Francisca Domingues Garcia, n. 1878, São Miguel das Missões, onde fal. aos 40 anos, a 3.7.1918, Ali casou aos 16 anos, em 1901 (o casamento religioso ocorreu a 29.12.1916 no mesmo distrito) com Pedro do Carmo Obregão, filho de João do Carmo Obregão e Josefina Correa de Vargas. Pais de 9 filhos: Januária, Maria, Sebastião, Angélica, Cecília, Ercília, Josefina, Pedro e Estevão (veja neste blog a família Bueno de Arruda).
Bn1. Januária Domingues Obregão n. 10.7.1898 (?), São Miguel das Missões e fal. a 1º.8.1974. Casou em 1915, mesmo distrito, com Irineu Antônio Viera, n. 16.8.1882 e fal. a 30.10.1958, filho de João Antônio Vieira[26] e Maria Belém de Mattos (?) Carvalho.
Bn2.  Maria Domingues do Carmo/Obregão n. 3.10.1898 (?), São Miguel das Missões, onde casou em 1915 com Pedro Antônio Vieira 30 anos, filho de João Antônio Vieira e Maria Belém de Mattos Carvalho.
Bn3. Sebastião Domingos Obregão n. 16/5/1901 em São Miguel das Missões c/c Cândida Vieira Quaresma, n.  5.6.1910 em São Miguel, filha de Luís Antônio Vieira (filho de João Antônio Vieira e Maria Belém de Carvalho) e Laurentina Quaresma (filha de Jeremias José Quaresma e Maria Rosa Carvalho de Mattos).
Bn4. Angélica Domingues Obregão, n. 21.1.1903, São Miguel das Missões, onde casou aos 18 anos, em 1922, com Braz Carvalho da Rocha, 23 anos, n. 24.10.1898, no 2º distrito São Borja, filho de Aníbal Antônio da Rocha (n. RS e morador distrito missioneiro de São Miguel) e Francisca Costa Carvalho (fal. no município de São Borja/RS).
Os avós maternos de Braz foram Braz da Costa Carvalho[27] fal. a 13.7.1894 e Libânia Rocha de Carvalho.
Bn5. Cecília Domingues Obregão n. 24.5.1906 em São Miguel das Missões, onde casou em 1927 com José Alves Pereira, n. 20.7.1891, mesmo distrito, filho de Cyrino Nunes Pereira e Rosa Alves Pereira, ambos naturais do RS. Os avós paternos de João Alves foram Cyrino Pereira e Benta Nunes, ambos naturais do RS. Seus avós maternos foram Serafim Alves e Maria Oliveira, também naturais do RS.
Bn6. Ercília Domingues Obregão, n. 1º.9.1910, distrito missioneiro de São Miguel, onde casou em 1927, com Turíbio Antunes Maciel, n. 14.6.1902, mesmo distrito, filho de Alfredo Antunes Maciel e Ana Alves dos Reis. Os avós paternos de Turíbio foram Francisco Antunes Maciel e Maria Antunes Pinto/do Espírito Santo. Seus avós maternos foram Rita Alves de Lima, do RS.
Bn7. Josefina Domingues Obregão
Bn8. Pedro Paulo Obregão
Bn9. Estevão Domingues do Carmo (?) n. 24.3.1900 São Miguel das Missões (dúvida neste filho).
N3. Ambrosina Domingues Garcia casou aos 21 anos em São Miguel das Missões com Cândido Mendonça de Lima, n. 12.4.1872, Santo Ângelo/RS, filho de Manoel João de Mendonça e Maria Leonora de Lima. Pais de 2 filhas localizadas:
Bn1. Conceição n. 15.7.1893, São Miguel das Missões.
Bn2. Felicia Cândida Mendonça casou aos 22 anos em 1912, Santo Ângelo/RS, com Marcírio Paim de Arruda, então com 24 anos, n. Santo Ângelo/RS, filho de Cândido Paim de Arruda e Josefa Maria Paim.
N4. Hortência Domingues Garcia, n. 3º distrito de Santo Ângelo/RS e fal. aos 39 anos a 10.8.1918 em Santo Ângelo/RS. Casou aos 16 anos, em 1901, São Miguel, com o primo Pedro Domingues Bueno[28], n. 1875, bat 8.8.1877 (?) Santo Ângelo, filho de Joaquim Domingues Bueno[29], n. PR e fal. 30/10/1881, 3º distrito de Santo Ângelo/RS, e de Nicolácia Pereira Cardoso. Pais de 12 filhos: Inácio, Luiza, Sebastiana, Joana, Maria, Joaquim, Mateus, Eduwirges, Matilde, João, Venâncio  e Domingas. Pedro casou em 1921, Santo Ângelo/RS, 2ª núpcias com Francelina Amaral da Silva, n. 8.1.1895, Santo Ângelo, filha de Senhorinha Maria da Silva. Pais de:              
Bn1. Inácio Domingues Bueno, n. 23.12.1896, São Miguel das Missões.
Bn2. Luiza Domingues Bueno, n. 18.4.1898, Santo Ângelo/RS, onde casou em 1922 com Otacílio da Silva, n. 27.2.1900, Santo Ângelo/RS, filho de Gabriel da Silva e Zeferina da Silva. Os avós maternos de Otacílio foram Antônio Corrêa e Laurentina Corrêa.
Bn3. Sebastiana Domingues Bueno, n. 23.10.1899, São Miguel das Missões. Casou em 1919, Santo Ângelo/RS, com Emílio Santoni, n. 30.6.1898, 1º distrito Santo Ângelo/RS, filho de Ângelo Santoni e de Tereza, ambos da Itália e acima citados.
Bn4.  Joana Domingues Bueno n. 15.6.1901, São Miguel das Missões.
Bn5. Maria Domingues Bueno
Bn6. Joaquim Domingues Bueno n. 20.3.1905, no distrito missioneiro de Entre-Ijuís, Santo Ângelo/RS. Casou em 1927 com Gasparina Rodrigues de Moraes, n. 20.2.1907 no 1º distrito de Cachoeira/RS, filha natural de Maria Alzira Nunes, n. em 18.4.1888 e moradora no 1º distrito de Santo Ângelo/RS. Os avós maternos de Gasparina foram Firmino de Souza Nunes e Hermenegilda Lopes Nunes.
Bn7. Mateus Domingues Bueno, n. 5.10.1907. Casou em 3.2.1932 em Santo Ângelo/RS com Orselina Moraes dos Anjos, n. 18.8.1913, 4º distrito Santo Ângelo/RS, filha de Irineu Soares dos Anjos (n. 2.1.1890) e Florisbela da Costa Soares (n. 7.4.1893).
Bn8. Edwirges Domingues Bueno (dúvida)
Bn9. Matilde Domingues Bueno (dúvida)
Bn10. João Domingues Bueno (dúvida)
Bn11. Venâncio Domingues Bueno n. ou bat. 22.5.1910 no distrito missioneiro de Entre-Ijuís/Santo Ângelo/RS.
Bn12. Domingas Domingues Bueno n. ou bat. 17.5.1913 distrito missioneiro de Entre-Ijuís.
N5. Josefina Domingues Garcia n. 10.1.1882, distrito de São Miguel, onde casou em 1901 com Francisco do Carmo Corrêa Obregão, 18 anos, n. São Miguel das Missões, filho de João do Carmo Obregão e Josefina Corrêa de Vargas. Pais de:
Bn1. Sebastião Domingues Obregão, n. 2.2.1899, São Miguel das Missões.
Bn2. Francelino (?) Domingues Obregão, n. 29.1.1901 São Miguel.
N6. Pedro Domingues Garcia, n. 10.1.1891, São Miguel das Missões.
N7. Angélica (Maria) Domingues Bueno, n. 4.6.1893, São Miguel das Missões. Casou a 25.2.1911, Catuípe/RS, com Manoel Corrêa Taborda Primo, n. 20.9.1887, filho de João Corrêa Taborda e Eusébia Moreira Paz. Pai de 3 filhos localizados: Orlanda, Benemérito e João Manoel.
Bn1. Orlanda Domingues Taborda, n. 28.11.1913, 7º distrito de Santo Ângelo/RS e fal. 31.8.1988 em Três de Maio/RS. Casou a 25.4.1913 em Santo Ângelo/RS com João do Carmo Obregão, n.21.4.1913, 1ºdist de Santo Ângelo/RS e fal. 28.8.1995 Alegria (antigo distrito de Três de Maio), filho de Maria Domingues Garcia (n. 15.8.1873, Santo Ângelo/RS, casou em 1901, São Miguel) e Sisnando do Carmo Obregão (n. 16.7.1870, São Luiz Gonzaga/RS) e moradores de São Miguel. Os avós paternos de João do Carmo foram João do Carmo Obregão e Josefina Correia de Vargas. Seus avós maternos foram Manoel Domingues Garcia, n. Paraná, que casou aos 34 anos, em 31.7.1875. Santo Ângelo, com Maria Inácia Pereira da Silva/dos Anjos
Bn2. Benemérito Correa Taborda n.18.3.1912, casou aos 22 anos, a 29.9.1934 em Inhacorá, com Angélica Domingues Bueno 17 anos, n. 20.9.1916 filha de Herculano Domingues Bueno e Julia Baptista Soares. Os avós paternos de Angélica foram Manoel Domingues Bueno e Maria Pereira da Silva. Sua avó materna foi Ana Batista Moreira.
