segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Alemães no RS: os Riegel

Alemães no RS: os Riegel
Autoria de Diego de Leão Pufal
[Esta publicação pode ser utilizada pelo(a) interessado(a), desde que citada a fonte: PUFAL, Diego de Leão. Alemães no RS: os Riegelin blog Antigualhas, histórias e genealogia, disponível em http://pufal.blogspot.com.br/]

[acréscimos, dúvidas e correções escreva para diegopufal@gmail.com]

[atualizado em 25/03/2015]

A família Riegel é católica e proveniente da cidade de Kirrlach, Karlsruhe, Alemanha, próximo ao Rio Reno e da França, onde estabelecida ao menos desde o século XVII.
A Igreja Católica de St. Kornelius,
em Kirrlach, onde realizados os
batismos e casamentos da família Riegel.
[Fotografia disponível em:
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Kirrlach_St._Kornelius_und_Cyprian_20110228.jpg]
No Brasil, encontrou-se um ramo dos Riegel estabelecido em Pedras Brancas, atual município de Guaíba, à época distrito de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.
Ao que parece, emigraram quatro irmãos na década de 1870: Maria Eva, Johann Martin Riegel, Konrad Riegel e David Riegel, todos nascidos em Kirrlach e filhos de Gregor Riegel e Rosina Lehn. Um outro filho de Gregor Riegel e Rosina, Heinrich Riegel, emigrou com a esposa e filhos para Blumenau, em Santa Catarina.
Descobriu-se que parte da família residia em Pedras Brancas, enquanto outra no atual município de Mariana Pimentel. Além disso, a maior parte dos Riegel, das gerações antigas, exerceu a profissão de curtidor ou de negociante. 
Dos registros da Igreja Católica de Guaíba, Santa Maria e outras fontes, como jornais (A Federação) e livros de história, conseguiu-se descobrir partes de suas descendências, que seguem:

