segunda-feira, 20 de abril de 2009

Inventários Lagunenses - Josefa Rodrigues de Jesus (viúva do Cap. Anselmo Gonçalves Ribeiro)

Inventários Lagunenses 
Arquivo Histórico Municipal de Laguna/SC
(Casa Candemil)
Josefa Rodrigues de Jesus (1816)
viúva do Cap. Anselmo Gonçalves Ribeiro
Grande parte da documentação produzida pelo Poder Judiciário da Comarca de Laguna encontra-se no Arquivo Histórico Municipal de Laguna/SC, também chamado de Casa Candemil. Ali, é possível pesquisar os primeiros inventários, desde o século XVIII ao XX, sendo o mais antigo o de Severino Correia, autuado em 1738. Lamentavelmente, muitos dos feitos se acham em péssimo estado de conservação, não só corroídos por cupins e brocas, mas também desgastados pelo tempo, como o da minha antepassada D. Joana Francisca do Nascimento, esposa do capitão-mor Jerônimo Francisco Coelho, de 1809. Outros, contudo, em que pese o referido, podem ser lidos "tranquilamente", revelando informações até então inexistentes ou, quiçá, duvidosas. Em razão disso, pretendo, na medida do possível, trazer as principais informações de cunho genealógico, constantes nos inventários mais antigos, como por exemplo o de D. Josefa Rodrigues de Jesus, viúva do Capitão Anselmo Gonçalves Ribeiro, ambos descendentes de conhecidas famílias catarinenses e gaúchas:

Inventário de Josefa Rodrigues de Jesus, viúva
Processo n. 258/1816 – Casa Candemil- Laguna/SC
Inventariante: Luís Gonçalves Ribeiro

A inventariada faleceu aos 29/05/1816, Laguna/SC, com testamento feito em 17-04-1816, no qual declarou ser natural e batizada em Laguna, filha legítima de Gabriel Rodrigues de Jesus e Vitória de Jesus, já falecidos. Declarou que foi casada com o capitão Anselmo Gonçalves Ribeiro, falecido, com quem teve doze filhos “entre maxos e fêmeas”, dos quais três faleceram em menor idade, sendo os outros, os seguintes:
F1- Cap. Joaquim Gonçalves Ribeiro, casado, morador na Vila de Porto Alegre/RS.
F2- Cap. Francisco Anselmo Ribeiro, residente em Santa Catarina, falecido, foi casado; O inventariante ignorava os herdeiros de Francisco, mas a inventariada disse em seu testamento que houve.
F3- Rosa Gonçalves Ribeira, viúva de Manuel Gomes da Cruz, moradora em Laguna.
F4- Maria Teresa, falecida na cidade do Rio de Janeiro, onde c/c Henrique de Almeida Costa, representada por seu filho:
N1- Joaquim, ignorado o lugar de sua existência.
F5- Ana Ribeira, já falecida quando do testamento de sua mãe, c/c Domingos da Fonseca, representada pelos filhos:
N1- Josefa, c/c Tomás Fernandes de Oliveira, moradores de Laguna.
F6- Luís Gonçalves Ribeiro, casado e morador nesta Vila
F7- Paulo Gonçalves Ribeiro, casado, e morador nesta vila
F8- Januária Francisca, já falecida quando do testamento materno, na vila da Laguna, c/c Domingos Fernandes de Oliveira, representada pelos filhos:
N1- Domingos Fernandes, solteiro, 29 anos, res. Laguna.
N2- Henrique Fernandes de Oliveira, casado, morador na vila de Porto Alegre/RS.
N3- Antônio Fernandes, casado na mesma vila de Porto Alegre.
N4- Manuel, solteiro, 24 anos, res. Laguna
N5- Luís? Fernandes, solteiro, 21 anos, res. Laguna
F9- Escolástica, falecida, c/c que foi com José Francisco do Canto (e por sua morte não deixou filho).

Nenhum comentário: