quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Italianos no RS: os Giordani (II)

Italianos no RS: os Giordani (II)
autoria de Diego de Leão Pufal
[acréscimos, dúvidas e correções escreva para diegopufal@gmail.com]

[Esta publicação pode ser utilizada pelo(a) interessado(a), desde que citada a fonte: PUFAL, Diego de Leão. Italianos no RS: os Giordani (II)in blog Antigualhas, histórias e genealogia, disponível em http://pufal.blogspot.com.br/] 
[atualizado em 21/10/2014]
***
Em novembro de 2010 veiculei (http://pufal.blogspot.com/2010/11/italianos-no-rs-vii-os-giordani.html) um pouco da história e genealogia da família Giordani, do meu tio-avô Walmir Giordani, cujos imigrantes deste ramo foram Francesco Giordani e Giustina Braido, vindos de Conegliano, no Vêneto, estabelecidos em Veranópolis e, depois, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.
O sobrenome Giordani é bem frequente no Rio Grande do Sul e, como se disse, vários ramos emigraram para o Brasil.
Hoje, a exemplo do acima citado, tratarei da família de Tobias Giordani que, vinda do Tirol, se radicou em Caxias do Sul, vinda depois para a capital gaúcha, deixando descendência também no 4º Distrito de Porto Alegre, mas sem parentesco em princípio com aquele.
1. TOBIAS GIORDANI, nasceu no ano de 1829 no Tirol, Itália, onde casou com Anna Tononi, ali nascida em 1838, e ambos falecidos no Rio Grande do Sul.
Conforme Mário Gardelin e Rovílio Costa (in Povoadores da Colônia Caxias, p. 208): o lote n.º 68 da Linha São Vigílio, em Caxias do Sul, foi dividido em duas partes: 318.999 m2, a primeira para a família de Batista Giordani, 49 anos, c/c Lúcia, 43 anos (seguem os filhos) e para GIORDANI Tobias, 53 anos, alfab. c.c Ana, 44 anos, analf., filhos: Eusébio, 15 anos, alfab; Dina, 13 anos; Nicandro, 9, do Império Austro-Húngaro, Tirol. Chegada: 05-09-1882, Débito: 395$454. Lote pago em 1892.
Talvez Battista Giordani e Tobias Giordani fossem parentes, haja vista que ocuparam lotes vizinhos, apesar de aquele ter emigrado em 1876 e este em 1882. Não se sabe se o casal imigrante (Tobias e Ana) permaneceu em Caxias do Sul ou se migrou para Porto Alegre, a exemplo de alguns de seus filhos. Do casal, foram encontrados 4 filhos:
2.1 Venanzio Giordani, n. cerca de 1865, Diocese de Trento, Itália. Casou a 15/11/1884 na capela de São Valentim (São Sebastião do Caí, registrado em Santo Antônio da Feliz, AHCMPA) com Maria Ângela Benacchio, n. Vicenza, Itália, filha de Antônio Benacchio e Giovanna Gheno. Valentim Giordani, ao casar, residia na Forqueta, enquanto que Maria, na Primeira Linha de Caxias do Sul.           
Registro de casamento de Venâncio Giordani, em 1884 (AHCMPA)
2.2 Eusébio Giordani, n. 1867, Tirol, emigrou da Itália com os pais e irmãos em 1882. Casou com Júlia Steffenon, n. 1874, Áustria e fal. 04/01/1909, Porto Alegre/RS, de tuberculose pulmonar, filha de Francesco Steffenon e Joanna Sperandio. Após, ao que tudo indica, Eusébio teve, ao menos, três filhos com Celestina Silveira. No total, foram encontrados 7 filhos:
3.1 Anna Giordani (f.ª do 1º casamento), n. 27/07/1898, bat. 18/09/1898, Porto Alegre, na igreja de N. Sra. da Conceição. Casou com Podalírio Ventura.
3.2 Dante Adolpho Giordani, n. 03/03/1901, bat. 21/12/1902, Porto Alegre, na igreja de N. Sra. do Rosário, e fal. 23/3/1973 em Porto Alegre. Casou com Judith da Silva.
3.3 Alzira Otília Giordani, n. 07/06/1904, bat. 29/10/1905, Porto Alegre, na igreja de N. Sra. da Conceição. Casou com Alcides José de Almeida.
3.4 Elsa Giordani, n. 08/05/1908, bat. 13/12/1908, Porto Alegre, na Igreja de N. Sra. do Rosário.
3.5 Darcy Giordani (f.º do 2º casamento), n. 4/1/1912, Porto Alegre. 
3.6 Eusébio Giordani (no batismo: Jordani), n. 21/04/1913, bat. 20/07/1913 em Porto Alegre, na Igreja de N. Sra. dos Navegantes.
3.7 Romeu Giordani, n. Porto Alegre, onde se casou com Ondina Jardim.
2.3 Dina Giordani, n. 1869, Tirol. Emigrou com os pais e irmãos em 1882 para Caxias do Sul. Sem mais notícias.
2.4 Nicandro Pasquale Giordani, n. 1873, Tirol, Itália. Emigrou em 1882 com os pais e irmãos. Casou-se a 12/05/1900 na igreja de N. Sra. dos Navegantes em Porto Alegre com Amália Carolina Guedin, n. 1870, Itália, viúva de Giovani Marconatto, filha de Domenico Guedin e Domenica.
Registro de casamento de Nicandro Pasquale Giordani,
na Igreja de N. Sra. dos Navegantes em 1900 (AHCMPA)
Em 1901 o casal Nicandro e Amália residia na Rua Voluntários da Pátria, n.º 523; em 1903 na então Rua Sertório e, em 1905, na Avenida Bahia, em Porto Alegre.
Pais, ao menos, de três filhas:
3.1 Diná Maria Giordani, n. 03/03/1901, Porto Alegre, bat. 14/06/1901, na igreja de N. Sra. dos Navegantes. Casou a 30/09/1922 em Porto Alegre, na igreja de São João Batista com Sabino Antinolfi, n. abril de 1899 em Butiá/RS, filho de Francesco Antônio Antinolfi [a família Antinolfi será em breve publicada neste blog] e Emmanuella Rizzo. Pais, ao menos, de: William Francisco Antinolfi, n. Porto Alegre.
3.2 Maria Ângela Giordani, n. 31/08/1902, bat. 03/03/1903, Porto Alegre, na igreja de N. Sra. dos Navegantes.
3.3 Elsa Maria Giordani, n. 28/05/1905, em Porto Alegre, na igreja de N. Sra. dos Navegantes.