Legenda:
"n." para nasceu
"bat." para batizado(a)
"fal." para faleceu

1. Gregor Riegel (Gregório Riegel), nasceu a 12/05/1812 na cidade de Kirrlach, onde se casou a 12/05/1842 com Rosina Lehn, ali nascida a 06/04/1813, filha de Johann Adam Lehn e de Katharina Kneller (nascidos e casados em Kirrlach, a 09/01/1804), neta paterna de Johann Adam Lehn e Eva Barbara Holz e, materna, de Michael Kneller e Maria Eva Schaf.
A ascendência de Gregor Riegel foi encontrada nos registros da Igreja dos Mórmons (https://familysearch.org/), bem assim no site gedbas.genealogy.net, no banco de dados de Thomas Breu (http://gedbas.genealogy.net/person/show/1099600288):
I – Philipp Riegel, n. 1658, Kirrlach, onde faleceu a 13/06/1743. Ali casou no ano de 1678 com Gertrud Rosenbach, gerando a:
II – Jacob Riegel, n. 1698, Kirrlach, onde faleceu a 07/04/1748. Ali casou a 12/11/1720 com Eva Katharina Absterber, ali nascida a 10/04/1697 e fal. 19/09/1766, filha de Rupert Absterber e Katharina Schleger. Jacob e Eva foram pais de:
III – Heinrich Riegel, n. 30/10/1730, Kirrlach, onde fal. 15/03/1787. Ali casou a 19/2/1753 com Kunigunda Ebersold, ali n. 25/6/1731 e fal. 10/1/1794, filha de Johann Philipp Ebersold e Maria Kuningunda Huber. Heinrich e esposa geraram a:
IV – Joseph Riegel, n. 26/10/1768, Kirrlach, onde fal. 9/12/1841. Ali casou a 11/06/1804 com Maria Magdalena Zieser ou Zinger, ali n. 27/10/1781 e fal. 29/1/1847, filha de Konrad Zieser/Zinger e Eva Magdalene Werrmuth. Joseph e esposa foram pais de: Gregor Riegel, acima citado.
Gregor Riegel, dado em alguns registros no Brasil como “Jorge Riegel”, talvez pela pronúncia e o desconhecimento do padre de origem lusa, talvez não tenha emigrado para o Brasil, mas apenas três de seus nove filhos. Sabe-se que em abril de 1869 Gregor e Rosina já eram falecidos. Foram pais de:
2-1 Maria Eva Riegel, n. 1º/5/1842, Kirrlach. Casou-se na Alemanha com Louis/Ludwig Hoffmann, n. Alemanha, emigrados para o Brasil e estabelecidos em Guaíba/RS. Pais de:
3-1 Catharina Hoffmann, n. Alemanha. Casou a 11/7/1885, Guaíba/RS com Hugo Winckler, filho de Frederico Augusto Leonardo Winckler e Guilhermina Laura Sebastian. Pais de:
4-1 Luiza Thereza Winckler, n. 22/10/1885, bat. 23/07/1886, Guaíba/RS.
2-2 Valentin Riegel, n. 19/2/1843, bat. 20/2/1843, Kirrlach.
2-3 Johann Martin Riegel (no Brasil: Martinho Riegel), n. 7/9/1844, bat. 8/9/1844, Kirrlach. Emigrou para o Brasil, estabelecendo-se no município de Guaíba/RS, onde foi negociante e curtidor. Em Guaíba casou a 14/04/1869 com Elisabeth Cornart (ou Lisete Cornarte), n. Alemanha, filha de Jacob Cornart e Philippina Gog ou Corg. Encontraram-se 7 filhos do casal:
3-1 Carlos Riegel, n. 27/05/1869, bat. 22/11/1870, Guaíba/RS, onde foi artista e onde se casou a 20/11/1888 com Bárbara Vogel, n. Rio Grande do Sul, filha de Philipp Vogel e Maria Hoffmann, neta paterna de Peter Vogel e Maria Hogschtein (sic) e, materna, de Jacob Hoffmann e Ana Fries. Pais de:
4-1 Amália Riegel, n. 21/2/1889, bat. 20/7/1889, Guaíba/RS.
4-2 Maria Rosina Riegel, n. 26/10/1891, bat. 02/06/1892, Guaíba/RS.
4-3 Carlos Alberto Riegel, n. 22/06/1894, bat. 08/06/1895, Guaíba. Em 1918, segundo o jornal A Federação, Carlos Alberto contratou casamento com Cecy Balbé, filha de Damásio Balbé.
4-4 Artur Oscar Riegel, n. 12/06/1896, bat. 16/05/1897, Guaíba/RS.
3-2 João Riegel, n. 25/11/1873, bat. 26/04/1874, Guaíba/RS. Foi curtidor e artista. Casou-se em Guaíba com Francisca Alves, n. Guaíba, filha de José Inácio Alves Constante e Maria Francisca dos Santos, abaixo citados. João e Francisca foram pais, ao menos, de:
          4-1 Valdemar Riegel, n. 21/04/1893, Guaíba.
3-3 Rosina Riegel, n. 19/07/1874, bat. 09/10/1875, Guaíba/RS, onde casou a 30/12/1889 com José Emílio Alves, filho de José Inácio Alves Constante e Maria Francisca Alves. Pais de: Carolina, bat. 27/09/1881 em Guaíba/RS. 
3-4 Catharina Riegel, n. 21/12/1876, bat. 03/03/1877, Guaíba/RS.
3-5 Luísa Riegel, n. 05/01/1879, bat. 03/05/1879, Guaíba/RS.
3-6 Albertina Riegel, n. 1º/10/1882, bat. 03/02/1883, Guaíba/RS.
3-7 Alice Riegel, n. 15/06/1885, bat. 07/09/1886, Guaíba/RS.
2-4 Heinrich Riegel, n. 17/12/1845, bat. 18/12/1845, Kirrlach. Casou-se na Alemanha com Genoveva Hoffmann, n. Alemanha, filha de Georg Heinrich Hoffmann e Elisabeth Müller, que também foram pais de Francisca Hoffmann casada com David Riegel, abaixo citados. Emigrou para o Brasil, radicando-se em Blumenau, Santa Catarina, onde foi lavrador e inspector do quarteirão Badenfurt. Henrique Riegel teve com Genoveva, ao menos, os filhos abaixo citados, deixando descendência em Blumenau, Jaraguá do Sul, Massaranduba e arredores. Pais de:
3-1 Erwin Riegel, n. 8/1/1872, Blumenau/SC (talvez tenha nascido na Alemanha e registrado como nascido em Blumenau, tardiamente).
3-2 Carolina Riegel, n. 11/4/1874, Blumenau/SC (talvez tenha nascido na Alemanha e registrado como nascido em Blumenau, tardiamente).
3-3 Conrad Riegel, n. 1877, Alemanha, talvez em Kirrlach (talvez seja o mesmo Conrad Riegel registrado tardiamente e dado como nascido a 24/10/1886 em Blumenau, mas pode ser que tenha nascido em 1876 ao invés de 1886). Emigrou junto com os pais para Blumenau/SC, onde a 13/06/1900 casou-se com Jenny Henschel, n. 1880, Blumenau/SC, filha de Gustavo Henschel e Frederica.
3-4 (uma menina) Riegel, n. 11/7/1878, Blumenau/SC.
3-5 (uma menina) Riegel, n. 17/3/1879, Blumenau/SC.
3-6 (uma menina) Riegel, n. 22/6/1881, Blumenau/SC.
3-7 Rosina Riegel, n. 28/05/1885, Blumenau/SC.
3-8 (uma menina) Riegel, n. 13/4/1887, Blumenau/SC.
3-9 Henrique Riegel, n. 28/9/1889, Blumenau/SC.
3-10 Henrique Riegel, n. 26/6/1891, Blumenau/SC. Casou-se em Jaraguá do Sul.
2-5 Konrad Riegel (no Brasil: Conrado Riegel), n. 21/04/1848, bat. 22/04/1848, Kirrlach e falecido em Santa Maria da Boca do Monte/RS após 1906. Talvez seja o mesmo Conrado “Rieger” que foi farmacêutico na cidade de Santa Maria, com botica na Rua Itararé, conforme o Guia Bemporat do Estado do Rio Grande do Sul do Comércio, Indústria etc, de 1906. Casou-se a 05/09/1874 em Guaíba/RS com Honorina Cassiana, nascida cerca de 1850, exposta na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, na conhecida “Roda dos Expostos” e, assim, de filiação ignorada. Honorina Cassiana faleceu a 04/11/1897 em Santa Maria da Boca do Monte/RS (Santa Maria), onde teve seu inventário autuado em 1898, deixando terrenos em Pedras Brancas, o marido e duas filhas:
3-1 Carolina Riegel, n. 13/12/1875, bat. 05/02/1876, Guaíba/RS. Em 1897 já estava casada, em Santa Maria/RS, com Pedro Ferrari. Pais de:
4-1 Conrado Riegel Ferrari, alto funcionário da Prefeitura de Porto Alegre, conforme os jornais de época. Casou-se em 1921 com Ida Ferrari, filha de Amilcar Ferrari. Em 1937 Conrado era Diretor Geral da Fazenda Municipal.
3-2 Ottília Hermínia Riegel, n. 10/06/1881, bat. 17/09/1881, Guaíba/RS e fal. 1º/05/1908 em Santa Maria/RS. Em Santa Maria casou-se a 26/01/1901 com José Garibaldi Filizzola, n. 14/03/1876, Lavras do Sul/RS, e fal. 10/12/1950, Santa Maria, filho de Giuseppe Filizzola e Maria Isabel Novembrina. A descendência de Ottília e José Garibaldi foi descrita neste blog (vide: http://pufal.blogspot.com.br/2010/03/italianos-no-rs-ix-os-filizzola.html). 
Registro de batismo de Ottília Hermínia Riegel, de 1881
[livro 5 de batismos de Guaíba/RS, página 64v, AHCMPA]