Bn3. João Manoel Taborda (viúvo de Etelvina dos Santos Taborda, fal. 19.12.1950 em Inhacorá/Santo Ângelo), n. 12.3.1925 em Santa Rosa. Casou a 8.11.1952, Inhacorá, com Maria de Almeida Martins, n. 30.10.1931 no mesmo distrito, filha de Niederauer Nogueira Martins e Elvira de Almeida.
N8. Sebastiana Domingues Garcia/Bueno, n. 7.2.1896 em São Miguel das Missões e fal. aos 53 anos, a 24.6.1946 em Giruá/RS. Casou a 22.11.1913 em Catuípe (2º distrito de Santo Ângelo) com José Corrêa Taborda, de 23 anos, filho de João Corrêa Taborda e Eusébia Maria Taborda. Os avós paternos de José foram Francisco Corrêa Taborda e Josefa Carolina da Silva. Seus avós maternos foram Eusébio Moreira Galvão e Umbelina Maria Paes/de Oliveira (v. neste blog a família Corrêa Taborda). Sebastiana e José foram pais de 7 filhos localizados:
Bn1. Bitencurt Bueno Taborda
Bn2. Joaquina Taborda
Bn3. Miguel Bueno Taborda
Bn4. Julieta Bueno Taborda
Bn5. Januária(o) Bueno Taborda
Bn6. Josefa Bueno Taborda
Bn7. Domingos Bueno Taborda
N9. Herculano Domingues Bueno casou com Júlia Batista Soares.
N10. Manoel Domingues Garcia
F10. RUFINA, bat. aos 5 meses, a 27.4.1842 em Castro/PR.
F11. LEOPOLDINA MARIA DO ESPÍRITO SANTO/DOMINGUES BUENO, n. Castro/PR, à época pertencente ao bispado de São Paulo, por isso que dada em alguns registros como natural de SP. Casou a 3.2.1858 em Tibagi/PR com seu primo Jordão Mariano Bueno, bat. 20.9.1829 em Castro/PR, filho de Joaquim Mariano Bueno (n. 16.03.1799, Castro, onde casou a 2.11.1826) e Gertrudes Domingues (bat. 02.06.1815, Castro). Os avós paternos de Manoel foram Mariano Bueno de Almeida/de Sá  e Escolástica Pedroso de Siqueira. Seus avós maternos foram Vicente Domingues Garcia e Ana Maria do Espírito Santo. Pais de 3 filhos: Rosalina, Francisco e Gertrudes. O casal de Leopoldina e Jordão foi morador em Tibagi/Paraná e pais de:
N1. Rosalina Domingues Bueno, fal. aos 40 anos, em 19.3.1919 em São Miguel das Missões, onde casou com seu primo João Domingues Bueno, filho de Joaquim Domingues Bueno e Nicolácia Pereira Cardoso. Tiveram 8 filhos: Ostilia/Ostrilia, Maria, Joaquim, Jordão, Angélica, Horácio, Gumercindo e Nicolácia.
Bn1. Ostilia/Ostilha Domingues Bueno, n. 30.12.1898, São Miguel das Missões e fal. 3.1.1962. Casou com seu primo Sebastião Domingues Neto, acima citados.
Bn2. Maria Domingues Bueno, n. 27.11.1900. Casou em 1916, Santo Ângelo/RS, com Agostinho Antunes Maciel, n. 11.11.1898, São Miguel, distrito de Santo Ângelo/RS, filho de Antônio Antunes Maciel e Balduína Domingues Bueno moradores no 3º distrito Santo Ângelo. Os avós paternos de Agostinho foram José Antunes Maciel e Francisca Josefa de Siqueira naturais deste estado e moradores neste distrito. Seus avós maternos foram Antônio Domingues Bueno e Maria Teixeira de Ávila ambos falecidos em Santo Ângelo, onde também se casaram.
Bn3. Joaquim Domingues Bueno n. 26.1.1903 no 3º distrito Santo Ângelo/RS, onde casou em 1931 com Ana Maria Ferreira, n. 15.7.1914 no São Miguel das Missões, filha de Tibúrcio Antunes Ferreira ou de Freitas[30] (n. 11.8.1876, RS) e Praxedes Teodora Ferreira (n. RS). Os avós paternos de Ana Maria foram Joaquim Antunes de Freitas Sobrinho[31] e Maria Antônia Ferreira ambos do RS. Seus avós maternos foram José Teodoro Ferreira e Maria Luiza Lopes, do RS.
Bn4. Jordão Domingues Bueno, n. 9.7.1905, São Miguel das Missões, onde casou em 1929 com Edelmira ou Selanira Pereira do Carmo, n. 20.2. 1909, 3º distrito. Santo Ângelo, filha de Francelino Pereira do Carmo e Virginia Côrtes Machado, ambos do RS e moradores no mesmo distrito. Os avós maternos de Edelmira foram João Baptista Machado e Guilhermina Castro ou Cortes Pereira, ambos do RS.
Bn5. Angélica Domingues Bueno, n. 22.3.1908, São Miguel, onde casou em 1930 com Samuel Honorato Perchim[32], n. 16.2.1888, no mesmo distrito de São Miguel, 42 anos, morador no 5º distrito de Palmeira das Missões, filho de Honorato Conrado Perchim (n. Alemanha) e Maria Antunes (n. RS) e ambos falecidos em São Miguel.
Bn6. Horácio Domingues Bueno, n. 20.10.1910, São Miguel das Missões, morador 2º distrito Ijuí (Dr. Pestana), onde casou a 17.6.1939 com Dorvalina Domingues Bueno, n. 24.7.1922, no mesmo distrito, filha de Pedro Domingues Bueno (viúvo de Hortência Domingues Garcia) natural do RS e morador em Dr. Pestana e Francelina Domingos de Campos, natural do RS.
Bn7. Gumercindo Domingues Bueno
Bn8. Nicolácia Domingues Bueno
N2. Francisco, n. 3.1.1858 e foi bat. 2.2.1858 no lugar denominado São João Mirim/Santo Ângelo/RS.
N3. Gertrudes, n. 30.9.1859 e foi bat. 12.10.1859 em São Miguel das Missões.

***
FABIANO DOMINGUES GARCIA, filho de Inácio Domingues de Albuquerque e Ana Maria.

V. FABIANO DOMINGUES GARCIA n. Itapetininga/SP. Casou a 12.10.1816 em Castro/PR com Bibiana Maria/Rodrigues de Siqueira, bat. 23.3.1785 em Castro, onde fal. a 30.12.1830, filha de Francisco Rodrigues de Siqueira e Maria Pedrosa de Jesus. Pais de 7 filhos: Ana, Manoel, Matilde, Maria, Bernardina, Leduína e Pacífica. Os avós paternos de Bibiana foram Felipe Leme de Siqueira n. São Paulo/SP ou Curitiba/PR e a curitibana Sebastiana Pedroso de Siqueira. Seus avós maternos foram Caetano José da Cunha (de Lisboa) e Teresa Pinto de Morais, de Mogi das Cruzes/SP.
Fabiano casou em 2º matrimônio a 6.4.1831 em Castro/PR com Umbelina Maria do Rosário/Maria Duarte, n. Castro/PR, filha de Antônio Luiz Duarte e Ana Maria do Espírito Santo. Pais de 4 filhos: Antônio, Isabel, Fortunata e Joaquim.
Filhos do 1º casamento de Fabiano com Bibiana:
F1. ANA DOMINGUES GARCIA/GARCIA PEREIRA, bat. 26.7.1817 Castro/PR, onde casou a 19.3.1833 com Manuel das Dores da Silva, n. Castro/PR, filho de Manuel das Dores e Constância/Antônia Maria de Jesus. Ana Domingues fal. 1897, Santo Ângelo/RS, onde casou em 2º matrimônio(?) com João Baptista Paz, que faleceu antes de abril /1891. Sem filhos.
F2. MANOEL DOMINGUES GARCIA /GARCIA PEREIRA, bat. 13.11.1819 em Castro/PR.
F3. LUDUÍNA/LEDUÍNA DOMINGUESbat. 27.3. 1825 em Castro/PR, onde casou a 21.10.1841 com Joaquim Corrêa Leite, n. Faxina/SP, filho de Pedro Corrêa da Silva e Ana Ribeiro Leite., bat. 27.3.1825 em Castro/PR.
F4. MATILDE, bat.15.5.1826 em Castro/PR, onde casou a 7.6.1838, com João Baptista Teixeira, bat. 6.8.1811 Jaguariatiba/SC, filho de Manuel Teixeira da Silva Bicudo e Joaquina Lopes de Almeida.