*FONTES e BIBLIOGRAFIA:
- Arquivo Histórico da Cúria Metropolitana de Porto Alegre (AHCMA): livros de batismos, casamentos e óbitos de Porto Alegre (Igrejas de N. Sra. do Rosário, N. Sra. dos Navegantes, N. Sra. da Conceição e São João Batista) e de casamentos de Santo Inácio da Feliz.
- GARDELIN, Mário Gardelin & COSTA, Rovílio. Povoadores da Colônia Caxias. Porto Alegre: EST, 2002, 2. ed.

4 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia, meu nome é Tatiane eu sou bisneta de Eusebio Giordani e neta de Ana Giordani, tenho o registro de casamento de Eusebio e Julia se te interessar para postagem.

DIEGO DE LEÃO PUFAL disse...

Olá Tatiane. Se for o registro do cartório e quiseres mandar, posso incluir no blog, assim como fotografias antigas da família. Podes mandar para o meu e-mail diegopufal@gmail.com

Grato, Diego.

Anônimo disse...

Bom dia, me chamo CELITA GIORDANI sou filha de adolfo giordani, neta de guioseppe giordani e bisneta de GIOVANNI GIORDANI

DIEGO DE LEÃO PUFAL disse...

Olá Celita, acredito que você seja descendente de outro ramo Giordani, já que vários emigraram para o Brasil ...