2-6 Maria Catharina Riegel, n. 28/05/1850, Kirrlach.
2-7 David Riegel, n. 28/12/1851, bat. 29/12/1851, Kirrlach e já falecido em 10/01/1916 quando autuado seu inventário em Porto Alegre. Foi curtidor e agências como profissão. Emigrado para o Brasil com os irmãos Johann Martin e Konrad. David casou-se, possivelmente em Guaíba/RS, com Francisca Hoffmann, n. RS ou Alemanha, filha de Georg Heinrich Hoffmann e Elisabeth Müller, naturais da Alemanha. David e Francisca residiam no interior da colônia de Mariana Pimentel, então distrito de Porto Alegre e foram pais de:
3-1 Rosina Riegel, n. 13/9/1882, possivelmente em Mariana Pimentel e bat. 3/2/1883, Guaíba/RS, onde deve ter falecido ainda criança. 
3-2 Adolfo Riegel, n. 06/06/1886, possivelmente em Mariana Pimentel e bat. 07/09/1886, Guaíba/RS, onde já falecido em 1914, por não constar no inventário paterno.
3-3 Rodolfo Riegel, n. 12/7/1888, possivelmente em Mariana Pimentel e bat. 12/10/1889, Guaíba/RS. Casou com Maria CominEm 1916 residia em Mariana Pimentel.
3-4 Maria Otília Riegel, n. 18/05/1891, possivelmente em Mariana Pimentel e bat. 05/04/1892, Guaíba/RS. Casou com José Pazutti.
3-5 Amália Riegel, n. Mariana Pimentel, onde casou com Amadorino Machado de Lima.
3-6 Arthur Oscar Riegel, n. 13/10/1892, bat. 20/02/1893, Mariana Pimentel, onde casou com Paulina Frederes.
3-7 Rosina Riegel, n. 11/11/1893, bat. 28/04/1894, Guaíba, onde casou com Anselmo Frederes.
2-8 Magdalene Riegel, n. 18/05/1854, Kirrlach.
2-9 Karolina Riegel, n. 22/07/1857, Kirrlach.
  
FONTES:
- Arquivo Histórico da Cúria Metropolitana de Porto Alegre (AHCMPA): livros de registros de batismos e casamentos de Guaíba;
- Arquivo pessoal de Diego de Leão Pufal.
- Arquivo pessoal de Thomas Breu, disponível em gedbas.genealogy.net (http://gedbas.genealogy.net/person/show/1099600288).
- Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul (APERS): inventários de Porto Alegre. 
- Biblioteca Nacional. Hemeroteca Digital Brasileira. Disponível em: http://memoria.bn.br/hdb/uf.aspx
- Brasil, Registros Paroquiais e Diocesanos. Images. FamilySearch. https://familysearch.org.