F5. MARIA, bat. 15.5.1826 em Castro/PR (gêmea com Matilde).
F6. BERNARDINA GARCIA, bat. 1º.11.1823 em Castro/PR.
F7. PACÍFICA GARCIA, n. 1830 em Castro/PR, onde fal. 21.02.1832
Filhos do 2º casamento de Fabiano com Umbelina:
F8. ANTÔNIO, bat. 6.10.1832 em Castro/PR
F9. ISABEL, n. 17.10.1835, bat. 1.11.1835 em Castro/PR.
F10. FORTUNATA, bat. aos 15 dias, a 26.12.1837 em Castro/PR.
F11. JOAQUIM, bat. aos 2 meses, a 23.9.1839 em Castro/PR.

***

VICENTE DOMINGUES GARCIA, possível filho de Inácio Domingues de Albuquerque e Ana Maria

VI.   VICENTE DOMINGUES GARCIA, fal. depois de 1828 c/c (1x) Ana Maria do Espírito Santo, n. 1791, Castro/RS, onde fal. com cerca de 35 anos, a 13.4.1826, no parto. Pais de 8 filhos: Gertrudes, Gertrudes, Maria, Gertrudes, Manoel, Joaquim, Feliciana e José. Vicente casou-se (2x) a 10.09.1828 na Lapa/PR com Maria Rodrigues dos Santos, n. Lapa/PR, filha do capitão João Rodrigues e Rosa dos Santos.

Houve do 1º casamento de Vicente:
F1. GERTRUDES DOMINGUES, bat. 5.4.1814, Castro/PR.
F2. GERTRUDES DOMINGUES, bat. 2.6.1815, Castro/PR, onde casou a 2.11.1826 com Joaquim Mariano Bueno de Sá, n. 16.3.1799, Castro/PR, filho de Mariano Bueno de Sá (ou Mariano Bueno de Almeida) e Escolástica Pedroso de Siqueira. Pais de 10 filhos: Jordão, Manoel, João, Carolina, José, Maria, Elesbão, Francisco e Inocêncio.
N1. Jordão Mariano Bueno, bat. 20.09.1829 em Castro/PR. Casou a 20.2.1855 em Tibagi/PR com sua prima Leopoldina Maria do Espirito Santo/Domingues Bueno. Pais de 3 filhos localizados: Rosalina, Francisco e Gertrudes. 3 filhos: Rosalina, Francisco e Gertrudes. VER FAMÍLIA RODRIGUES DE SIQUEIRA.           
Bn1. Rosalina Domingues Bueno c/c João Domingues Bueno, filho de Joaquim Domingues Bueno e Nicolácia Pereira Cardoso. 8 filhos localizados: Ostrília/Otacília, Maria, Joaquim, Jordão, Angélica, Horácio, Gumercindo e Nicolácia, que seguem:
Tn1. Ostrillia/Otacília Domingues Bueno, n. 30/12/1894 em São Miguel das Missões, 3º distrito de Santo Ângelo/RS. Casou com o primo Sebastião Domingues Neto, acima citados.
Tn2. Maria Domingues Bueno n. 27.11.1900. Casou em 1916, Santo Ângelo/RS, com Agostinho Antunes Maciel, n. 11.11.1898, São Miguel, distrito de Santo Ângelo/RS, filho de Antônio Antunes Maciel e Balduina Domingues Bueno moradores no 3º distrito Santo Ângelo. Os avós paternos de Agostinho foram José Antunes Maciel e Francisca Josefa de Siqueira naturais deste estado e moradores neste distrito. Seus avós maternos foram Antônio Domingues Bueno e Maria Teixeira de Ávila ambos falecidos em Santo Ângelo, onde também se casaram.
Tn3. Joaquim Domingues Bueno n. 26.1.1903 no 3º distrito Santo Ângelo/RS, casou em 1931 com Ana Maria Ferreira, n. 15.7.1914 em São Miguel das Missões, filha de Tibúrcio Antunes Ferreira ou de Freitas (n. 11.8.1876, RS) e Praxedes Teodora Ferreira (n. RS). Os avós paternos de Ana Maria foram Joaquim Antunes de Freitas Sobrinho e Maria Antônia Ferreira ambos n. RS. Seus avós maternos foram José Teodoro Ferreira e Maria Luiza Lopes, do RS.
Tn4. Jordão Domingues Bueno n. 9.7.1905 em São Miguel das Missões, onde casou em 1929 com Edelmira ou Selanira Pereira do Carmo, n. 20.2. 1909, 3º distrito de Santo Ângelo, filha de Francelino Pereira do Carmo e Virginia Côrtes Machado, ambos do RS. Os avós maternos de Edelmira foram João Baptista Machado e Guilhermina Castro ou Cortes Pereira.
Tn5. Angélica Domingues Bueno n. 22.3.1908, São Miguel, onde casou aos 22 anos, em 1930 com Samuel Honorato Perchim,42 anos, n. 16.2.1888, no mesmo distrito de São Miguel, 42 anos, morador no 5º distrito de Palmeira das Missões, filho de Honorato Conrado Perchim e Maria Antunes, acima citados.
Tn6. Horácio Domingues Bueno, n. 20.10.1910, São Miguel das Missões, morador 2º distrito Ijuí (Dr. Pestana), onde casou em 17.6.1939, com Dorvalina Domingues Bueno, n. 24.7.1922, no mesmo distrito, filha de Pedro Domingues Bueno (viúvo de Hortência Domingues Garcia) natural do RS e morador Dr Pestana e Francelina Domingos de Campos, natural do RS.
Tn7. Gumercindo Domingues Bueno
Tn8. Nicolácia Domingues Bueno
Bn2. Francisco n. 3.1.1858 e foi bat. 2.2.1858, lugar denominado São João Mirim/Santo Ângelo/RS.
Bn3. Gertrudes, n. 30.9.1859 foi bat. a 12.10.1859, São Miguel das Missões.
Bn4. Júlio, n. 12.7.1874, bat. 3.9, Tibagi/PR.
N2. José Mariano Bueno, bat. 10.8.1832, Castro/PR. Casou a 28.8.1856 em Tibagi/PR com Felícia Rolim de Moura/Ferreira de Albuquerque, filha de Bernardo Ferreira de Albuquerque e Maria do Espírito Santo.
N3. Maria do Espírito Santo, n. 25.8.1834, Castro/PR. Casou a 25.2.1860 em Tibagi/PR com Floriano da Silva (Sorocaba), filho de Floriano Antônio e Maria da Conceição.
N4. Ana Mariano Bueno, casou-se a 1º.6.1856 em Tibagi/PR com Pacífico da Rocha, filho de Joaquim da Rocha Camargo e Vicência Maria de Jesus.
N5. João Mariano Bueno, bat. 2.6.1838 (3 meses), Castro/PR. Casou a 29.4.1862 em Tibagi/PR com Setembrina Maria do Espírito Santo, filha de Antônio Francisco das Chagas e Balbina Maria de Jesus.
N6. Carolina Maria Bueno, bat. 7.9.1840 (3 meses), Castro/PR. Casou a 29.8.1858 em Tibagi/PR com Antônio José Barbosa, filho de José Barbosa e Francisca Maria das Dores.
N7. Manoel (Antônio) Domingues Bueno, bat. 25.12.1844 em Castro/PR. Casou a 17.2.1868 em Santo Ângelo (Maria) Etelvina Domingues Bueno, filha de Cândido Domingues Bueno, bat. 25.12.1825, Castro/PR, e Maria Joaquina de Oliveira. 1 filha localizada: Soledade (ver família Rodrigues de Siqueira neste blog).
Bn1. Soledade (?) Maria Bueno/Domingues Bueno, n. e fal. 1919 em São Miguel das Missões, onde casou a 1º.3.1888 com Honório Paz Maciel, natural e fal. jan. ou fev.1915, no mesmo distrito, filho de Ricardo Paz Maciel e Paulina Ruberta. Os avós paternos de João foram Ricardo Paz Maciel e Maria Úrsula. Seus avós maternos foram Jerônimo Ruberto e Ana Corrêa de Moura. Soledade e Honório tiveram 6 filhos localizados: Tomaz, Irineu, Baluíno, Marcolino, Dinarte e Felicidade.
Tn1. Tomaz Paz Maciel casou aos 24 anos, em 1911 com Marcolina Antunes de Oliveira, n. 21.10.1895, São Miguel das Missões, filha de Cipriano Antunes de Souza e Balbina Antunes de Oliveira n. 8.10.1872, batizada Santo Ângelo/RS, e moradores São Miguel das Missões. Os avós paternos de Marcolina foram João Antunes de Souza e Jesuína Guedes da Silva. Seus avós maternos foram Fabiano José Antunes e Maria Rita de Oliveira Paz, ambos do RS.                      
Tn2. Irineu Paz Maciel, 2 anos, em 1915.
Tn3. Balduíno Paz Maciel, n. 5.3.1894, São Miguel das Missões.                                      
Tn4. Marcolino Paz Maciel, n. 28.3.1895 (?), São Miguel das Missões, filho de Honório Paz Maciel e Maria Domingues Bueno. Marculino casou com Clemência Oliveira Antunes 18 anos, fal. 12.2.1918, (Itacamaré) Missiones, Argentina. Casou, depois, em 1927 São Miguel das Missões, com Ana Francisca da Costa n. 7.7.1910, mesmo distrito, filha de José Francisco da Costa e Benvinda Rodrigues Nunes. Os avós paternos de Ana foram Manoel Antônio da Costa e Catarina Maria dos Santos. Seus avós maternos foram João Rodrigues Nunes e Etelvina Domingues Bueno.
Tn5. Dinarte Paz Maciel n. 5.5.1895 (?), São Miguel das Missões, Casou em 1920 com Brandina Alves da Costa, n. 4.7.1903, mesmo distrito, filha de Antenor Alves da Costa e Joaquina Alves Carneiro, ambos do RS e moradores São Miguel das Missões.
Tn6. Felicidade Paz Maciel, n. 18.5.1900, São Miguel das Missões, onde casou a 1917 com João Nunes da Silva, n. 29.11.1894, filho de Felisberto Nunes da Silva (n. 19.3.1852) e Maria Simplícia da Silva (fal. São Miguel, onde eram moradores). Os avós paternos de João Nunes foram Ricardo Nunes da Silva e Ana Telles de Souza. Seus avós maternos foram Reginaldo José da Silva e Ana Antunes de Freitas.             
N8. Elesbão Mariano Bueno, bat. 1º.12.1850 com 1 mês, Tibagi/PR, onde casou a 29.10.1869 com Benvinda Soares Moreira/Bernardo Bueno, n. Castro/PR, filha de Manoel Bueno Soares e Mécia Maria de Lima
N9. Francisco Xavier Bueno casou a 17.12.1856, Tibagi/PR, com Ana Maria Domingues Bueno, bat. 1º.8.1830, Castro/PR, filha de Pedro Domingues Garcia e Angélica Maria Bueno.      
N10. Inocêncio Bueno, bat. 13.12.1852, Tibagi/PR.
F3. MARIA DOMINGUES, bat. 2.6.1815, Castro/PR (gêmea com Gertrudes).
F4. GERTRUDES DOMINGUES, bat. 6.12.1816, Castro/PR.
F5. MANUEL DOMINGUES, bat. 11.9.1818, Castro/PR.
F6. JOAQUIM DOMINGUES, bat. 22.7.1820, Castro/PR. 
F7. FELICIANA DOMINGUES, bat. 20.6.1822, Castro/PR.
F8. JOSÉ DOMINGUES, bat. 28.8.1824, Castro/PR.

FONTES DE PESQUISA:
- Arquivo da Cúria de Santo Ângelo/RS: livros de batismos, matrimônios e óbitos de Santo Ângelo e São Miguel das Missões.
- Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul (APERS): inventários, testamentos, livros de notas e habilitações para casamentos.
- Arquivos pessoais de: Diego de Leão Pufal, Douglas Ribas Busse (http://www.netpar.com.br/doubusse/Ribas.htm), Gerardo Rinaldo e Tânia Arruda Kotchergenko.
- LDS (igreja dos mórmons): microfilmes do registro civil de Santo Ângelo, Santa Tecla e São Miguel das Missões e da igreja católica de Castro/PR, Palmeira/PR, Lapa/PR e Lages/SC.
- MOUSQUER, Zélce Darclé. Família Mousquer – Uma imigração francesa no sul do Brasil. EST Edições, Porto Alegre, 2008.
- PEREIRA, Cláudio Nunes (org.). Genealogia Tropeira. Volume I: Paraná - séculos XVII, XVIII e XIX. Disponível em: https://sites.google.com/site/valdeneisilveira/genealogiatropeira
- SILVA LEME, Luiz Gonzaga de. Genealogia Paulistana. São Paulo: Duprat, 1909, vários volumes.
- Sites consultados: http://genealogia.netopia.pt/3935/pessoas.php?id=1082275
- XAVIER, Paulo J. Povoadores de Entre-Rios, artigos publicados em 1977 no jornal Correio do Povo, Porto Alegre/RS. Disponíveis na Genealogia Tropeira, acima referida.





NOTAS DE RODAPÉ:
[1] De Minas Gerais, atravessando São Paulo (refere-se a Auguste de Saint-Hilaire), entrou na Curitiba pela região de Jaguariaíva. Ao passar pelo Guartelá, pousou na fazendola de Fabiano Domingues Garcia. Aí tomou mate oferecido pela dona da casou, senhora Bibiana (...).
[2] Optamos por adotar o nome Bueno. Porém, nos documentos encontramos, com frequência, a grafia Boeno. O mesmo acontecia com os nomes Ignacio, Ignacia e tantos outros que adotamos aqui Inácio, Inácia, etc.
[3] SALVADOR TEIXEIRA DE ÁVILA e MARIANA DE JESUS foram pais de:
1. Maria Teixeira de Ávila c/c Antônio Domingues Bueno.
2. Salvador Teixeira do Pilar c/c Carolina Teodora Gomes, filha de Antônio Américo Gomes e Ana Joaquina Barbosa.
3. Maria Teixeira
4. Ana Teixeira c/c Leonardo Rodrigues, filho de Maria do Rosário.
5. Antônio Corrêa de Almeida c/c Eufrásia Maurícia de Jesus, filha de Antônio Américo Gomes e Ana Joaquina Barbosa.
[4] Manoel Vaz Torres e Maria/Laura foram pais de:
1. Severiano Silveira Torres 
2. Firmino da Silveira Torres c/c Claudina Maria do Rosário.          
3. Delfina Rosa Vaz Torres c/c Antônio Cavalheiro do Amaral.
4. Maria Rosa Severina/Maria Rosa Vaz Torres c/c Joaquim Mariano Nunes.
5. Francisco Vaz Torres faleceu solteiro (teve filhos com Maria Antônia da Encarnação/da Rosa).
[5] Firmiano Alves de Moraes e Leonida Alves da Silva foram pais:
1. Rita Alves da Silva c/c Justino Ribeiro da Silva.
2. Inácio Alves da Silva c/c Belmira Domingues Bueno.
3. Belarmino Alves da Silva
4. Marfisa Alves da Silva
5. Engrácio Alves da Silva
6. Josefina Alves da Silva
[6] João Antônio de Mello (fal. 6.1.1878, Santo Ângelo/RS) e Maria Joaquina do Nascimento, fal. a 20.7.1905, Santo Ângelo/RS, foram pais de:
1. Florinda Josefa do Nascimento casada com Francisco Ribeiro Lemes.
2. Bertolina do Nascimento casada com Anacleto Carvalho da Silva/de Siqueira.
3. Rosalina do Nascimento/Rosalina Claudina de Mello casada com David Marques Fernandes.
[7] Modesto José de Mello e Claudina/Claudiana foram pais:
1. Maria Agostinha de Mello
2. João Antônio de Mello c/c Maria Joaquina do Nascimento.
3. Manoel Eugenio de Mello c/c Inácia Jacinta de Moraes.
4. Ana Joaquina de Mello c/c Cândido Pinto da Silva, filho de Manoel Pinto e Joaquina Maria de Jesus.
5. Mariana Agostinha de Mello ou Mariana Josefa de Mello.
6. Salvador Antunes de Mello solteiro (?), teve filhos com Francisca Carvalho da Silva.
7. Jesuína Guedes da Silva c/c João Antunes de Souza.
8. Cândido Borges da Silva, faleceu solteiro.
[8] José Antunes Maciel e Francisca Josefa foram pais:
1. Antônio Antunes Maciel c/c Balduína Domingues Bueno.
2. Mariana Antunes Maciel c/c João Otávio Langer.
3. João Antunes Maciel c/c Maria Madalena Langer.
4. Rosa Antunes Maciel
5. Balduíno Antunes Maciel
6. Paulino Antunes Maciel c/c Marcolina Antunes Maciel/Pinto.    
7. Germano Antunes Maciel c/c Belmira Domingues Bueno.
8. Balbina Antunes Maciel
[9] Felisberto Nunes da Silva n. 19.3.1852 e Maria Simplícia foram pais de:
1. Policarpo Nunes da Silva c/c Angelina Antunes Maciel.
2. Reginaldo Nunes da Silva c/c Lúcia Antunes Maciel.
3. Guilhermina Nunes da Silva c/c Libindo Corrêa de Moura.
4. Antônio Nunes da Silva c/c Elibia Antunes Maciel.
5. Germano Nunes da Silva c/c Reginalda Ribeiro da Silva e Virgilia Antunes Martins.
6. Júlia Nunes da Silva c/c Avelino Antunes Maciel.
7. João Nunes da Silva c/c Felicidade Paz Maciel.
8. Brás Nunes da Silva
9. Jorgina Nunes da Silva
10. Sebastião Nunes da Silva c/c Rosalina Maria de Oliveira e Constância Pires Machado.
11. Francisca Nunes da Silva
Felisberto casou aos 49 anos, em 2º matrimônio, a 22.1.1910, Santo Ângelo/RS, com Virgilinia ou Virgilina Ribeiro Lemos, 37 anos, filha de José Ribeiro Lemos e Teresa Barbosa, com quem teve os 3 filhos abaixo:
12. Alcisia (?) Nunes da Silva c/c Lindolfo de Sene e Silva.
13. Gasparino Nunes da Silva c/c Cenuta Gomes de Almeida.
14. Cacilda Nunes da Silva c/c Manoel Antunes de Freitas.
Ver, neste blog, a Família de Antônio Ribeiro Lemes(os).
[10] Reginaldo José da Silva e Ana Antunes de Freitas foram pais de:
1. Margarida Antunes da Silva c/c Belisário Antunes Bueno.
2. Marcelino João da Silva c/c Virgilina de Moura Martins.
3. Maria Simplícia da Silva c/c Felisberto Nunes da Silva.
4. Maria Luiza da Rosa c/c Antônio Ribeiro Lemos.
5. Marcelino José da Silva c/c Isabel Luísa da Rosa.
6. Honorata Antunes (José) da Silva c/c Teotônio Gonçalves de Oliveira.
7. Ana Maria de Freitas e Silva c/c Fidelis Ribeiro Lemos.
[11] João Francisco (filho de Francisco Antônio da Silva e Maria Arcângela de Siqueira) e Maximilia (filha de Clarinda Rosa dos Santos e Zeferino Gonçalves de Oliveira, naturais de Santa Catarina) tiveram os filhos naturais (?):
1. Francisco Gonçalves da Silva c/c Iria do Carmo Obregão.
2. Vicentina Gonçalves da Silva c/c Miguel Pinto Sobrinho.
3. Belisária Gonçalves da Silva teve filhos com Francisco Antunes Maciel.
4. Senhorinha Gonçalves da Silva c/c Ernesto Quaresma Pinto.
5. Clarindo Gomes da Silva c/c Marcolina Chaves Cortes.
6. Clarinda/Laurinda Gonçalves da Silva c/c Germano Borchartt.
7. Maria Gonçalves da Silva c/c Francisco Mattos da Silva.
8. José Gonçalves da Silva c/c Rosalina Antônia Fernandes.
9. João Gonçalves da Silva c/c Isabel Borges dos Santos.
10. Cristiano Gonçalves da Silva c/c Cândida Ferreira da Cruz.
11. Justino Gonçalves da Silva c/c a prima Clarinda Gonçalves da Silva, filha de Teotônio Gonçalves de Oliveira e Honorata Antunes (José) da Silva.
12. Constância Gonçalves da Silva c/c João Corrêa da Silva.
13. Cipriana Gonçalves da Silva c/c Carlos Antônio Fernandes.
14. Rosa Gonçalves da Silva
15. Laurinda Gonçalves da Silva c/c Germano Borchartt.
[12] Zeferino e Clarinda foram pais de:
1. Maximilia/Massimilia Gonçalves de Oliveira c/c João Francisco da Silva.
2. Teotônio Gonçalves de Oliveira c/c Honorata Antunes (José) da Silva.
3. Serafim Gonçalves de Oliveira c/c Maria Fermina Borges dos Santos e/ou Antônia Gonçalves de Oliveira.
4. Alexandrina Gonçalves de Oliveira c/c Felício Francisco da Silva.
5. Maria José de Oliveira
6. Francelina Gonçalves de Oliveira c/c Laurindo Alves da Luz.
7. Zeferino Gonçalves de Oliveira Filho c/c Maria Saraiva?
8. Teotônio Gonçalves de Oliveira c/c Honorata Antunes da Silva.
[13] Manoel Eugênio de Mello, natural de SP e fal. 19.8.1911, São Miguel das Missões e Inácia Jacinta foram pais:
1. Gabriel Eugênio de Mello c/c Gertrudes Maria Bueno.
2. Salvador Eugênio de Mello c/c Senhorinha Rodrigues Braga.
3. Emília Eugênia de Mello c/c Bonifácio Antunes do Nascimento.
4. Elísia Eugênia de Mello c/c Ernesto Antunes da Silva.
5. Claudina Eugênia de Mello c/c Joaquim Antunes de Almeida (não é citada no inventário dos pais).
[14] Manoel e Joana foram pais de 12 filhos:
1. Antônio Alves Pereira
2. Nicolácia Pereira c/c Joaquim Domingues Bueno.
3. Delfina Alves Pereira
4. Maria Isabel Alves Pereira
5. Martiniano Alves Pereira
6. Maria Antônia Alves Pereira c/c Francisco Bonet da Conceição.
7. Rosalina Alves Pereira
8. José Gabriel Alves Pereira c/c Emília Teixeira Bueno.
9. Manoel Apolinário Alves Pereira
10. Manoel Thomaz Alves Pereira
11. Maximiana Alves Pereira
12. João Tomaz Alves Pereira.
[15] João Antunes de Freitas e Ana Rosa foram pais:
1. Constância Antunes de Freitas c/c Laurentino Rodrigues de Mello.
2. Bento Antunes de Freitas c/c Maria Cândida Moreira dos Santos.
3. Mariana Antunes de Freitas
4. Antônia Antunes de Freitas c/c Joaquim Gonçalves dos Santos.
5. Francisco Antunes de Freitas
6. Virgilina Antunes de Freitas
7. Gertrudes Antunes de Freitas
8. Brígida Antunes de Freitas c/c Francisco Domingues Bueno.
9. Joaquina Antunes de Freitas
10. Maria Rita Antunes de Freitas
11. Maria José Antunes de Freitas
[16] Elias Antunes de Souza e Francisca foram pais:
1. Ana Elisa Antunes c/c Salvador Bento de Almeida.
2. Ana Maria (gêmea com Ana Elisa).
3. Antônio Antunes de Souza c/c Inocência Domingues Bueno.
[17] João e Ana Gertrudes foram pais de:
1. Florentino Antunes de Souza
2. João Antunes de Souza
3. Generoso Antunes de Souza c/c Boaventura Torres.
4. André Antunes de Souza
5. Elias Antunes de Souza c/c Francisca Maria da Silva.   
6. Bento Antunes de Souza
[18] Manoel José Antunes, falecido a 6.4.1853 em São Miguel das Missões e Ana Maria de Almeida, fal.  Sorocaba?, ambos de Sorocaba/SP. Pais de:
1. Antônio Antunes de Almeida, morador em Sorocaba/ SP.
2. José Antunes de Almeida Sobrinho c/c Jacinta Felisberta Gomes.
3. Ana Gertrudes Antunes c/c João de Souza Sampaio, morador em Cruz Alta/RS.
4. Francisco Antunes de Almeida, morador em São Miguel das Missões.
5. Maria Antunes c/c Francisco da Fonseca, morador em Sorocaba/SP.
6. Bento Antunes de Almeida (demente) c/c Maria Martins, moradores de São Miguel das Missões.
7. Manoel Antunes, morador de São Miguel das Missões.
8. Joana Antunes, moradora de Sorocaba/SP.
9. João Antunes de Almeida, morador de Sorocaba/SP.
[19] Afonso Coimbra da Silva e Josefina foram pais:
1. Júlia Coimbra da Silva c/c Elisário José da Luz.
2. Amâncio Coimbra da Silva c/c Maria Luiza Mousquer.
3. João Pedro Coimbra da Silva c/c Maria Luiza Antunes.
4. Rosa Coimbra da Silva c/c José Antônio Padilha.
5. Antônio Albano Coimbra da Silva c/c Maria Leonida dos Santos.
6. Andresa Rosa da Silva c/c João Antunes de Lima.
7. Cândida Rosa da Silva c/c João Cândido de Oliveira.
8. Damásia Rosa da Silva c/c Zeferino Gonçalves de Oliveira.
9. Inácio Coimbra da Silva c/c Laurentina Gonçalves da Silva.
[20] Joaquim e Maria Ramona foram pais de no mínimo 2 filhos:
1. Inocêncio Coimbra da Silva c/c Gertrudes Maria de Almeida/Gonçalves.
2. Afonso Coimbra da Silva c/c Josefina Rosa da Silva (descendência nota acima).
[21] João Antunes e Jesuína foram pais de:
1. Rosalina Antunes de Souza c/c Francisco Antunes da Fonseca.
2. Belarmino Antunes de Souza c/c Isabel Inácia de Araújo.
3. Pedro Antunes de Souza c/c Maria Ilibia Antunes de Almeida.
4. João Pedro da Silva solteiro teve filhos com Maria Silva e com Francisca Rodrigues Braga.
5. Cipriano Antunes de Souza casado com Balbina Antunes de Oliveira.
6. Francisco Antunes Damasceno c/c Senhorinha Ávila da Silva.
[22] Fabiano José Antunes (filho de João Antônio Antunes e Maria Gonçalves do Nascimento) e Maria Rita (filha de João de Lima e Balbina Maria de Jesus/ da Conceição) foram pais de:
1. Felicidade Antunes de Oliveira c/c Sebastião Felix Bernardo.
2. Cap. Fabiano José Antunes e Marcolina Rodrigues de Siqueira.
3. Balbina Antunes de Oliveira c/c Cipriano Antunes de Souza. 
4. Domingas Antunes de Oliveira c/c José Francisco do Nascimento.
5. Bonifácio Antunes do nascimento c/c Emília Eugenia de Mello.
6. Antônio Antunes do Nascimento e Vigília Paz de Jesus.
[23] João Rodrigues Nunes e Etelvina Domingues Bueno foram pais:
1. Francisco
2. Joaquim
3. Marcolina Domingues Bueno c/c Cândido do Nascimento e Souza, filho de Policarpo José de Souza e Maria Clara Barbosa.
4. Fabiano
5. Pantaleão Rodrigues Nunes c/c Gertrudes Antunes de Almeida.
6. Benvinda Rodrigues Nunes c/c José Francisco da Costa, filho de Manoel Antônio da Costa e Catarina Maria dos Santos.
7. Francisca Rodrigues Nunes c/c Constantino Manoel Machado.
8. Maria Domingues Bueno c/c Honório Paz Maciel.
[24] Inácio Pereira e Fracilia/Flacilla tiveram os filhos:
1. Florisbela Maria dos Anjos 36 anos, c/c Manoel de Simas Thomaz.
2. Rita Maria dos Anjos c/c Antônio da Costa.
3. Francisca Maria dos Anjos/Pereira da Silva c/c João do Carmo.
4. Francelino Pereira da Silva
5. Januário Pereira da Silva c/c Rosalina Quaresma.
6. Maria Inácia Pereira dos Anjos/Pereira da Silva c/c Manoel Domingues Garcia/Bueno.
7. Cesária Maria dos Anjos c/c Delfino Pereira de Vargas.
8. Belisia Maria dos Anjos/Pereira da Silva c/c Oliverio Matheus de Oliveira.
9. Rufino Pereira da Silva c/c Rosalina Joaquina de Almeida/de Oliveira.
10. Manoel Pereira da Silva c/c Joanna Pires de Arruda.
11. Claudina Maria dos Anjos/Pereira da Silva c/c Antônio Mateus de Oliveira.
[25] Sobre a família OBREGÃO: muito embora a família Obregón, que no Brasil foi aportuguesada para Obregão, tenha evidente origem espanhola, a inserimos em nossas postagens “Famílias Portuguesas nas Missões”, por estar na região missioneira do Rio Grande do Sul e, assim, ter se relacionado com tantas outras famílias de origem lusa já tratadas neste blog. Os Obregón têm muitos representantes na Argentina e Uruguai e passaram ao Brasil em meados da década de 1840 ou 1850 com a vinda da família de Antônio Obregón e Cristina Fernandes Alegre. Pelo que conseguimos apurar, a família era originária de Corrientes, na Argentina, mas dali teria passado para o Uruguai (o Estado Oriental), onde nasceram alguns filhos, até se estabelecerem no Brasil. O núcleo familiar se radicou na região das Missões, no Rio Grande do Sul, inicialmente em Santo Ângelo, depois espalhado por Santa Tecla e São Miguel das Missões em especial. O sobrenome, como referido, foi um aportuguesado para Obregão, embora em alguns registros brasileiros conste como Obregón ou Abregão. Abaixo, apresentamos parte da descendência de Antônio Obregão e sua esposa Cristina Fernandes Alegre, do que foi possível reconstituir até o momento.
1. Antônio Obregão/Abregão/Obregón, nascido cerca de 1820 em Corrientes, Argentina. Casou-se com Cristina Fernandes Alegre, também de Corrientes, Argentina, onde deve ter nascido pelos idos de 1820/1825. Pais ao menos de cinco filhos, que seguem:
2.1 Maria Salomé Obregão, nascida em 1844 no Uruguai e falecida a 9.8.1909, aos 65 anos, em Santo Ângelo/RS, onde casou a primeira vez a 16.1.1870 com o cunhado Joaquim Pires de Arruda (v. descendência na família Bueno de Arruda, neste blog). Após, casou-se em segundas núpcias com Antônio Rodrigues de Campos (v. família Bueno de Arruda, neste blog).
2.2 João do Carmo Obregão, n. cerca de 1845/1850 no Uruguai e falecido a 25.8.1907 em Santa Tecla/RS. Casou-se em primeiras núpcias a 16.1.1870 em Santo Ângelo/RS com Josefina Corrêa de Vargas, n. cerca de 1849, no RS e fal. 3.1.1889 em Santo Ângelo/RS, filha de Francisco Corrêa de Vargas e Felícia Joaquina de Bittencourt (v. família Bueno de Arruda, neste blog). João casou-se em segundas núpcias em 1900 em São Miguel das Missões/RS com Francisca Maria dos Anjos ou Francisca Pereira da Silva, n. São Martinho da Serra, município extinto do RS, filha de Inácio Pereira da Silva e Flacila Maria dos Anjos. João do Carmo e Josefina foram pais de 12 filhos e, com Francisca, João teve ao menos o filho Claudino, que seguem:
3.1 Estevão do Carmo Corrêa Obregão (filho do 1º casamento de João do Carmo), nasceu a 26.12.1871, Santo Ângelo/RS e faleceu em Santa Tecla. Casou aos 25 anos, em 1901, São Miguel, com Francisca Netto dos Santos, n. 1881 em São Luiz Gonzaga/RS, moradores no 4º distrito de Santo Ângelo/RS, filha de José Vieira Netto e Francisca Maria dos Santos, naturais do RS e moradores no 1º distrito de São Luiz Gonzaga. Pais de:
4.1 Vicentina do Carmo Obregão, nasceu a 16.9.1897, Santa Tecla, onde casou em 1924 com Francisco Pires de Vargas, filho natural de Francisco Corrêa de Vargas e Henriqueta Pires de Arruda, moradores de Santa Tecla.
4.2 Horácio Netto Obregão, nasceu a 10.9.1898, Santa Tecla, onde casou em 1924 com Rosalina Nunes dos Santos, nascida a 2.5.1903, São Miguel, filha de Propicio Nunes de Siqueira e Laurentina Matheus dos Santos, neta paterna de Olivério Nunes de Siqueira e Maria Bibiana da Silva, naturais do RS e moradores de Santa Tecla, e neta materna de Francisco Matheus dos Santos e Rita Maria dos Santos, naturais do RS e moradores de Santa Tecla.
#Nota:
Francisco Matheus dos Santos faleceu a 2.4.1898, Santo Ângelo. Casou-se com Rita Maria dos Santos, com quem teve os filhos:
1. Ângelo Matheus dos Santos casado com Vicentina Souto Maior;
2. João Matheus dos Santos casado com Felisberta Fernandes de Moraes.
3. Vicentina Matheus dos Santos casada com Horácio Corrêa da Silva.
4. Honorina Matheus dos Santos casada com Antônio Nunes de Siqueira.
5. Damásia Matheus dos Santos casada com Júlio José Machado e Adriano Corrêa da Silva.
6. Maria Francisca Matheus dos Santos casada com Antônio Antunes Ribas.
7. Laurentina Matheus dos Santos casada com Propicio Nunes de Siqueira.
8. Idalécio Inácio Matheus dos Santos.
9. Claudina Matheus dos Santos casada com José Corrêa Netto.
10. Ana Maria Matheus dos Santos.
***
4.3 Laurentina Obregão, n. 20.9.1900, São Miguel das Missões/RS.
4.4 Júlio Netto Obregão, n. 27.2.1908 no 4º distrito de Santo Ângelo, onde casou em 1932 com Felícia Quaresma Obregão, n. 22.12.1915, filha de Serafim do Carmo Obregão e Rosalina Quaresma Pinto. Avós paternos: João do Carmo Obregon e Josefina Corrêa de Vargas. Avós maternos: Miguel Pinto Sobrinho e Maria Hipólita dos Santos Quaresma, ambos do RS.
3.2 Felícia Corrêa Obregão, n. 1873. Casou-se com Valêncio Leopoldo dos Santos, moradores em São Luiz Gonzaga/RS, batizado aos 2 anos e 8 meses a 12.4.1869, Santo Ângelo/RS, filho de Joaquina Maria da Cruz. Pais de:
4.1 Sylvarina Maria dos Santos, casou aos 24 anos, em 1911, Santo Ângelo/RS com Florestan Pereira Ramos, 25 anos, filho de Eduardo Pereira Ramos e Bertolina Rita de Azevedo Ramos, moradores no distrito de São Miguel/RS.
3.3 Sisnando do Carmo Corrêa Obregão, n. 16.7.1870 conforme consta no casamento da filha Josefina, mas pelo inventário de sua mãe, teria nascido em 1874. Aos 22 anos casou se em 1901 em São Miguel/RS, com Maria Domingues Garcia, n. 15.8.1873, filha de Manuel Domingues Garcia e Maria Pereira da Silva ou dos Anjos. Pais de:
4.1 Josefina do Carmo Obregão, n. 27.2.1916. Casou-se em Inhacorá com Manuel Higino Flores de Vargas.
3.4 Íria Corrêa de Obregão, n. 18.10.1874, São Luiz Gonzaga/RS. Casou com Francisco Gonçalves da Silva, falecido em 30.8.1916, São João Baptista, 3º distrito de Santo Ângelo, filho de João Francisco da Silva e Maximilia Gonçalves de Oliveira.
#Nota:
João Francisco da Silva, filho de Francisco Antônio da Silva e Maria Archangela de Siqueira, casou-se com Maximilia Gonçalves de Oliveira, filha de Clarinda Rosa dos Santos e Zeferino Gonçalves de Oliveira, naturais de Santa Catarina. Foram pais de:
1.Senhorinha Gonçalves da Silva casada com Ernesto Quaresma Pinto.
2.Vicentina Gonçalves da Silva casada com Miguel Pinto Sobrinho.
3.Francisco Gonçalves da Silva casado com Iria do Carmo de Obregão.
4.Laurinda Gonçalves da Silva casada com Germano Borchartt.
5.Justino Gonçalves da Silva casado com sua prima Clarinda Gonçalves da Silva, filha de Antônio Gonçalves de Oliveira e Honorata José da Silva.
6.Belizaria Gonçalves da Silva que teve filhos naturais com Francisco Antunes Maciel.
7. Maria Gonçalves da Silva casada com Francisco Mattos da Silva.
8. José Gonçalves da Silva casado com Rosalina Antônia Fernandes.
9. Constância Gonçalves da Silva casada com João Corrêa da Silva.
10. Clarinda Gonçalves da Silva.
11. Cipriana Gonçalves da Silva casada com Carlos Antônio Fernandes.
12. Cristiano Gonçalves da Silva casado com Cândida Ferreira da Silva.
13. Rosa Gonçalves da Silva.
***
Íria e Francisco foram pais de:
4.1 João Francisco da Silva
3.5 Pedro do Carmo Corrêa Obregão, nasceu a 23.2.1877, São Miguel das Missões/RS, onde faleceu aos 43 anos, em 20.2.1921 e onde se casou aos 20 anos em 1901 (o religioso deu-se em 29.12.1916 no mesmo distrito) com Francisca Domingues Garcia, n. 1878/1885 em São Miguel das Missões/RS, onde faleceu aos 40 anos (no parto) a 3.7.1918, filha de Manuel Domingues Garcia (ver família de Pedro Domingues Garcia) e Maria Pereira da Silva, ambos naturais do RS. Pedro e Francisca tiveram 8 filhos. Pedro casou-se, novamente, em 1920, São Miguel, com Christina Silva, n. 24.6.1891, no 6º distrito de Santa Maria/RS, filha de Manuel Cipriano da Silva e Teresa Pedrosa da Silva, ambos naturais do RS e moradores no distrito de São Miguel (Christina casou-se em 1923 com Manuel Pinto de Vargas, filho de Emílio Antunes Pinto e Honória Severo de Vargas). Pedro e Christina não tiveram filhos. Filhos de Pedro e Francisca:
4.1 Januária Domingues Obregão, n. 10.7.1898, São Miguel, tendo sido sepultada no cemitério da localidade de São João Velho (Entre-Ijuís). Casou em Santo Ângelo em 1915 com Irineu Antônio Vieira, n. 16.8.1882 e sepultado no mesmo local, filho de João Antônio Vieira e Belém de Mattos Carvalho, neto paterno de Antônio Moreira Vieira e de Bernardina Maria de Jesus e, materno, de João Antônio de Mattos e Maria da Conceição de Carvalho.
#Nota1:
João Antônio Vieira e Maria Belém tiveram os filhos:
1. Luiz Antônio Vieira casado com Laurentina Quaresma de Carvalho.
2. Joaquina Vieira casada com Liberato Antunes Maciel.
3. Pedro Antônio Vieira casado com Maria Domingues Obregão/Garcia.
4. Balduína Vieira casada com Evaristo Pereira de Brum.
5. Irineu Antônio Vieira casado com Januária Domingues Obregão.
6. Rita Vieira
***
#Nota2:
Antônio Moreira Vieira (fal. 25.10.1858, Santo Ângelo/RS) e Bernardina Maria de Jesus foram pais:
1. Maria Antônia, viúva c/c Antônio Moreira Tobias
2. Escolástica Maria de Jesus c/c José Isidoro Rosa.
3. João Antônio Moreira casou com Maria Belém (de Mattos) Carvalho.
4. Rita (Madalena?) Vieira dos Santos c/c Antônio de Mattos/teve filhos com Manoel José Pinto?
5. Balduína Vieira Machado 
***
4.2 Maria Domingues Obregão, n. 3.10.1899, São Miguel, onde casou em 1915 com Pedro Antônio Vieira 30 anos, filho de João Antônio Vieira e Belém de Mattos (?) de Carvalho.
4.3 Sebastião Domingues Obregão, n. 5.1901 no distrito de São Miguel, Santo Ângelo/RS, onde casou em 1929 com Cândida Vieira Quaresma, n. 5.6.1910, no mesmo distrito, filha de Luiz Antônio Vieira, 56 anos em 1929 e Laurentina Vieira Quaresma 46 anos em 1929. Avós paternos: João Antônio Vieira e Maria Belém (Mattos) de Carvalho. Avós maternos: Jeremias José Quaresma e Rosa Carvalho de Mattos, ambos naturais deste estado.
4.4 Angélica Domingues Obregão, n. 21.1.1903, São Miguel, onde casou aos 18 anos, em 1922, com Braz Carvalho da Rocha, n. 24.10.1898, no 2º distrito de São Borja, filho de Aníbal Antônio da Rocha (natural do RS e morador Santa Miguel das Missões) e Francisca da Costa Carvalho (falecida no Município de São Borja), neto materno de Brás Costa Carvalho (falecido a 13.07.1894) e Libânia Rocha Carvalho.
#Nota:
Braz (filho de Francisco da Costa Carvalho e Josefa Ferreira Guimarães, falecida a 29.3.1892 em São Borja/RS) e Libânia foram pais de:
1. Francisca Rocha de Carvalho casada com Aníbal Antônio da Rocha.
2. Georgina Rocha de Carvalho
3. Manoel Rocha de Carvalho
4. Josefa Rocha de Carvalho
***
4.5 Cecília Domingues Obregão, n. 24.5.1906 em São Miguel, onde casou em 1927 com José Alves Pereira, n. São Miguel, filho de Cyrino Nunes Pereira e Rosa Alves Pereira, ambos naturais do RS. Os avós paternos de José Alves foram Cyrino Pereira e Benta Nunes, ambos do RS. Seus avós maternos foram Serafim Alves e Maria Oliveira, também naturais do RS.
4.6 Hercília Domingues Obregão, n. 1º.9.1910, São Miguel das Missões, onde casou em 1927 com Turíbio Antunes Maciel, n. 14.6.1902, São Miguel, filho de Alfredo Antunes Maciel e Ana Alves dos Reis, neto paterno de Francisco Antunes Maciel (n. Vacaria/RS e fal. 26.4.1890 em São Miguel das Missões/RS) e Maria do Espírito Santo (falecida a 18.4.1891 ou 1895 em São Miguel das Missões), e neto materno de Rita Alves de Lima, natural do RS.
#Nota:
Francisco Antunes Maciel (filho de Joaquim Antunes Maciel e Angélica Antunes de Jesus) e Maria Antunes Pinto/do Espírito Santo foram pais de:
1. Aníbal Antunes Maciel casado com Rosalina Antunes Maciel.
2. Marciliano ou Marcelino Antunes Maciel casado com Maria Luísa Quaresma.
3. Guilhermina Antunes Maciel casada com Joaquim Antunes Maciel.
4. Teófilo Antunes Maciel
5. Marcolina Antunes Maciel casada com Paulino Antunes Maciel.
6. Alfredo Antunes Maciel casado com Ana Alves dos Reis.
7. Liberato Antunes Maciel casado com Joaquina Vieira dos Santos.
8. Emerenciana Antunes Maciel casada com Jeremias José Quaresma.
9. Luísa Antunes Maciel casada com Salustiano da Costa Leite.
10. Hortência Antunes Maciel
11. Joaquina Antunes Maciel casada com Zacarias de Assunção.
12. Benício Antunes Maciel casado com Vicentina Borchardt.
13. Delfino Antunes Maciel casado com Maria Alves dos Reis.
14. Vasco Antunes Maciel
***
4.7 Josefina Domingues Obregão, n. 1912.
4.8 Pedro Paulo Obregão, n. 1915.
3.6 Francisco do Carmo Corrêa Obregão, nasceu em 1879, São Miguel das Missões, onde em 1901 com Josefina Domingues Garcia, nascida em 10.1.1882, Santo Ângelo, filha de Manuel Domingues Garcia e Maria Inácia da Silva. Os avós paternos de Josefina foram Pedro Domingues Garcia e Angélica Maria Bueno, seus avós maternos foram Inácio Pereira da Silva e Fracilia Maria dos Anjos. Pais de:
4.1 Sebastião Domingues Obregão, n. 2.2.1899, São Miguel das Missões/RS.
4.2 Francelino (?) Domingues Obregão, n. 29.1.1901, São Miguel das Missões/RS.
3.7 Hortência do Carmo Corrêa Obregão, n. 1880. Casou aos 16 anos, em 1901, São Miguel/RS com Severino/Zeferino José da Costa (Severino José da Costa), 20 anos, filho de Antônio José da Costa e Rita Pereira da Silva. Pais de:
4.1 Tomás José da Costa, n. 28.8.1898, São Miguel das Missões.
4.2 Felícia do Carmo Obregão, n. 1º.1.1901, São Miguel das Missões.
3.8 Serafim do Carmo Corrêa Obregão, nasceu em set/1880 ou 1881 e se casou em 1901 em São Miguel das Missões (no religioso em 29.12.1916) com Rosalina Quaresma Pinto, que nasceu em 1.1.1885, filha de Miguel Pinto Sobrinho e Hipólita Antônia/Maria Hipólita dos Santos Quaresma. Pais de:
4.1 Eselindra Quaresma Pinto, n. 1889. Casou-se em 1914 com Júlio Borchart, 26 anos, filho de João André Borchart, natural da Alemanha e Carolina Holsback Borchart, nascida em São Miguel das Missões.
4.2 Esmelindra Quaresma Obregão, n. 5.12.1908 casa em 1928 com Arlindo de Moura Martins, n. 19.5.1899 distrito de São Miguel, Santo Ângelo/RS, morador em Santa Rosa/RS, filho de Emiliano Bartholomeu de Moura, 74 anos em 1928 e Ana Martins de Moura, 70 anos em 1928.
4.3 Laurentina Quaresma Obregão, n. 10.6.1910 distrito de São Miguel, Santo Ângelo/RS. Casou-se em 1930 com Henrique Quaresma Borchartt, nascido a 5.9.1905 em São Miguel, filho de Miguel Quaresma de Mattos, lavrador e Lydia Borchartt, seus avós paternos foram: José Carvalho de Mattos e Ana Maria Antônia Quaresma, ambos do RS. Avós maternos: João Borchartt, da Alemanha e Carolina Holsback, do RS.
4.4 Idalvina Quaresma Obregão, n. 15.3.1911, São Miguel das Missões, onde casou em 1932 com Germano Antunes Domingues, n. 14/6/1912 em Santo Ângelo, filho de Antônio Antunes de Souza e Inocência Domingues Bueno (n. 28.12.1879 São Miguel, distrito de Santo Ângelo/RS). Os avós paternos de Germano foram Elias Antunes de Souza e Francisca Antunes da Silva. Ambos naturais deste estado. Seus avós maternos foram Joaquim Domingues Bueno e Nicolacia (?) Pereira Cardoso, ambos naturais deste estado.
4.5 Felícia Quaresma Obregão, n. 22.12.1915. Casou-se em 1932 com Júlio Netto de Obregon, n. 27.2.1908 no 4º distrito de Santo Ângelo/RS, filho de Estevão do Carmo Obregon, falecido no 4º distrito de Santo Ângelo/RS e Francisca Netto dos Santos, moradores no mesmo distrito.
3.9 Paulino do Carmo Corrêa Obregão, nasceu a 18.4.1882. Casou em 1905 com Benta Neta de Menezes, n. 16.7.1888, filha de José Pedro dos Santos e Maria José Netto.
3.10 Antônia Corrêa de Obregão, n. 1885. Casou-se em 1905, Santa Tecla, com Jovino Alves Teixeira, filho de Manuel Alves Teixeira (filho de José Alves Teixeira, falecido em 23.5.1868, Vacaria/RS) e Maria Paulina Alves (filha de José Franco de Almeida e Guilhermina Joaquina de Bittencourt). 
3.11 Ana Corrêa de Obregão, n. 1886. Casou-se aos 16 anos, em 1903, Santa Tecla, com Faustino Netto da Silveira 26 anos, filho de Francisco Netto dos Santos e Gertrudes Silveira Torres, moradores São Luiz Gonzaga, neto materno de Firmino da Silveira Torres.
#Nota:
Firmino da Silveira Torres e Claudina foram pais de:
1. Maria Silveira Torres casada com Marcolino Neto dos Santos.
2. Gertrudes Silveira Torres casada com Firmino Neto dos Santos.
3. Francisca Silveira Torres casada com Manoel Neto dos Santos.
4. Paulina Silveira Torres casada com José Neto dos Santos.
5. João Silveira Torres
6. Domingos Silveira Torres
7. Clara Silveira Torres casada com Emiliano Neto dos Santos.
8. Manoela da Silveira Torres casada com Wenceslau Cavalheiro do Amaral.
***
3.12 Francelino Pereira do Carmo Obregão, n. 17.12.1888 no 3º distrito de São Miguel, onde casou aos 36 anos, em 1924, com Virgínia Cortes Machado Pereira, n. 20.9.1889 no 3º distrito, filha de João Baptista Machado e Guilhermina Cortes Machado.
3.13 Claudino Pereira Obregon (filho de João do Carmo e Francisca), n. 29.5.1894 em São Miguel das Missões, onde casou a 22.10.1919 com Carmelina Antunes de Moraes, n. 11.2.1889, São Miguel das Missões, filha de Firmino Antônio de Moraes e Rita Antunes Ribas.
2.3 Tomásia Borges Obregão, nascida no RS. Casou a 14.6.1866 em Santo Ângelo/RS com Joaquim Pires de Arruda (v. descendência na família Bueno de Arruda, neste blog).
2.4 Cipriana Obregão, n. 3.4.1854 em São João Mirim, Santo Ângelo/RS.
2.5 Manuel Obregão, n. 6.7.1855, bat. 10.2.1858, Cruz Alta/RS.
FONTES: Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul (APERS): habilitações de casamentos e processos de inventários; PEREIRA, Cláudio Nunes (org.). Genealogia Tropeira., vol V; Registro civil de Inhacorá, São Miguel das Missões, São Luiz Gonzaga, Santa Tecla e registros paroquiais de São Borja, Cruz Alta, São Miguel das Missões.
[26] João Antônio Vieira e Maria Belém foram pais de no mínimo:
1. Luiz Antônio Viera c/c Laurentina Quaresma de Carvalho.
2. Joaquina Viera c/c Liberato Antunes Maciel.
3. Pedro Antônio Viera c/c Maria Domingues Obregão/Garcia.
4. Irineu Antônio Viera c/c Januária Domingues Obregão.
5. Balduína Vieira c/c Evaristo Pereira de Brum
6. Rita Vieira
[27] Braz da Costa Carvalho (filho de Francisco da Costa Carvalho e Josefa Ferreira Guimarães, fal. 29.3.1892, São Borja/RS) e Libânia foram pais de:
1. Francisca da Rocha de Carvalho c/c Aníbal Antônio da Rocha.
2. Georgina da Rocha de Carvalho
3. Manoel da Rocha de Carvalho
4. Josefa da Rocha de Carvalho
[28] Pedro Domingues Bueno casou em 1921, Santo Ângelo/RS, com Francelina Amaral da Silva, n. 8.1.1895, Santo Ângelo/RS, filha de Senhorinha Maria da Silva.
[29] Joaquim Domingues Bueno fora casado, anteriormente, com Isabela/Isabel dos Santos
[30] Tibúrcio fora casado, anteriormente, com Clarinda Maria dos Anjos, filha de Manoel Thomaz de Simas e Florisbela Maria dos Anjos, com quem teve as filhas:
1. Maria Rita Antunes Ferreira c/c Agostinho Antônio de Lima.
2. Ana Maria Antunes Ferreira c/c José Tomé Ferreira.
[31] Joaquim e Maria Antônia foram pais de:
1. Tibúrcio Antunes Ferreira c/c Clarinda dos Santos Simas/Maria dos Anjos e com Praxedes Teodora Ferreira.
2. Maria Inácia Antunes c/c Bento dos Santos Simas.
3. Olaia Maria Antunes c/c Tristão Luís Ferreira
4. Rita Antunes de Freitas c/c Joaquim Antunes Ribas.
5. Leopoldo Antunes de Freitas c/c Joaquina Cardoso de Oliveira?
6. Paulina Maria Antunes c/c Emídio Ávila da Silva.
[32] Samuel Honorato fora casado, anteriormente, com Pracedina Antunes Perchim (?) 36 anos, natural do RS, moradora no distrito de São Miguel, filha de Cipriano Antunes de Sousa e Balduína Antunes de Oliveira. Sem descendência.